ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Argélia arranca empate contra a Rússia e faz história na Copa

Argelinos saem atrás, mas chegam à igualdade com ajuda de arqueiro russo e se classificam

Por Anderson Marinho
Slimani comemora o gol da classificação argelina. Foto: AFP

Slimani comemora o gol da classificação argelina. Foto: AFP

A terceira rodada do Grupo H da Copa do Mundo 2014 foi de fortes emoções para Argélia e Rússia, as duas equipes se enfrentaram na Arena da Baixada, em Curitiba, em duelo que marcou a classificação inédita da seleção africana para as oitavas de final da competição, após o empate em 1 a 1, com gols marcados por Kokorin e Slimani.

Com o resultado a Argélia terminou a fase de grupos em segundo lugar na chave, com quatro pontos ganhos, atrás apenas da líder Bélgica que somou nove pontos. Já a seleção russa terminou a sua participação com apenas dois pontos em três jogos.

O jogo

Precisando da vitória para conquistar a classificação, a Rússia do técnico italiano Fabio Capello tomou a iniciativa, pressionando o adversário em busca do gol, e abriu o placar logo aos cinco minutos. Após cruzamento, Kokorin subiu livre de marcação e desviou de cabeça, no ângulo, sem chances para o goleiro  M’Bolhi.

Com a vantagem no placar os russos se postaram no setor defensivo, com uma marcação forte, dificultando as ações do rival, que tinha mais posse de bola, mas encontrava dificuldades para chegar ao empate.

A melhor chance da Argélia veio aos 42 minutos, após cobrança de escanteio Slamani subiu sozinho e cabeceou firme obrigando o goleiro Akinfeev a fazer uma grande defesa.

Etapa complementar

A Rússia teve a oportunidade para matar o jogo logo aos dois minutos, após boa enfiada de bola, Samedov saiu cara a cara com  M’Bolhi, mas o arqueiro argelino saiu bem do gol abafando a finalização do atacante.

Depois do susto a Argélia retomou o controle das ações e passou a pressionar o adversário em busca do empate. E se com a bola rolando era difícil passar pelo bloqueio russo, os africanos chegaram à igualdade na bola aérea.

Akinfeev falha e Slimani usa a cabeça para deixa tudo igual. Foto: Amr Abdallah Dalsh / Reuters

Akinfeev falha e Slimani usa a cabeça para deixa tudo igual. Foto: Amr Abdallah Dalsh / Reuters

Aos 15 minutos, após cobrança de falta alçada na área, o goleiro Akinfeev, que já havia falhado na estréia da Rússia, saiu mal do gol e Slimani desviou de cabeça para o gol vazio, deixando tudo igual.

Depois do empate a Rússia, com a necessidade do triunfo, mudou de postura e tomou conta do jogo, enquanto os africanos priorizaram a marcação, sem se arriscar muito, saindo apenas nos contra-ataques.

Se e campo a Rússia pressionava, nas arquibancadas da Arena da Baixada a massa argelina e seus simpatizantes vaiavam os europeus e davam força para a Argélia segurar o resultado e o empate prevaleceu até o fim.

Quando o árbitro turco  Cuneyt Cakir apitou o final de jogo os atletas africanos comemoram a classificação inédita como um título, o maior feito da história do futebol do país.

A Argélia enfrenta agora a Alemanha na próxima segunda-feira, às 17h00, no estádio Beira Rio em Porto Alegre.

Bélgica 100%

Também pelo gropo H, jogando na Arena Corinthians em São Paulo, a  Bélgica confirmou a liderança e os 100% de aproveitamento na primeira fase com uma vitória por 1 a 0 contra a já eliminada Coréia do sul, com um bol marcado pelo volante Vertonghen.

Os belgas enfrentam agora os Estados Unidos, na próxima terça-feira, às 17h00, na ArenaFonte Nova em Salvador.

Vertonghen aproveita bola rebatida para marcar o gol da Bélgica. Foto: Eddie Keogh / Reuters

Vertonghen aproveita bola rebatida para marcar o gol da Bélgica. Foto: Eddie Keogh / Reuters