ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Alegria e desespero!

Com gols de Fred, Fluminense é tetracampeão Brasileiro e afunda o Palmeiras

Por Anderson Marinho

O estádio Eduardo José Farah, o Prudentão, em Presidente Prudente, no interior de São Paulo, foi palco do duelo envolvendo Palmeiras x Fluminense, válido pela 35º rodada do Campeonato Brasileiro 2012. Em uma partida emocionante o tricolor carioca venceu por 3 x 2, conquistou o tetracampeonato brasileiro e impediu uma reação do verdão na luta contra o rebaixamento.

Lutando para sair do Z4 o treinador Gilson Kleina montou o time alviverde com Obina na vaga de Luan, atuando com dois atacantes de área, Wesley na lateral direita e Corrêa no meio de campo, deixando a equipe com uma postura mais ofensiva.

No Fluminense Abel Braga escalou Rafael Sobis entre os titulares, na vaga de Deco que se recupera de lesão, mantendo o esquema de jogo das últimas rodadas.

O jogo

O Palmeiras tomou a iniciativa nos 10 minutos iniciais, pressionando o Fluminense, mas parou na marcação, sem encontrar espaços para finalizar, e viu o adversário construir a primeira chance clara de gol aos 12 minutos, após um cruzamento do lateral Bruno pela direita, Fred, livre, cabeceou com perigo obrigando o goleiro palmeirense Bruno a fazer uma boa defesa.

Artilheiro Fred comemora a conquista do tetracampeoato do Fluminense. (Foto: Fernando Borges / Terra)

As melhores oportunidades do verdão vinham com o argentino Hernán Barcos, muito bem marcado pela defesa rival, e aos 18 minutos “El Pirata” girou pra cima de Gum e bateu com perigo, à esquerda do gol de Diego Cavalieri.

O verdão teve uma baixa ainda no primeiro tempo, aos 19 minutos, Henrique se chocou com o goleiro Bruno em lance na grande área, sentiu uma lesão e foi substituído cinco minutos depois pelo argentino Román.

O Palmeiras voltou a levar perigo aos 25 minutos, em cobrança de escanteio de Marcos Assunção, Barcos subiu livre e cabeceou firme, por cima da meta de Cavalieri.

A marcação acirrada e o forte calor colaboram para uma queda natural do ritmo da partida e aos poucos o Fluminense equilibrou o jogo e passou a tocar a bola no meio de campo esperando uma oportunidade para chegar à área palmeirense.

Aos 38, Gum avançou com liberdade pela direita e cruzou, Fred se antecipou à marcação de Mauricio Ramos e cabeceou com perigo, a bola explodiu na trave esquerda de Bruno, quase abrindo o placar para o Flu em Prudente.

Entretanto, o artilheiro do Brasileirão não desperdiçaria a próxima oportunidade, aos 45 minutos Rafael Sobis encontrou Wellington Nem na grande área alviverde, o atacante chutou forte de pé esquerdo, Bruno fez grande defesa, e no rebote Fred apareceu livre para bater de primeira e marcar o seu 18 gol na competição e colocar os visitantes à frente no marcador. Palmeiras 0 x 1 Fluminense.

O Palmeiras começou bem, com mais posse de bola e boa marcação, mas sentiu o desgaste e quando o Fluminense acertou a marcação no meio de campo passou a dominar as ações e contou com o oportunismo do seu camisa 9 para sair vencedor no primeiro tempo.

Embora tenha iniciado bem o jogo o Palmeiras encontrou dificuldades para criar as jogadas de ataque, Patrik Vieira era o mais acionado, mas parou na marcação carioca, e o time sofreu com a falta de criatividade. A saída do zagueiro Henrique atrapalhou o sistema defensivo do alviverde.

Etapa complementar

Patrik Vieira comemora gol de empate do verdão. (Foto: Fernando Borges / Terra)

O Palmeiras voltou para o segundo tempo com Maikon Leite na vaga de Obina, já o Fluminense retornou com o mesmo time.

Precisando reverter o placar para continuar vivo na luta contra a degola o Verdão partiu pra cima do adversário e passou a dar mais liberdade para as investidas do Fluminense.

