ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Alecsandro decide e verdão perde de virada para o Flamengo

Atacante “profetiza” no intervalo, marca duas vezes e ajuda mengo a superar o verdão.

Por Anderson Marinho
Nome do jogo, Alecsandro comemora um dos gols contra o verdão. Foto: Getty Images

Nome do jogo, Alecsandro comemora um dos gols contra o verdão. Foto: Getty Images

Palmeiras e Flamengo se enfrentaram no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, em partida válida pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014, em duelo marcado por dois tempos distintos, o alviverde saiu na frente na etapa inicial, mas foi surpreendido pela reação rubro-negra no segundo tempo, comandada pelo atacante Alecsandro, e o Flamengo venceu de virada por 4 a 2.

Com o resultado a equipe carioca encerrou uma série de cinco jogos sem vitória e chegou aos quatro pontos na competição, em nono lugar na classificação.

Já o Palmeiras sofreu a sua segunda derrota consecutiva e ocupa agora a décima quarta colocação com apenas três pontos ganhos.

O jogo

Melhor jogador do Palmeiras na partida, Valdivia disputa bola com Paulinho. Foto: Getty Images

Melhor jogador do Palmeiras na partida, Valdivia disputa bola com Paulinho. Foto: Getty Images

O duelo começou equilibrado com as duas equipes em busca do gol, com o Flamengo apostado na velocidade de Nixon e Negueba pelas pontas e o Palmeiras melhor no meio de campo, com Valdivia aproveitando bem os espaços oferecidos e criando as melhores jogadas do verdão.

A troca de passes do alviverde surtiu efeito, logo aos dois minutos Wesley clareou a jogada e arrematou da entrada da área, obrigando Felipe a fazer uma grande defesa. Dois minutos depois, Valdivia enfiou um bola nas costas da zaga rubro-negra e encontrou Wendel  dentro da grande área, mas André Santos  chegou dividindo com o lateral palmeirense para evitar a finalização.

O Palmeiras abriu o placar aos 10 minutos, após mais uma jogada de Valdivia, Leandro dominou na entrada da área e rolou para Wesley, o camisa 11 chegou chutando firme da para vencer Felipe dar a vantagem ao time paulista.

O Flamengo respondeu dois minutos depois, ao seu melhor estilo, em jogada veloz de Nixon pela direita, que fintou a marcação e cruzou para Paulinho chegar de trás batendo forte e deixar tudo igual.

A partida continuou movimentada, com Palmeiras controlando as ações no meio de campo e o time carioca apostando nas jogas pelos flancos, com boas chances para os dois lados.

Atacante Henrique comemora seu primeiro gol com a camisa do verdão em sua estréia. Foto: Getty Images

Atacante Henrique comemora seu primeiro gol com a camisa do verdão em sua estréia. Foto: Getty Images

Aos 30 minutos, Wesley acionou Wendel na direita, o lateral toucou para trás e Valdivia deixou o estreante Henrique na cara do gol para recolocar o verdão à frente no marcador.

O Flamengo quase chegou ao empate novamente aos 41 minutos, em chute cruzado de Alecsandro que obrigou Fernando Prass a fazer uma grande defesa. No lance o goleiro palmeirense sentiu uma contusão no braço direito e precisou ser substituído, dois minutos depois, deixando o gramado para a entrada de Bruno.

Na saída para o vestiário o atacante flamenguista demostrou total confiança para a sequência da partida e declarou em entrevista para a uma emissora de televisão que a sua sairia vencedora na etapa final

Etapa complementar.

Insatisfeito com o rendimento de sua equipe o técnico Jayme de Almeida promoveu a entrada do meia argentino Mugni na vaga do atacante Nixon, reforçando o meio de campo e dando mais liberdade para as chegadas de Paulinho.  Cáceres passou a marcar Valdivia individualmente.

A mudança tática e principalmente de postura surtiram efeito e os donos da casa começaram melhor, sem dar os espaços cedidos na etapa inicial, pressionando verdão em busca da igualdade.

Aos quatro minutos, Mugni fez boa jogada e cruzou para Paulinho, na sobra Márcio Araújo, ex-verdão, chegou batendo na saída de Bruno para empatar novamente.

Márcio Araújo comemora gol contra o seu ex-clube. Foto: Getty Images

Márcio Araújo comemora gol contra o seu ex-clube. Foto: Getty Images

O Flamengo continuou melhor no jogo, ditando ritmo da partida e dificultando as ações do alviverde. Aos 14 minutos, Mugni descolou belo lançamento para Alecsandro, o centroavante invadiu a área, cara a cara com Bruno, e chutou de primeira para boa defesa do arqueiro palmeirense, na sobra o próprio Alecsandro empurrou para o fundo das redes e decretou a virada.

Sem conseguir repetir a boa atuação do primeiro tempo, o técnico Gilson Kleina sacou o meia Serginho para a entrada de Marquinhos Gabriel na equipe alviverde.

Em busca do resultado o Palmeiras se mandou ao ataque de maneira desorganizada, parando na marcação do Flamengo que recuou e passou a explorar os contra-ataques.

Aos 27 minutos o zagueiro Wallace aproveitou o espaço no meio de campo, passou por dois marcadores e lançou Alecsandro, livre na área, o artilheiro não desperdiçou e soltou a bomba no canto para marcar o quarto gol flamenguista.

Com a boa vantagem no placar o Flamengo passou a trocar passes no meio de campo, administrando o resultado, e saindo em velocidade nas costas da marcação paulista.

Irreconhecível o Palmeiras pouco criou e teve sua melhor oportunidade aos 35 minutos em chute de Marquinhos Gabriel de fora da área para boa defesa de Felipe.

Kleina ainda promoveu a entrada de Medieta na vaga de Wendel, mas o paraguaio pouco pode fazer.

O Flamengo volta à campo agora no próximo domingo às 16h00, no Maracanã, em clássico contra o Fluminense pela quarta rodada do Brasileirão.

Já o Palmeiras recebe o Goiás, no sábado às 18h30, no estádio do Pacaembu.

FLAMENGO 4 X 2 PALMEIRAS

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Paulo H Godoy Bezerra (SC)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Renda: R$ 763.125,00
Público: 16.318 pagantes; 21.082 presentes
Cartões amarelos: Negueba e André Santos (Flamengo); Josimar, Juninho, Henrique e Mendieta (Palmeiras)
Gols: Wesley, aos 10min do primeiro tempo, Paulinho, aos 13min do primeiro tempo, Henrique, aos 30min do primeiro tempo, Marcio Araujo, aos 4min do segundo tempo, Alecsandro, aos 14min e 27min do segundo tempo

FLAMENGO
Felipe; Luiz Antonio, Wallace, Samir e André Santos; Cáceres, Marcio Araujo e Negueba (João Paulo); Nixon (Mugni), Paulinho e Alecsandro
Técnico: Jayme de Almeida

PALMEIRAS
Fernando Prass (Bruno); Wendel (Mendieta), Lúcio, Marcelo Oliveira e Juninho; Josimar, Wesley, Serginho (Marquinhos Gabriel) e Valdivia; Leandro e Henrique
Técnico: Gilson Kleina