ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Cheio de vontade, Alexandre Pato marca e tricolor se classifica

São Paulo domina a partida e sem fazer muita força, faz 3 no CSA-Al e está na segunda fase da Copa do Brasil.

Por Vladimir da Costa

Diante de um bom público, o São Paulo jogou pro gasto, venceu e se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil. O time, que já havia vencido a partida de ida, recebeu o CSA no Morumbi e apesar de dominar a partida inteira, não conseguiu botar pra dentro as chances que teve. Pato, que fazia sua estreia no Morumbi deixou o dele no primeiro tempo, mas depois o time parou.

Com raiva, Pato comemora seu primeiro gol com a camisa tricolor (Foto: Rodrigo Capote/UOL)

Com raiva, Pato comemora seu primeiro gol com a camisa tricolor (Foto: Rodrigo Capote/UOL)

No primeiro tempo, o São Paulo jogou até os 25 minutos. Marcou, pressionou até chegar o gol de Alexandre Pato. Por sinal o atacante era o que mais “perseguia” a bola e por isso era o mais perseguido pelos adversários que não aliviaram para o atacante que ia em todas as bolas. Nos últimos 20 minutos, o time parou de jogar, deu espaço e apesar de ter a bola sempre nos pés, o time do CSA, apesar de suas limitações até chegou, em um chute de fora da área assustou, mas não chegou a assustar a torcida que lotou as dependências as arquibancadas do Morumbi.

O segundo tempo, o time criou diversas chances, mas pecava nas finalizações. Todos tiveram chances, até que Luis Fabiano fez o segundo e definir a classificação que já era certa para os 28 mil presentes no Morumbi. Classificado, o time passou os minutos finais tocando a bola, chamando o time do CSA que já não tinha forças para atacar e quase sem vontade para se defender. Tanto é que aos 37 Luis Fabiano fez o terceiro da partida depois de falha grotesca do goleiro Pantera. Classificação mais que confirmada. O próximo adversário, o CRB.

A partida

Como era de se imaginar, o São Paulo começou a partida em cima do CSA. Com um time ofensivo, Muricy queria mostrar para a torcida que o tempo de treinamento deu resultado. Osvaldo, Luis Fabiano e Alexandre Pato, que iniciou a partida cheio de gás.

O São Paulo jogava em cima, pressionava o tempo todo no campo adversário, mas não conseguia o último passe para deixar um dos atacantes com oportunidade de finalizar. O CSA por sua vez, tinha dificuldade de passar do meio campo.

E a pressão deu resultado. Na primeira jogada mais trabalhada da equipe, aos 20 minutos, depois de ótimo passe de Maicon, Alexandre Pato que fazia sua estreia no Morumbi saiu livre, para desviar do goleiro e marcar o primeiro gol com a camisa tricolor. O atacante comemorou com raiva, aliviado.

 O gol abriu o time do CSA que para tentar a classificação e com isso o São Paulo passou a criar mais. Do outro lado, as jogadas mais ríspidas em aconteciam frequentemente. Roberto Dias seguia na cola de Alexandre Pato.

Com o andar da partida, o São Paulo parecia ter acomodado. A equipe de alagoas passou a atacar mais. Em duas jogadas o time de CSA chegou perto do gol de Rogerio. A primeira, pela esquerda a bola foi cruzada na área, mas saiu pela linha de fundo. Na segunda, após erro de Osvaldo, Daniel Costa recebeu livre na entrada da área e bateu firme para defesa do goleiro são-paulino.

Na segunda etapa, o tricolor seguiu em cima do CSA. Aos quatro minutos, depois de boa troca de passe no ataque, a bola passou de pé em pé até chegar em Luis Fabiano que bateu cruzado, mas parou no goleiro Pantera que botou para escanteio.

Com dois gols na partida, Luis Fabiano chegou em Teixerinha como o terceiro maior artilheiro do clube (Foto: Rodrigo Capote/UOL)

Com dois gols na partida, Luis Fabiano chegou em Teixerinha como o terceiro maior artilheiro do clube, com 189 gols. (Foto: Rodrigo Capote/UOL)

Aos 10 minutos, Ganso recebeu em livre, dominou, e bateu, mas a marcação chegou a tempo de tirar para escanteio. Dois minutos depois em nova jogada pela esquerda, Osvaldo tocou na medida na entrada da pequena área, Pato sozinho, na cara do gol, botou muita força e isolou a bola.

O São Paulo seguia chegando. No segundo tempo passou a finalizar mais à gol. Quase sempre pela esquerda, o time seguia pressionando em busca do segundo gol. Por duas vezes Alvaro Pereira tentou. A primeira bateu sem ângulo, na segunda, o uruguaio quase marca um golaço. Após Ganso fazer bom lançamento, o lateral deu uma toca de costas no marcador e tentou encobrir o goleiro que se antecipou no lance e conseguiu tirar.

Nos últimos 15 minutos, o CSA relaxou na marcação e o São Paulo fez mais dois gols com o artilheiro tricolor. Luis Fabiano aproveitou cruzamento de Pato e fez o segundo gol da partida. Aos 37 minutos Alvaro Pereira cruzou e Luis Fabiano cabeceou no meio do gol, o goleiro Pantera foi sem firmeza e acabou soltando a bola que entrou. O segundo gol do Fabuloso.

Já no final da partida, Luis Fabiano acertou a trave após cruzamento da direita e Pabón de fora da área arriscaram, mas não ampliaram o placar que acabou em 3 a 0 para o tricolor.