ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Alex e arbitragem afudam São Paulo em Curitiba.

Meia faz dois gols na vitória do Coxa sobre o Tricolor após erros de arbitragem durante o primeiro tempo.

Por Paulo Edson Delazari
Alex comemora o gol que abriu o placar a favor do Coxa. (Foto: Gazeta Press)

Alex comemora o gol que abriu o placar a favor do Coxa. (Foto: Gazeta Press)

São Paulo vai a Curitiba no Couto Perreira e vê sua situação piorar ainda mais no Brasileirão após derrota para o Coritiba por 2×0 em meio a polêmica arbitragem de Alicio Pena Junior e seus auxiliares e tarde inspeirada do carrasco Alex.

A partida entre o atual campeão paranaense e o decadente São Paulo tinha tudo para seguir sem polêmicas, desde o início do jogo ambas equipes buscavam o gol em busca de recuperação, o São Paulo que vinha de derrota para o Criciúma e o Coritiba que havia perdido para o Botafogo no meio de semana.

Contudo em lances capitais Alício Pena Junior e seu assistente impediram uma melhor sorte para o Tricolor Paulista em duas situações foram dados impedimentos inexistentes onde Aloísio sairia cara a cara com Vanderlei, mas a arbitragem barrou o ataque sãopaulino e aos 29 minutos Chico puxou o atacante na área e a arbitragem deixou de marcar penalidade, sem falar numa entrada criminosa de Vinícius Morais que deu uma voadora em Fabrício aos 10 minutos da primeira etapa, mas a arbitragem deixou de expulsá-lo, contudo na segunda etapa em jogada tão violenta quanto a do defensor coritibano, Osvaldo foi expulso sem sequer ter amarelo, ai sim aplicada a regra corretamente.

O preço da lambança da arbitragem somada ao mal momento tricolor ocasionaram no primeiro gol do Coxa em sobra de bola de uma defesa milagrosa de Rogério Ceni, mas que contou com o oportunismo de Alex para abrir o placar aos 31 minutos da primeira etapa.

E quando a mare não está pra peixe não adianta teimar, o arbitro Alício pena Junior informou que daria 1 minuto de acrescimo, mas aos 46 minutos o arbitro marcou falta sobre Alex na entrada da área, o condutor do jogo ao invés de encerrar a partida permitiu a cobrança aos 47 minutos e o meio com a maestria de sempre tratou de ampliar o placar.

Osvaldo perde duas boas oportunidades e consegue ser expulso diante do Coritiba. (Foto: Rubens Chiri)

Osvaldo perde duas boas oportunidades e consegue ser expulso diante do Coritiba. (Foto: Rubens Chiri)

Na segunda etapa Paulo Autuori tirou Paulo Miranda e Fabrício para as entradas de Maicon e Osvaldo, a equipe paulista até tentou uma reação nos cinco primeiros minutos, mas viu suas chances pararem em Vanderlei, deste momento em diante a equipe do Coritiba reequilibrou as ações e administrou o resultado, aproveitando-se do alto indice de passes errados dos jogadores tricolores que demonstraram total apádia diante do resultado negativo, nem mesmo a saída do apagado Luis Fabiano e a entrada de Negueba mudaram o panorama da partida, culminando com resultado a derrota tricolor para o Coxa.

Com o resultado negativo o São Paulo estacionou nos 18 pontos e encontra-se na 18ª posição com 18 pontos e agora volta a jogar no Morumbi contra a Ponte Preta na Quinta-feira às 21h. Já o Coritiba chegou aos 28 pontos e ocupa a 7ª posição e encara o Atlético-MG no estádio Independência no mesmo dia e horário.