Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557
Brasil vence México e convence exigente torcida paulista | QUATRO MAIORES


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Brasil vence México e convence exigente torcida paulista

Mesmo sem Neymar, Brasil mostrou que superou o trauma da copa e ganhou com propriedade.

Por Vladimir da Costa

No primeiro clássico de preparação para a Copa America, diante da boa seleção mexicana, a brasileira mostrou que está no caminho certo e com peças novas e mais madura, o Brasil fez o necessário para vencer e fazer a festa da torcida presente no estádio palmeirense, em São Paulo.

Philippe Coutinho comemora após marcar um belo gol com a amarelinha. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

Philippe Coutinho comemora após marcar um belo gol com a amarelinha. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

Sem Neymar, com folga de campeão, pelo titulo na Champions, o Brasil mostrou que pode sim jogar sem sua maior estrela. Sem o volume de jogo e a velocidade que o craque do Barcelona impõem, a seleção tocou a bola com calma e apesar de não dominar inteiramente a partida,foi efetiva e demonstrou entrosamento. Nos dois gols, jogadores de diversas posições fizeram seu papel e com categoria e habilidade canarinha, que nunca faltou, fizeram os gols da vitória diante da boa seleção do México, que cozinhou o jogo, deixando o mesmo chato em alguns momentos, mas que nem de longe, parecia incomodar a firme defesa brasileira, do antes “intocável” Tiago Silva, que viu do banco Miranda e David Luis proteger o gol defendido por Jefferson.

Na cidade sempre mais cri cri, o Brasil sabia que seria vaiado,como foi, mas nada que afetasse os jogadores no retorno aos gramados brasileiros depois do eterno e inesquecível 7 a 1. Com gols marcados no primeiro tempo por Philippe Coutinho e Diego Tardelli, o Brasil terminou a partida sob aplausos e gritos de “olê”, no mais novo palco do futebol brasileiro da torcida mais “exigente”, o que certamente é um bom sinal.

Na próxima quarta, o Brasil encerra sua rodada de amistosos diante da modesta seleção de Honduras no Beira-Rio, em Porto Alegre, para em seguida viajar ao Chile para a disputa da Copa América.

A partida

O Brasil entrou em campo nervoso no Allianz Parque. Errando muitos passes e com dificuldade para sair jogando diante da marcação adiantada do México, a Seleção chegou a ouvir vaias do público paulista no primeiro tempo.

A equipe mexicana sentiu a pressão do outro lado e manteve a posse de bola, trocava muitos passes, mas não chegava a ameaçar o gol de Jefferson. Pouco a pouco as coisas foram se acertando e no primeiro ataque, saiu o gol. Aos 27 minutos, a bola foi invertida de lado, Philippe Coutinho recebeu de Filipe Luís na esquerda, deu lindo drible de corpo no zagueiro e bateu sem ângulo, entre o goleiro e a trave para abrir o placar.

Jogadores da seleção comemoram o gol marcado por Diego Tardelli. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

Jogadores da seleção comemoram o gol marcado por Diego Tardelli. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

A torcida que gritava para tudo e todos, principalmente para o time dono do estádio, mas depois do gol, passou a torcer exclusivamente para a seleção

Com o México sem poder ofensivo, o Brasil cresceu na partida e ampliou ainda antes do intervalo, após bela jogada coletiva, com destaque para Elias.Aos 36 minutos, o volante se projetou na área e recebeu de Willian, deu no meio das pernas de Rafa Márquez e ficou livre para marcar, mas o jogador esperou a passagem de Diego Tardelli e serviu o atacante, que só completou para o gol vazio.

O segundo tempo, porém, viu o jogo cair bastante de produção. A partida chegou a ser monótona em vários momentos, e o banco de reservas do Brasil só se levantou após uma entrada violenta do veterano zagueiro Rafa Márquez em cima de Willian, que rendeu cartão amarelo para o capitão mexicano.

Pouco aproveitado no Corinthians, Elias fez a diferença na partida de hoje. (Foto: Ricardo Nogueira/EFE)

Pouco aproveitado no Corinthians, Elias fez a diferença na partida de hoje. (Foto: Ricardo Nogueira/EFE)

Dunga então, resolveu mexer na equipe. Entrou o lateral Fabinho e os meias Éverton Ribeiro e Felipe Anderson (que não está convocado para a Copa América), mas tanto o Brasil quanto o México pareciam satisfeitos  e cansados com o ritmo da partida, principalmente no primeiro tempo.

Por isso, os minutos finais foram morno, com destaque para os mais de  34 mil torcedores que deram uma renda de R$ 6.737.030 e faziam a festa na arquibancada. Agora, a Seleção vai a Porto Alegre para o amistoso contra Honduras, na quarta-feira, e segue rumo ao Chile. A estreia na Copa América será no domingo, contra o Peru.

xhamster