ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Castigo no fim

Peixe vacila e cede empate nos acréscimos para o Vasco da Gama

Por Renato Melo
Montoya e Cicinho disputam bola na Vila Belmiro. foto: Ivan Storti / LANCEPress

Montoya e Cicinho disputam bola na Vila Belmiro. foto: Ivan Storti / LANCEPress

Na Vila Belmiro, o Santos empatou com o Vasco em 1 a 1, levando o gol aos 46 minutos, marcado pelo zagueiro vascaíno Rafael Vaz, gerando muita revolta da torcida e do capitão Edu Dracena, autor do gol santista. Mesmo com uma boa atuação do goleiro Aranha e com o crescimento do futebol do meia argentino Montillo, o Peixe não conseguiu concluir em gols as oportunidades criadas, sendo castigado no fim da partida. Vamos a analise completa do jogo.

PRIMEIRO TEMPO

O jogo começou com o time da Vila Belmiro quase marcando no primeiro minuto com Willian José, depois de bela jogada de Montillo pela direita, o atacante não conseguiu encostar para o gol.  Pressionando a saida de bola vascaína, o Santo quase marcou aos 4 minutos, Cicero cabeceou para o gol e o goleiro Diogo fez boa defesa.

O time carioca não conseguia sair para o jogo, pois o Santos mostrava muita disposição, Aos 16 minutos, o primeiro ataque do Vasco com Montoya, que arriscou uma paulada de fora da área para o goleiro Aranha fazer a defesa, mandando a bola para escanteio. A resposta santista veio logo depois, aos 17 minutos com Neilton, o atacante fez boa jogada e bateu colocado, levando muito perigo para a meta Cruz Maltina.

Aos 23, o veterano Léo ficou de frente com o goleiro Diogo, a zaga do Vasco bobeou e deu a bola de presente para o lateral santista quem não conseguiu concluir ao gol graças a Rafael Vez que chegou dividindo a bola. Depois disso, o Peixe caiu de produção e o Vasco começou a criar mais oportunidades, aos 31 minutos, o colombiano Montoya saiu na cara de Aranha, mais errou o chute, chutando para fora.

O Vasco estava melhor em campo e quase abriu o placar aos 42 minutos com Fagner, o lateral acertou uma bomba e Aranha mais uma vez fez uma excelente defesa. O primeiro tempo terminou com o time carioca melhor mais o placar continuou sem gols, Santos 0 x Vasco da Gama 0.

SEGUNDO TEMPO

O Santos fez uma mudança para a etapa final, Saiu Alan Santos para a entrada de Leandrinho. As duas equipes voltaram com muita disposição, porem, com pouca eficiência. Tocando a bola com paciência, o Peixe tentava furar o bloqueio da defesa vascaína, que bem postada não dava chances para os atacantes santistas. Aos 7 minutos, o Peixe quase abre o placar, Neilton dividiu com o goleiro Diogo e a bola sobrou para Leo que novamente, na hora do chute, foi travado, agora por Jomar.

O Vasco resolveu atacar, aos 16 minutos, Eder Luís puxou o contra ataque e tocou para o colombiano Montoya que bateu, e mais uma vez, o goleiro Aranha salvou o Peixe, mandando a bola pela linha de fundo.

O goleiro santista estava sendo o destaque do time santista, salvando pelo menos três gols do Vasco que estava melhor na partida. Aos 21 minutos, Rafael Vaz cobrou falta perigosa e Aranha defendeu, no rebote, o centroavante André, impedido, chutou mascado em cima do goleiro.

Aos 28, o Peixe quase inaugurou o placar, depois de uma bela cobrança de falta de Cicero, Diogo busca no ângulo e manda pra escanteio. O time santista acordou e aos 30 minutos, Montillo tentou uma jogada e cruzou pela direita, a zaga cruz maltina tirou o Peixe conseguiu outro escanteio, na sequencia, aos 31 minutos, não teve jeito, o argentino cobrou na cabeça do zagueiro Edu Dracena que testou no canto do goleiro Diogo Silva e fez 1 a 0 para o Santos.

Depois do gol, o time da Vila Belmiro melhorou muito, principalmente o meia Montillo chamando a responsabilidade e levando o Peixe pra cima do Vasco.

Rafael Vaz comemora o gol de empate vascaíno. Foto: Leandro Martins / Futura Press

Rafael Vaz comemora o gol de empate vascaíno. Foto: Leandro Martins / Futura Press

Aos 45 minutos, Montillo arriscou um chute de longe, mas o goleiro vascaíno Diogo defendeu, logo após, o castigo para o Santos, como quem não faz toma, numa vacilada incrível da defesa santista, aos 46 minutos, o Vasco empatou o jogo, depois da cobrança de escanteio, o zagueiro Rafael Vaz deixou tudo igual na Vila Belmiro, 1 a 1.

Final de jogo, o Santos perdeu a chance de avançar na tabela e conseguiu apenas 1 ponto dentro de casa, agora o Peixe subiu duas posições, esta em décimo terceiro lugar com 17 pontos, já o Vasco da Gama se manteve na décima colocação. Agora o Santos encara o Bahia fora de casa, pela décima quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

 

 

FICHA TÉCNICA

SANTOS 1 X 1 VASCO

 

Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data-Hora: 14/8/2013 – 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Auxiliares: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Nadine Camara Bastos (SC)

Renda e público: Não divulgado

Cartões amarelos: –
Cartões vermelhos: –
Gols: Edu Dracena 31’/2ºT (1-0) e Rafael Vaz 46’/2ºT (1-1)

SANTOS: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Durval e Léo; Alison (Renê Júnior 21’/2ºT), Alan Santos (Leandrinho – intervalo), Cícero e Montillo; Neilton (Thiago Ribeiro 15’/2ºT) e Willian José – Técnico: Claudinei Oliveira.

VASCO: Diogo Silva, Fagner, Jomar, Rafael Vaz e Henrique; Abuda, Fillipe Soutto (Willie 34’/2ºT), wendel e Montoya (Marlone 17’/2ºT); Eder Luis e André (Tenório 30’/2ºT) – Técnico: Dorival Júnior.