ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Barcelona vence a primeira da Supercopa

O Real Madrid até saiu na frente, mas não resistiu a força do Barcelona.

Por Paulo Edson Delazari

Em disputa o título da supercopa espanhola, com o campeão espanhol o Real Madrid contra o Barcelona, campeão da Copa do Rey da temporada 2011/2012, jogando no Camp Nou, os catalães venceram por 3 a 2, nesta quinta-feira, pelo duelo de ida e agora jogam por um empate no jogo de volta no Santiago Bernabeu, casa dos Merengues. Uma vitória por 1 gol de diferença desde que o Barcelona não faça 3 gols em seu domínio, darão ao Real Madrid o título da competição.

Valdés Vacila e Di Maria não perdoa. (FOTO: Reuters)

As coisas poderiam ter ficado mais fáceis para o time de Tito Vilanova, não fosse a lambança de Victor Valdés aos 39 minutos do segundo tempo, quando tentou sair driblando Di Maria que lhe tomou a bola diminuindo a diferença para 3×2, aumentando a esperança dos torcedores de Madrid.

Com o futuro indefinido, o brasileiro Kaká sequer ficou no banco de reservas. A decisão, aparentemente, foi técnica, uma vez que o meia não estava lesionado. Ricardo Carvalho e Nuri Sahin, outros jogadores que podem deixar a equipe, também não foram relacionados para o confronto. Quem também não esteve em campo pelo lado dos madrilenhos foi Pepe, que sofreu um traumatismo cranioencefálico após choque com Casillas na partida contra o Valencia. O luso-brasileiro foi substituído por Raúl Albiol. Já o titular Di María ficou no banco de resevas por opção de José Mourinho. Callejón começou entre os 11 iniciais.

Pelo Barcelona, o capitão Carles Puyol ficou no banco de reservas e Javier Mascherano formou dupla de zaga com Piqué. O ataque foi formado por Pedro Rodríguez, Alexis Sánchez e Lionel Messi. Assim, Cesc Fábregas começou como opção. O duelo de volta ocorrerá na próxima quarta-feira 29/08, no Santiago Bernabéu, às 17h30 (de Brasília). Porém, as duas equipes voltarão suas atenções para o Campeonato Espanhol. No domingo, o Barcelona visitará o Osasuna, em partida marcada para as 14h. No mesmo dia, o Real Madrid jogará com o Getafe, fora de casa, às 16h.

Os Gols

Gol só no segundo tempo.

Aos 10 minutos, Özil cobrou escanteio na primeira trave e Cristiano Ronaldo cabeceou para o chão sem chance para Valdés, após antecipar-se a zaga. Real Madrid 1×0 Barcelona.

Os madrilenhos mal tiveram tempo para comemorar. Isso porque, aos 11, Mascherano fez bom lançamento nas costas de Fábio Coentrão e Pedro, em posição irregular, chutou cruzado para deixar tudo igual, a bola caprichosamente passou raspando a perna direita de Cassila que nada pode fazer. Barcelona 1 x 1 Real Madrid.

Os mandantes aproveitaram o momento para virar o placar. Aos 23, Iniesta dominou na área em direção ao fundo, fez o breque e tomou uma sarrafada de Sergio Ramos que imprudentemente deu um carrinho desproporcional para o local que se enconntrava, o árbitrocorretamente assinalou o pênalti, convertido por Messi. Barcelona 2×1 Real Madrid.

Empolgado o Barcelona, que seguia no controle da partida e conseguiu ampliar a vantagem aos 32 minutos. Iniesta fez bela jogada individual, escapou de dois marcadores e deu passe na medida, com tamanha tranquilidade Xavi esperou o momento certo e só tocou na saída de Casillas. Barcelona 3×1 Real Madrid.

Aos 39, após bela defesa de Cassilas em chute de Messi o Real Madrid encontrou um contraataque fulminante, porém a zaga Barcelonista se antecipou e recuou para Valdés que desastrosamente quis dominar e sair jogando, bom para Di Maria que tomou a bola e diminuiu a diferença. Barcelo 3×2 Real Madrid.

FICHA TÉCNICA

BARCELONA 3 X 2 REAL MADRID

Local: Estádio Camp Nou, em Barcelona, Espanha Data: 23 de agosto, quinta-feira Hora: 17h30 (de Brasília)

Árbitro: Carlos Clos Gómez Assistentes: Jesús Calvo Guadamuro e Luís Fernando Marco Martínez

Cartões amarelos: Mascherano (Barcelona); Xabi Alonso, Arbeloa e Albiol (Real Madrid)

Gols: Barcelona: Pedro, aos 11, Messi, aos 24, e Xavi, aos 32 minutos do segundo tempo Real Madrid: Cristiano Ronaldo, aos dez, e Di María, aos 39 minutos do segundo tempo

BARCELONA: Victor Valdés; Daniel Alves, Gerard Piqué, Javier Mascherano e Adriano; Sergio Busquets, Xavi Hernández (Cesc Fabregas) e Andrés Iniesta; Lionel Messi, Pedro Rodríguez (Jordi Alba) e Alexis Sanchez (Cristian Tello)

Técnico: Tito Vilanova

REAL MADRID: Iker Casillas, Álvaro Arbeloa, Raul Albiol, Sergio Ramos e Fábio Coentrão; Sami Khedira, Xabi Alonso e Mesut Ozil (Marcelo); José Callejón (Ángel Di María), Cristiano Ronaldo e Karim Benzema (Gonzalo Higuaín)

 Técnico: José Mourinho