ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Acordo Milionário mudará camisa do São Paulo

Mesmo com a resistência interna Penalty fecha acordo milionário com o Tricolor.

Por Paulo Edson Delazari

Camisa Tricolor terá mudanças em 2013.

São Paulo consegue um aumento substancial em suas receitas a partir de 2013 após acordo com a Penalty. A mudança de fornecedor de material esportivo vai render R$ 36 milhões por ano, um valor 80% maior do que os R$ 20 milhões do vínculo que se encerra no próximo dia 31, com a Reebok. No total, serão R$ 108 milhões em três anos. Um valor que poderá ser ainda maior dependendo de fatores variáveis, como vendas de produtos.

Alguns dirigentes foram contra o nome em razão de sua menor repercussão internacional, comparada a empresas como Adidas (fornecedora do Palmeiras) e Nike (parceira de Corinthians e Santos). A qualidade do material também gerou dúvidas. Mas o interesse em voltar ao futebol com o São Paulo e os valores oferecidos dobraram a diretoria.O montante do novo contrato derrubou até a resistência interna que a marca sofreu desde o início da negociação

Quando Rui Branquinho assumiu a direção de marketing, o acordo já estava selado. Ele deu início a uma série de reuniões para tentar agradar ao torcedor com as ações da parceria. Uma delas será a camisa vermelha que o Tricolor vai usar na inauguração do Morumbi com todas as suas cadeiras dessa cor. Para driblar o estatuto, que exige que o São Paulo use as duas listras na altura do peito em seu uniforme principal, a camisa será “camuflada”. O modelo será o original, mas como se tingido de vermelho, com as listras, o símbolo e a marca do patrocinador em segundo plano, mas visíveis. Quem já viu o desenho inicial jura que ficou bonito. O jogo com time vermelho só será disputado em março.

Algumas ações da Penalty serão aperfeiçoadas em relação ao que constava no contrato com a Reebok. Por exemplo, a megaloja do Morumbi, que já está sendo reformada. Futuramente ela terá que ser deslocada para outro setor do estádio, já que a arena de 25 mil lugares será construída onde ela está localizada. Já as outras lojas, de artigos de passeio, espalhadas por outros pontos, têm seus espaços negociados pelas duas marcas. Ainda não há definição.

O valor de R$ 36 milhões iguala o dos cinco primeiros anos do contrato com o do Flamengo com a Adidas, e supera os R$ 30 mi pagos pela Nike ao Corinthians. O novo uniforme do São Paulo não será utilizado na Taça São Paulo de juniores. Os jogadores vão vesti-lo em campo pela primeira vez contra o Mirassol, no dia 19 de janeiro, na abertura do Paulistão. Antes, ele será apresentado em evento, provavelmente no CT de Cotia.