Logo aos dois minutos, Rafael Sobis recebeu livre e finalizou para defesa segura de Bruno.

Três minutos depois, Thiago Neves arriscou de fora da área, Bruno espalmou e no rebote Rafael Sóbis balançou a redes, mas o bandeirinha já marcava o impedimento.

O Fluminense seguiu pressionando e aos 8 minutos, Fred recebeu na ponta direita e cruzou, a bola desviou em Mauricio Ramos, enganando o goleiro Bruno e morreu no fundo gol palmeirense. Palmeiras 0 x 2 Fluminense.

Logo depois do segundo gol Abel Braga perdeu Wellington Nem, com uma luxação no ombro, e colocou o garoto Marcus Junior. Gilson Kleina foi para o tudo ou nada, sacando Marcos Assunção para a entrada de Luan e o Palmeiras ressurgiu para o jogo.

Aos 15 minutos, Corrêa cobrou escanteio pela direita e após um bate rebate na grande área, Barcos pegou a sobra e diminuiu para o verdão. Palmeiras 1 x 2 Fluminense.

Quatro minutos depois, Corrêa, de novo ele, em cobrança de falta cruzou na medida para Patrik Vieira, livre, cabecear firme, sem chances para Diego Cavalieri, e empatar o jogo no Prudentão. Palmeiras 2 x 0 Fluminense.

Depois do empate alviverde o jogo ficou aberto, com as duas equipes buscando o terceiro gol em um a partida emocionante.
Aos 30 minutos, após nova cobrança de escanteio de Corrêa, Mauricio Ramos pegou a sobra dentro da pequena área e encheu o pé obrigando Diego Cavalieri a fazer uma grande defesa.

O bom momento do Palmeiras no jogo animou os torcedores presentes no Prudentão, mas assim como na etapa inicial o verdão caiu de produção, com o desgaste de alguns jogadores como Corrêa, que correu muito na partida, e o garoto João Denoni, que sentiu uma lesão na clavícula e ficou em campo no sacrifício, pois o Palmeiras já havia feito as três substituições, e assim o Fluminense, que a essa altura do jogo já sabia do empate entre Vasco x Atlético-MG no Rio de Janeiro, partiu pra cima em busca do gol que lhe daria o título.

Aos 36 minutos o Fluminense teve uma grande oportunidade para retomar a vantagem no marcador, Fred apareceu livre, cara a cara com Bruno, mas bateu pra fora desperdiçando o gol.

Entretanto, artilheiro que se preza não perde dois gols seguidos, o camisa 9 tricolor voltou a deixar a sua marca, aos 42 minutos Jean avançou pela direita e cruzou, Fred se antecipou à marcação e desviou de primeira para fazer o terceiro gol do time carioca. Palmeiras 2 x 3 Fluminense.

Fred comemora com seus companheiro o gol do titulo do Fluminense em Prudente (Foto: Photocamera)

O Palmeiras ainda tentou subir ao ataque em busca do empate, mas não teve forças para buscar o resultado e saiu de campo derrotado, mas ainda vivo na luta contra o rebaixamento, graças a derrota da Portuguesa para o Botafogo, e agora fica na expectativa pelo resultado da partida entre Cruzeiro x Bahia, adversário direto na briga pela permanência na Série A, disputada em Belo Horizonte.

Com a vitória diante do verdão e o tropeço do Atlético-MG, o Fluminense chegou aos 76 pontos na tabela de classificação, abrindo 10 pontos de vantagem para o agora vice-líder Grêmio, e confirmou a conquista do tetracampeonato brasileiro com três rodadas de antecedência.

Os comandados de Abel Braga voltam à campo no próximo domingo, 18/11/2012, às 17h00 no estádio do Engenhão contra o Cruzeiro para a disputa do jogo das faixas.

Já o Palmeiras terá uma semana livre para se preparar para o confronto contra o Flamengo, também no domingo às 17h00, no estádio Raulino de Oliveira em Volta Redonda. O verdão permanece na 18 posição, com apenas 33 pontos, e precisa vencer as três partidas restantes no campeonato, além de torcer por tropeções de Bahia e Portuguesa, para se manter na elite do futebol Brasileiro.