ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Barça goleia o Getafe e segue 100% no Espanhol

Messi (2), Adriano e David Villa anotaram os gols catalães; Sarabia descontou para o Getafe.

Por Eduardo do Carmo

Moyá observa comemoração do gol de Messi, que já tem seis no campeonato (Foto: EFE)

Com atuação brilhante de Messi em apenas 36 minutos de jogo, o Barcelona goleou o Getafe por 4 a 1, fora de casa, pela 4ª rodada do Campeonato Espanhol, neste sábado, e segue com campanha irretocável na Liga das Estrelas.

O argentino, poupado por conta da estreia na Liga dos Campeões no meio da semana, entrou aos 13 minutos da etapa final e marcou duas vezes. Adriano fez o primeiro, Sarabia descontou após os gols de Messi e, no fim, David Villa definiu o marcador.

O resultado manteve o Barça na liderança isolada da competição. Na quarta-feira, a equipe do técnico Vilanova estreia na Liga dos Campeões diante do Spartak Moscou, no Camp Nou, às 15h45 (horário de Brasília). Pelo Espanhol, a equipe volta a campo no próximo sábado (23) para encarar o Granada, no mesmo estádio. Já o Getafe, com quatro pontos conquistados, visita o Celta de Vigo, no mesmo dia, às 13h.

O jogo

O Barcelona entrou em campo sem os titulares Messi, Daniel Alves e Iniesta. A dificuldade encontrada pelo time catalão foi algo atípico. A primeira oportunidade aconteceu apenas aos 24 minutos, quando Thiago Alcântara carimbou o travessão.

Já aos 31, o responsável pela última vitória do Barça abriu o marcador em grande jogada de Fàbregas. O meio-campista partiu da intermediária, invadiu a área, driblou um zagueiro e a bola sobrou para Adriano, que mandou para o fundo das redes. Com a vantagem, o time aproveitou para colocar em prática o seu principal estilo de jogo, a troca de passes.

Thiago Alcântara apareceu mais uma vez, aos 33. O filho de Mazinho dominou lançamento e finalizou com perigo para grande defesa de Moyá.

Na volta do intervalo, aos 9 minutos, Tello quase ampliou o placar. O jovem atacante colocou rasteiro e a bola passou perto. No minuto seguinte, Puyol sentiu o joelho e foi substituído. A contusão preocupa o técnico Tito Vilanova para montar a defesa na estreia da Liga dos Campeões.

A substituição mais esperada veio aos 13. Thiago Alcântara deu lugar ao craque Messi. E a espera valeu. Em seu primeiro lance, o argentino foi derrubado na área, mas o árbitro não assinalou a penalidade. Pouco depois, Pedro também foi derrubado no perímetro e dessa vez o juíz marcou pênalti. Na cobrança, Messi fez o segundo do Barça.

Aos 33, o segundo dele. Messi aproveitou cruzamento de Montoya e balançou as redes: 3 a 0. Um minuto depois, porém, Sarabia descontou para o Getafe. No final, David Villa tocou na saída de Moyá e deu números finais ao jogo.