ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Candidato a Série B, São Paulo perde mais uma.

Tricolor conhece sua 11ª partida sem vitória, sendo a sétima derrota consecutiva.

Por Paulo Edson Delazari
Leandro Damião foto Junior Lago uol

Leandro Damião comemora gol da vitória Colorada. ( Foto: Jr. Lago / Uol)

São Paulo recebe o Inter RS no chuvoso e frio Morumbi e conhece sua sétima partida com derrota no ano, desta vez por 1 a 0 com gol de Leandro Damião. Com o feito São Paulo iguala sua campanha de 1951 e 1986 quando ficou 11 partidas sem conhecer o sabor da vitória.

O primeiro tempo tevce o São Paulo pressionando no começo da partida e perdendo gol, mas bastou o primeiro ataque do time gaúcho para tudo ir por água a baixo, após o gol de Damião o time se desencontrou e o Inter cansou de perder gols.

No segundo tempo o São Paulo insistia, forçava, mas a bola teimava em não entrar. Para ajudar Luis Fabiano saiu com uma contusão muscular e Aloísio tomou o terceiro amarelo, assim não poderá participar do próximo confronto tricolor que será contra o Corinthians no domingo no Pacaembu. Com a derrota o São Paulo se mantém com 8 pontos em 15º lugar e não sabe o que é vencer desde a segunda rodada. Já o Inter agora é o líder da competição e vai até o Pernambuco para enfrentar o Naútico.

O Jogo

Juvenal fora foto Junior Lago uol

Torcedores protestam contra o presidente tricolor Juvenal Juvêncio. (oto Jr. Lago Uol)

O jogo mal começou e o São Paulo foi para cima do inter e logo aos dois minutos em tabela envolvente de Douglas com Luis Fabiano, o lateral chutou rasteira e cruzado para boa defesa de Muriel, no rebote a zaga rasgou parta longe.

Mas a fase do São Paulo é terrível, aos 13 minutos em sua primeira investida, Leandro Damião que voltava de contusão recebeu pela esquerda o centroavante cortou Rodrigo Caio bateu de fora da área despretensiosamente e no contrapé de Rogério Ceni para fazer Inter 1 x São Paulo 0.

O Inter demorava a chegar, mas quando chegava era perigoso, após cobrança de escanteio de Forlan, a zaga tira e de fora da área Willians enche o pé, a bola carimba o pé da trave direita de Rogério Ceni.

Três minutos depois novo contrataque e desta vez após falha da zaga sãopaulina quem perdeu o gol foi Forlan que de frente para o gol chutou pra fora com muito perigo.

Etapa Complementar

São Paulo voltou como sempre, atacando e perdendo gol, após bela tabela entre Aloísio e Luis Fabiano o atacante tocou pra Jadson, o meia driblou o goleiro e desequilibrado chutou para fora.

Aos 11 minutos a resposta do Inter, Cleber recebeu do lado esquerdo e lançou o volante Josimar que sozinho de carrinho errou o alvo, por pouco o time gaúcho não ampliou.

Que fase! Aos 18 minutos Jadson cruza pela direita, Aloísio sozinho da de cabeça e a bola passa raspando o gol de Muriel.

O São Paulo demorava e quando chegava só na bola parada, aos 30 minutos após escanteio de Jadson, Paulo Miranda cabeceou e a bola passou a direita de Muriel, por pouco não empatou.

Deste momento em diante, muita vontade do São Paulo e muita marcação do Internacional, para manter o resultado feito na primeira etapa. A torcida tricolor ao final da partida protestou contra o atual presidente Juvenal Juvêncio.