ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Autêntico São-São termina empatado

Diante do São Bernardo, São Paulo segue sem vencer fora de casa.

Por Vladimir da Costa

No duelo dos times com nome de Santo, o resultado, para não desagradar nenhum devoto mais fervoroso acabou no empate. São Paulo e São Bernardo fizeram uma partida bem movimentada, com boas chances de gols criadas principalmente pelos donos da casa, que não aproveitaram e juntamente com uma partida tecnicamente fraca  do São Paulo, acabou  terminando 1 a 1.

O nada santo Luis Fabiano apesar de passar em branco, fez boa partida. (Foto: Ricardo Matsukawa / Terra)

O nada santo Luis Fabiano apesar de passar em branco, fez boa partida. (Foto: Ricardo Matsukawa / Terra)

Para os devotos de São Paulo, fica a preocupação. O time ainda não venceu fora de casa e agora, mais uma vez, fez uma apresentação ruim. Agora, com 14 pontos, ocupa a segunda colocação do grupo A. Já os fanáticos por São Bernardo, fica o alivio de mais um confronto contra um grande da capital sem derrota. Muito pelo contrário, os donos da casa jogaram bem e até poderiam ter levado melhor sorte. O time do ABC é o terceiro do grupo C, com 15 pontos.

O jogo

A partida no primeiro de maio começou com boas chances de gols para ambos os lados. Antes dos 10 minutos, o São Paulo e São Bernardo tiveram chances de marcar. Pelo lado dos donos da casa, Gil teve duas boas oportunidades. A primeira, em jogada trabalhada pela esquerda, o atacante bateu colocada, mas tirou muito de Rogério e a bola acabou saindo pela linha de fundo, na segunda, o goleiro tricolor defendeu. Mas a melhor chance veio com Ewandro. Luis Fabiano deu ótimo passe nas costas do zagueiro deixando o atacante na cara do gol, livre, o garoto avançou, mas na hora de bater, pegou muito mal na bola e mandou pra longe.

Ewandro de 17 anos estreou como titular e perdeu gol incrível no começo da partida. (Foto: Léo Pinheiro/Agência Estado)

Ewandro de 17 anos estreou como titular e perdeu gol incrível no começo da partida. (Foto: Léo Pinheiro/Agência Estado)

O jogo seguiu corrido, os donos da casa arriscavam mais. Chutando de fora da área, mas sempre que tinham espaço. O São Paulo por sua vez procurava trabalhar a bola. Luis Fabiano, bem fisicamente, participava ativamente da partida, diferentemente de Ganso, que pouco aparecia na criação das jogadas.

E no momento que o São Bernardo era melhor, o São Paulo marcou. Alvaro Pereira cobrou falta da intermediária para a área, Edson Felipe tentou afastar e desviou contra o próprio patrimônio. O primeiro gol do lateral uruguaio pelo São Paulo.

Os dono da casa seguia forçando suas jogadas pelo lado esquerdo, com Gil e Bady. Aos 32minutos, Bady cobrou falta bem colocada e Rogério tirou para escanteio.

Aos 36 minutos foi a vez de Luis Fabiano fazer sua primeira finalização. Cercado por doiz marcadores, o atacante recebeu na entrada da área, ajeitou e bateu por cima do gol.

E de tanto avançar pela direita, Bady tocou para o Gil, que levantou a cabeça e cruzou rasteiro, na área do São Paulo e Marino apareceu livre para estufar as redes do São Paulo sem marcação nenhuma.

O jogo seguia equilibrado, muito disputado no meio campo. Apenas quando os times avançavam, ficava evidente quem foi mais perigoso no primeiro tempo,. No último lance, Rafael Cruz ajeitou, cortou o zagueiro e bateu colocado.  A bola passou rente ao travessão do Rogério, que já estava vendido no lance.

O segundo tempo começou com um susto para a torcida são-paulina. Aos três minutos, Bady cobrou falta na entrada da área e acertou a trave de Rogério Ceni.

Fora isso, os primeiros 20 minutos foram de pouca criatividade de ambas equipes. Tanto São Paulo quanto o time São Bernardo deixaram a vontade e o futebol no vestiário. Com muitos erros de passes, os times não conseguiram criar uma jogada que empolgasse a torcida.

O uruguaio Alvaro Pereira comemora com Pabon, seu gol na partida. (Foto: Ricardo Matsukawa / Terra)

O uruguaio Alvaro Pereira comemora com Pabon, seu gol na partida. (Foto: Ricardo Matsukawa / Terra)

Passado o branco geral, apenas aos 23 minutos foi que os donos da casa chegaram novamente perto do gol de Rogério. Em jogada pela direita, a bola foi jogada na área, mas Gil foi mais rápido e acabou perdendo a passada. No contra-ataque, Luis Fabiano recebeu na área, ajeitou e bateu firme, mas o goleiro Wilson Junior estava em cima e fez a defesa.

O jogo seguia com o São Bernardo mais incisivo na partida. O São Paulo dominava o meio campo, mas tinha dificuldade para atacar. Numa das poucas chegadas que teve, quase guardou. Pela esquerda, Ganso trabalhou bem com Osvaldo que avançou e cruzou para Luis Fabiano. O atacante finalizou à direita da meta.

Aos 46 minutos, quase o gol tricolor, em boa jogada do ataque tricolor, Luis Fabiano tocou por cima da marcação e a bola chegou em Ganso, que pegou de esquerda, na meia-lua, e bola passou muito perto do gol.

Na próxima rodada, o Tricolor fará o clássico contra o Santos às 16h, no Morumbi, no domingo, enquanto o Bernô, no mesmo dia, enfrenta o Linense, às 18h30, no estádio Gilbertão.