ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Em busca da Redenção

Desacreditado até por seus torcedores, Palmeiras inicia mais uma luta

Por Vladimir da Costa

Marcos Assunção e Valdívia durante treinamento na academia de futebol (DIGULGAÇÃO)

Palmeiras começou nesta terça-feira sua busca por um título de expressão, que deixou a torcida verde a ver navios desde que mudamos de século. A última conquista de um campeonato de nível nacional foi a Copa dos Campeões, no ano 2000 o que torna está decisão, muito mais especial.

Foram idas e vindas de jogadores, muitas mudanças de treinadores, falsas promessas e diretoria que sempre prezava pelo time, por uma gestão coerente e estruturada, muito bonito durante as coletivas de imprensa, mas pouco sentido dentro das quatro linhas, durante as gestões anteriores. Dos times montados, apenas o de 2008 teve algum êxito, quando faturou o campeonato paulista do mesmo ano, anteriormente, somente decepção, sendo a maior delas o descenso para a série B do Brasileiro de 2002.

Hoje, o sentimento é outro. Um time com jovens promessas com jogadores consagrados e adorados pela torcida são a esperança para um título que não quebrará o imenso jejum, mas como também colocará o Palmeiras na Libertadores do no que vem.

Fatores que fizeram um dos jogadores mais experientes e queridos do grupo refletir.

– Espero que seja a conquista mais importante da minha carreira. Fui campeão na Itália, no Oriente Médio e na Espanha. Mas aqui será especial. Quando voltei depois de dez anos fora, ninguém me queria. Fiquei de maio a dezembro de 2009 só treinando, e no fim de semana jogava futebol em Caieiras (cidade natal). Não recebia nada, nenhum clube acreditou em mim. Fui para o Grêmio Prudente, depois o Palmeiras me deu essa oportunidade. Vai ser emocionante. Só de pensar, fico emocionado – afirmou o volante Marcos Assunção.

Assim como o Palmeiras, que não conquista um título de elite nacional há 12 Assunção espera que o clube volte a conquistar o respeito dos torcedores e de todos os que acompanham o clube e nada melhor que uma vitória na quinta-feira para dar tranquilidade na partida de volta.