ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Avanti squadra Azzurra!!

Ao melhor estilo Italiano, Squadra Azzura supera Inglaterra nos pênaltis 

Por Renato Melo

No primeiro 0 a 0 da Eurocopa, em Kiev, válido pelas quartas de final do torneio Inglaterra e Itália fizeram um clássico emocionante de pouca técnica, mais de muita disposição. A seleção italiana quebrou um tabu, desde 2000 a Azurra não chegava numa semifinal da competição, naquele torneio ela passou pelas quartas pela Holanda e depois perdeu a decisão para a França.

Jogadores italianos vibram após vitória nos pênaltis contra os ingleses (Foto: Martin Rose/Getty Images)

A Itália teve maior posse de bola durante todo o jogo, 64% , finalizando 26 vezes a mais do que o English Team, e colocou duas bolas na trave de Hart.O técnico italiano Cesare Prandelli modificou a equipe, voltando com Balotelli como titular e deixou Di Natale no banco. Thiago Motta também deixou a equipe para a entrada de Montolivo. Assim já mostrou pra que veio, dando suas cartas e com três minutos de jogo, De Rossi acertou um lindo chute de foras da área, a bola bateu na trave direita do goleiro inglês.

Dois minutos depois a Inglaterra respondeu com um chute do lateral direito Johnson, que invadiu a área após uma tabela com o meio campista Parker, fazendo o goleiro Buffon operar um verdadeiro milagre, defendendo a bola apenas com a mão esquerda, evitando o rebote, pois Rooney estava ligado esperando para empurrar para o gol italiano.

Aos 13 minutos, o atacante inglês perdeu mais uma chance, entrando de peixinho, mais a bola passou em cima do travessão de Buffon. A |Itália respondeu com Balotelli, após um lindo toque de Cassano, o atacante do Manchester City demorou a chutar e o zagueiro Terry interceptou no momento exato, jogando a bola pela linha de fundo. A última chance do primeiro tempo aconteceu aos 41 minutos, novamente com Balotelli, que recebeu um lindo toque de Montolivo e chutou de primeira, para a defesa de seu companheiro de time no City.

O segundo tempo começou bastante movimentado, com a primeira chance de gol para a Itália, após o cruzamento da direita, Hart cortou para frente da área, Marchisio lançou e De Rossi livre, pegou de primeira, passando muito perto do gol inglês.

A Azzurra continuava com o domínio total do jogo, perdendo diversas chances de gol, aos 15 minutos, Balotelli quase fez um golaço, o camisa 9 da Itália tentou uma bicicleta, que passou rente ao travessão inglês, logo após, o técnico da Inglaterra, Hogdson mexeu na equipe, Walcoot e Carroll entraram no lugar do atacante Welbeck e do meio campista Milner, respectivamente.

A primeira chance do grandalhão inglês de 1,95m, Carroll, foi aos 19 minutos, tentando uma meia bicicleta que teve rebote, e o zagueiro Lescott pegou de primeira, a bola passou muito perto do gol italiano. Com o susto, o técnico italiano, Prandelli, resolveu mudar a equipe, colocando o meio de campo Nocerino no lugar de De Rossi e o atacante Diamanti no lugar de Cassano. O primeiro cartão amarelo do jogo aconteceu aos 36, depois da falta do de Barzagli em Young. Após a falta cobrada pelo capitão Gerrard, num lance polêmico, Terry é puxado pela camisa por Bonucci, mais o árbitro não marcou nada, para a insatisfação do time inglês. Aos 43 minutos do segundo tempo, a última chance do tempo normal, Nocerino recebeu um lançamento e chutou por cima do gol de Hart.

PRORROGAÇÃO

As duas equipes foram mais cautelosas, com a Itália arriscando mais com o poderio ofensivo de Balotelli e com os passes precisos do volante Pirlo, eleito o melhor jogador da partida. A Inglaterra apenas explorou os contra ataques. A primeira oportunidade de gol foi italiana, Diamanti tentou fazer um cruzamento, a bola fez uma curva e quase enganou o goleiro Hart que com as pontas dos dedos, desviou e a bola ainda resvalou na trave.  De tanto insistir, a Azzurra finalmente consegui o gol, mais foi anulado pelo árbitro, marcando corretamente o impedimento após a cabeçada de Nocerino.

PENALIDADES

Pirlo marca o seu nas cobranças de pênaltis (REUTERS)

Com a igualdade no placar no tempo normal e na prorrogação, a decisão foi por pênaltis. Quem começou a cobrança foi a Itália com Balotelli, que foi o primeiro a cobrar, marcando o gol, Logo após, Gerrard cobrou e também fez para a Inglaterra: 1 a 1. Montolivo foi o primeiro a desperdiçar, cobrando no mesmo canto de Balotelli mais mandou para fora. Rooney cobrou com categoria e converteu, virando o jogo para os ingleses.  Pirlo com uma cavadinha genial empatou, e logo depois, o atacante inglês Young acertou o travessão do goleiro Buffon. Nocerino colocou a Itália a frente, 3 a 2, O lateral do Chelsea Ashley Cole também perdeu o pênalti, com uma defesa segura do goleiro italiano. A felicidade italiana estava nos pés de Diamanti, que cobrou muito bem no canto direito do goleiro Hart, 4 a 2, classificando a Squadra Azzurra para a semifinal  da Eurocopa contra a Alemanha.