ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Borussia Dortmund opera milagre na Champions League

Time alemão precisava de dois gols em três minutos para se classificar a semifinal da competição e foi o que aconteceu.

Por Paulo Edson Delazari e Eduardo Carmo

Zagueiro brasileiro Felipe Santana faz o gol da classificação do time alemão contra o Málaga (Foto: AFP)

Histórico! Não há outra palavra para definir o jogo desta terça-feira entre Borussia Dortmund e Málaga, pelas quartas de final da Liga dos Campeões. No Signal Iduna Park, na Alemanha, o Borussia ficou em desvantagem por duas vezes, terminou os 90 minutos com um resultado quase impossível de ser virado, mas conseguiu um milagre: fez dois gols nos acréscimos, virou para 3 a 2 e garantiu a vaga para as semifinais do interclubes europeu.

O gol da classificação, já aos 47 da etapa final, foi anotado pelo zagueiro brasileiro Felipe Santana. A partida de ida, em Málaga, terminou empatada em 0 a 0. O time espanhol, com o placar de 2 a 1 a seu favor até os 45 minutos do segundo tempo, ficou muito perto da vaga, mas o Dortmund jogou com o coração, pressionou e alcançou a meta.

Desde o início da temporada, o Borussia Dortmund não escondeu que a disputa pelo título europeu seria prioridade. Com o andamento do Campeonato Alemão, isso ficou claro. O Bayern de Munique disparou no Nacional e foi campeão com antecedência. O Borussia, no entanto, é o destaque até o momento na Liga dos Campeões.

O time de Dortmund está com aproveitamento de 100% em casa e é o único invicto. Já na primeira fase, caiu no grupo da morte, ao lado de Ajax, Manchester City e Real Madrid. Os aurinegros, no entanto, não se incomodaram e lideraram a chave com folga. Nas oitavas, eliminou o Shakhtar Donetsk com empate fora e goleada em casa.

Os alemães aguardam o adversário da semifinal. Na sexta-feira, será feito um sorteio para a definição dos confrontos. No outro jogo de hoje, o Real Madrid perdeu para o Galatasaray por 3 a 2, na Turquia, mas garantiu a vaga graças ao 3 a 0 na ida. Nesta quarta-feira, mais dois classificados serão definidos: Barcelona ou PSG e Bayern de Munique ou Juventus.

Os gols

Lewandowisk empatou a partida no primeiro tempo. (Getty )

Durante a primeira metade os visitantes  surpreenderam os donos da casa, com um tiro rasteiro de  Joaquin ao 25 colocou o Málaga na frente, obrigando o Dortmund a virar a partida.

O time da casa começou a reação ainda no primeiro tempo quando aos 40 minutos Marco Reus serviu Robert Lewandowski  aos 40 minutos deixando tudo igual, o resultado ainda era favorável ao time espanhol que marcara um gol fora de casa, já que havia empatado em 0 a 0 fora na Espanha.

Após o intervalo o Borussia Dortmund teve as melhores chances para passar a frente, mas esbarrou em uma muralha chamada Caballero. Em dois minutos, o goleiro argentino fez duas ótimas defesas. Na primeira, aos 30, Reus recebeu cruzamento de Götze e chutou rasteiro. Caballero tirou para escanteio com a perna esquerda. Aos 32, Götze bateu cruzado e o goleiro argentino, com o pé esquerdo, desviou para a linha de fundo. Se a bola não entrou de um lado, entrou do outro. Aos 36, Júlio Baptista puxou contra-ataque e chutou cruzado. Eliseu, em condição irregular, completou e deixou o Málaga perto da vaga: 2 a 1.

O castigo veio aos 82 minutos, após chute cruzado de Julio Batista, Eliseu que acabara de entrar fez o gol que daria a vaga ao Málaga, afinal o time alemão precisaria virar.

Nesse momento, só a virada interessava ao Dortmund. A equipe aurinegra já não tinha esquema tático. Zagueiros foram para o ataque, o setor defensivo ficou desprotegido e os laterais avançaram. O Málaga se segurava como podia. E o desespero alemão deu certo.

E o que parecia improvável aconteceu, treinador Jürgen Klopp , chamou Hulmels e tirou Piszczek e mandou o zagueiro brasileiro Felipe Santana virar centroavante. A modificação surtiu resultado, no cruzamento de Gotsen, Felipe chegava para fazer, Demichelis tirou mas a bola caiu no pé de Reus que deixou tudo igual aos 91 minutos. Dois minutos depois o time de Dortmund alçou a bola na área, Hulmes escorou e Gotsen chutou o zagueiro tirou em cima da linha, mas Felipe Santana impedito empurrou para dentro e deu a virada para o time Alemão que além da vaga conseguiu sua quinta vitória dentro de casa na competição.  Após quinze anos a equipe de Dortmund chegou a semifinal.

Treinador Jürgen Klopp mudou o jogo e fez o Borussia vencedor, após avançar o zagueiro Felipe Santana.