ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Alex, fim de uma história no Fenerbahce

Desentendimento entre atleta e treinado foi fator decisivo da rescisão contratual.

Por Paulo Edson Delazari

Alex com a camisa do time turco. (foto: Getty)

Foram 8 anos defendendo as cores do time turco e após desentendimento com treinador chega ao fim a história entre Fenerbahce e Alex. Foram 170 gols pelo time, capitão desde 2007, o meio-campista Alex foi afastado pelo treinador Aykut Kocaman do elenco da equipe turca e rescindiu seu contrato, dando fim a sua trajetória no clube.

Via Twitter oficial, o jogador confirmou, em português e turco, o fim de seu vínculo com o Fenerbahce. “Contrato rescindido! Obrigado a todos os turcos pelo carinho durante esses 8 anos.mais uma etapa cumprida..obrigado a todos do Fenerbahce”, escreveu.

Através de nota oficial emitida em seu site nesta segunda-feira, o clube de Istambul confirmara o

afastamento do atleta brasileiro. “Hoje, às 11 horas (horal local), o diretor técnico Aykut Kocaman comunicou que Alex de Souza está afastado do time”, explicou o comunicado, sem divulgar o motivo da decisão.

Aos 35 anos, Alex acumulou mais de 330 jogos pelo Fenerbahce em sua carreira. Atuando pelo clube turco desde 2004, o meio-campista foi campeão nacional em 2004/2005, 2006/2007 e 2010/2011, virando ídolo da torcida do time de Istambul.

No último dia 15 de setembro, o jogador brasileiro foi homenageado pelo Fenerbahce com uma estátua em frente ao estádio Sükrü Saracoglu. A obra tem o tamanho real do atleta (1,76m) e reproduz a comemoração de um gol.

Em entrevista à Rádio Estadão/ESPN na última quinta-feira, o meio-campista destacou que não saberia qual clube defenderá na próxima temporada. Na ocasião, Alex não descartou seguir no Fenerbahce, mas afirmou que conversaria com clubes do Brasil, onde mantém relação com as diretorias de Palmeiras, Cruzeiro e Coritiba. O Grêmio, de Vanderlei Luxemburgo, seria outra opção.