ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Brasil vence Coreia em dia de "caça ao Neymar".

Sofrendo com as faltas Neymar usou a seu favor a arma contra o adversário.

Por Paulo Edson Delazari
Neymar abriu o placar de falta ainda no primeiro tempo. (Foto: Getty)

Neymar abriu o placar de falta ainda no primeiro tempo. (Foto: Getty)

Jogando na Coreia do Sul, onze anos depois, a seleção brasileira voltou a um dos palcos do pentacampeonato e conseguiu mais uma vitória na preparação para a Copa do Mundo, o Brasil dominou a partida e bateu os coreanos por 2 a 0. Neymar, foi ‘caçado’ em campo, abriu o placar ainda no primeiro tempo de falta e Oscar deu números finais ao confronto.

Neymar foi o grande centro das atenções durante todo o jogo. O atacante chamou a responsabilidade e ficou bastante tempo com a bola nos pés. Como consequência, acabou sendo ‘caçado’ em campo. Ele sofreu nada menos que 12 das 20 faltas cometidas pela Coreia.

Só no primeiro tempo, Neymar foi alvo dos marcadores rivais nove vezes, uma média de uma falta sofrida a cada cinco minutos de jogo. Com alguns lances mais duros, os jogadores brasileiros chegaram a perder a paciência e até tiraram satisfações algumas vezes com os coreanos.

O castigo veio aos 42 minutos do primeiro tempo. Neymar foi derrubado na entrada da área, e o juiz marcou a falta. Ele mesmo foi para a cobrança e colocou por cima da barreira. O goleiro Jung Sungryong se complicou todo e acabou espalmando a bola para dentro. Foi o 41º gol de Neymar em 61 jogos pela seleção.

O placar seria definido logo após o intervalo. Paulinho deu um lindo passe para Oscar, que teve a calma para limpar o goleiro antes de empurrar a bola para o gol vazio.

Agora a seleção brasileira vai para a China, onde enfrenta Zâmbia às 8h45 (horário de Brasília) da próxima terça-feira.

FICHA TÉCNICA
COREIA DO SUL 0 X 2 BRASIL

Local: Estádio Sang-am, em Seul (Coreia do Sul)
Data: 12 de outubro de 2013, sábado
Horário: 8 horas (de Brasília)
Árbitro: Irmatov Ravshan (Uzbequistão)
Assistentes: Rasulov Abdukhamidullo (Uzbequistão) e Kochkarov Bakhadyr (Quirguistão)
Público: 65.308 pessoas
Cartões amarelos: Ki Sung-Yueng, Lee Chung-Yong e Lee Yong (Coreia do Sul)
Gols: BRASIL: Neymar, aos 43 minutos do primeiro tempo, e Oscar, aos 3 minutos do segundo tempo

COREIA DO SUL: Jung Sung-Ryong; Kim Ji-Soo, Kim Young-Gwon, Hong Jeong-Ho e Lee Yong; Kim Bo-Kyung (Go Yo-Han), Ki Sung-Yueng, Lee Chung-Yong (Yun Il-Lok) e Han Kook-Young; Ji Dong-Won (Lee Keun-Ho) e Koo Ja-Cheol (Son Heung-Min)
Técnico: Hong Myung-Bo

BRASIL: Jefferson; Daniel Alves, David Luiz, Dante e Marcelo (Maxwell); Luiz Gustavo (Lucas Leiva), Paulinho (Hernanes) e Oscar (Bernard); Hulk (Ramires), Jô e Neymar
Técnico: Luiz Felipe Scolari