ÚLTIMAS NOTÍCIAS
100% CAMPEÃO em apenas 45 minutos

São Paulo vende fraco time Argentino e fatura a Sul-Americana

Por Vladimir da Costa

O São Paulo entrou em campo apoiado pela massa, mais de 67 mil torcedores sedentos por um titulo que não viam fazia quatro anos o Tricolor entendeu e desde o primeiro minuto foi pra cima do Tigre, que acuado e sem capacidade técnica, viu na violência a única forma de parar os velozes atacantes são-paulino. Mas o clima festivo e organizado não saiu das arquibancadas. O final do primeiro tempo foi uma confusão e a certeza que precisamos evoluir muito para chegar em 2014 gabaritados para organizar algo grandioso.

Rogério passa a faixa de capitão para que Lucas levantasse o troféu de campeão (Foto: Wagner Carmo/VIPCOMM

O São Paulo imensamente melhor buscava o gol a todo instante, já o time latino, chegou apenas uma vez na partida, como sua revelação Bottas, 21 anos que segundo a imprensa argentina vale R$ 50 milhões de reais.

Do jogo não há muito o que se comentar, muitas histórias e versões serão dadas. Agora, é observar o entorno, ser responsável e dizer o que for de o que for de utilidade pública e confirmada.

O fato é que o São Paulo foi superior os três tempos disputados e mereceu ganhar mais um titulo internacional, o 12º de sua história.

Os 45 minutos de partida no Morumbi confirmaram o que a torcida foi ver. Apesar de não ter precisado do primeiro tempo inteiro, aos 35 minutos todos presentes não tinham outro sentimento do que faltava apenas o apito final para o tricolor se sagrar campeão. No entanto, o árbitro decidiu dar por encerrado a partida e o troféu ficou com o São Paulo, mas não as reclamações e os questionamentos. O  que não se pode comentar ou criticar é a apresentação de Lucas, disposto, se movimentando a todo instante, dava vazão para a grande responsabilidade o adversário, que veio apenas para marcar e se desse certo, cavar uma expulsão do camisa sete da Seleção Brasileira.

A PARTIDA

Foram 45 minutos suficientes para saber para que lado ficaria o troféu, pouco mais de 60% de posse de bola e controle absoluto para saber o que estaria por vir no time adversário.

O São Paulo marcou, correu e não deu espaços durante todo o primeiro tempo, bem aplicado na disciplina tática, o São Paulo empurrou o adversário para seu campo de defesa e aos poucos ia abrindo espaços.

Aos 25 minutos, a confirmação do aprendiz. Depois de bola disputada na área, Lucas entrou na área, dominou a bola, passou pelo zagueiro e botou para o fundo do gol. 1 a 0 São Paulo. Minutos depois, depois de um choque na linha de fundo o camisa 7 saiu sangrando de campo.

Lucas vibra com seus companlheiros seu primeiro gol na partida (Foto: Wander Roberto/VIPCOMM

O estopim que faltavam para a partida que sequia com um São Paulo melhor, mas pouco ativo no meio campo.

Até que veio mais um contra-ataque, de um time que nunca chegava a frente, Trigre. Depois de uma roubada de bola rápida, um passe pelo mesmo lado esquerdo, a bola chegou me Osvaldo, que só teve o trabalho para empurrar para as redes e ampliar ainda mais a vantagem tricolor.

Os minutos finais do primeiro tempo foram de muitas faltas bestas, poucas providencias e um final de primeiro tempo, totalmente, favorável a equipe do Morumbi que fervia hoje.

Apesar de muita catimba e enrolação, a partida seguiu normal, até que o árbtrito desse fim no primeiro tempo.
Na volta do intervalo, o inesperado, triste e amador ocorreu. Alegando violenvia externa e muito disse me disse, o São Paulo irá ser representado por seus colaboradores, que sempre contribuem para a melhora da prática esportiva, pouco vista nesta quarta-feira, dia, 12/12/12.

Depois ad partida muito foi dito, muito pouco mostrado e segue o saldo das empresas em outros ativos para reembolsar o valor pago a mais caso a necessidade de cada torcedor.

Mesmo com o imbróglio, o São Paulo era sempre bem vindo e organizado na hora da disputa de campeonatos internacionais. Não dá pra negar o titulo e o troféu, assim que as apurações mais ambasadas apareçam. O que sabemos é que o São Paulo volta a configurar entre os grandes do futebol Sul-Americano.