ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Chile elimina Espanha da Copa do Mundo 2014.

A atual campeã do mundo foi um fiasco e está eliminada da Copa do Mundo do Brasil.

Por Paulo Edson Delazari
Vargas comemora gol que abriu o placar para o Chile. (Foto: Getty)

Vargas comemora gol que abriu o placar para o Chile. (Foto: Getty)

Demonstrando uma disposição tática e força de vontade fora do normal no estádio do Maracanã, a equipe do Chile surpreendeu a Espanha por 2 a 0 com gols de Vargas e Arangues, eliminando a atual campeã do mundo da Copa 2014.

O técnico San Paoli que havia dito ser um enorme feito eliminar a campeã mundial, conseguiu o que desejava e se igualou com a Holanda com 6 pontos cada, A vitória chilena foi boa também para Holanda que se classificou para as oitavas de final com o resultado.

Vicente Del Bosque deu uma entrevista ao fim da partida e disse não haver desculpas pelo ocorrido. Perguntado sobre o fim de uma geração, o treinador preferiu não comentar.

A gora Holanda e Chile se enfrentam na última rodada para ver quem termina em primeiro no grupo. Já a Espanha cumpre tabela junto a Austrália, ambos eliminados.

O jogo

Vargas comemora gol contra Espanha.

Vargas sai comemorando o belo gol, enquato Sérgio Ramos e Cassilas ficam inconformados ao fundo. (Foto: Getty)

A partida começou com tudo. Logo aos 40 segundos Mena bateu a bola que desviou em Pique e saiu raspando a trave esquerda. Na cobrança foi a vez de Vidal quase balançar a rede, o chileno cabeceou e a bola novamente passou raspando a trave.

Com o susto o time espanhol começou a se ajeitar em campo e por pouco não abriu o placar aos 14 minutos, após arrancada de Diego Costa, a bola cruzou toda área, na confusão a bola se apresentou para Xabi Alonso, o volante encheu o pé e a bola explodiu no peito de Bravo, na sobra Silva recebeu impedido e a arbitragem parou o lance.

Dois minutos depois foi a vez do Chile chegar, mas ai não teve perdão. Xabi Alonso errou passe no meio campo, Vidal tocou para Alexis Sanches, deste para Arangues, deste para Vargas, que só teve o trabalho de driblar Cassilas e de bico chutar para o fundo do gol. Chile 1 a 0.

A Espanha precisava a qualquer custo buscar o resultado e avançou suas linhas, aos 26 minutos Silva escorou com a cabeça o cruzamento e Diego Costa chutou de pé esquerdo, a bola bateu na rede pelo lado de fora, assustando a torcida chilena.

O preço da tentativa de empate foi o castigo do segundo gol chileno aos 43. Vidal bateu falta da intermediária, Cassilas defendeu para o meio da área, Arangues pegou o rebote, dominou, levou o zagueiro e deu de bico. Chile 2 a 0.

Segunda etapa

Sérgio Busquets perdeu chance incrível de diminuir o prejuízo na partida. (Foto: Getty)

Sérgio Busquets perdeu chance incrível de diminuir o prejuízo na partida. (Foto: Getty)

Em pouco mais de quatro minutos o time espanhol jogou o que não havia jogado na primeira etapa e por pouco não diminui, Pedro recebeu na entrada da área e Medell cortou providencialmente para escanteio. Na cobrança em meio a bagunça na grande área Diego Costa deu uma bicicleta e Sergio Busquets perdeu gol feito dando de canela na bola e colocando para fora.

Com a disposição de atacar da Espanha, o time do Chile buscava oi contrataque e por pouco aos 22 minutos a vantagem não se ampliou, Isla recebeu pela direita e cruzou para Mena, o lateral bateu cruzado e o próprio Isla se jogou na bola, chutando por cima do travessão, com Cassilas completamente batido.

A bola insistia em não entrar pelo lado da Espanha, Iniesta após boa troca de passes do ataque espanhol, encontrou Carzola na entrada da área, o atacante chutou colocado e a bola passou raspando a trave direita de Bravo.

Imiesta não desistia, o craque da Fúria arriscou de fora da área um chute a meia distância e surgiu a estrela de Bravo que espalmou mais uma para escanteio.