ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Cicero faz 2 e Peixe bate Furação

Santos vira pra cima do Atlético-PR no interior paulista e sobe para oitavo.

Por Vladimir da Costa

Em um jogo em que o Santos não brigava por nada e o Atlético-PR lutava pela classificação antecipada para a Taça Libertadores, a calma prevaleceu num bom jogo em São José do Rio Preto. Na penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. O time paranaense saiu na frente com gol de Marcelo, mas Cícero fez dois e virou para o time santista. Pior para o Furacão que irá definir sua participação ou não na Libertadores do ano que vem somente no próximo final de semana, na última rodada. Para o peixe, sobrou ser o melhor time paulista da Serie A.

A vitória de virada por 2 a 1 no interior paulista fez o alvinegro superar a campanha de 2012 no Brasileirão. Com o resultado deste domingo, o Atlético-PR permaneceu com 61 pontos e terminou a rodada na terceira colocação. Já o Santos alcançou os 54 pontos e seguiu na oitava posição.

A partida

Marcos Assunção e Alan Santos dobram marcação em Everton. (Foto: Célio Messias/Estadão)

Marcos Assunção e Alan Santos dobram marcação em Everton. (Foto: Célio Messias/Estadão)

O Atlético-PR iniciou a partida melhor e pressionando o Santos que seguia bem na defesa, com dificuldades para sair em contra-ataque, mas sem sofrer muito atrás. Sabendo que uma vitória colocaria a equipe na Libertadores, Vágner Mancini orientou seus jogadores a buscarem o ataque. Éderson e Marcelo eram os mais perigosos da ofensiva paranaense. E foi justamente dessa dupla que saiu o gol.

Aos 28 minutos, Éderson fez um longo cruzamento da direita e Marcelo apareceu na área para cabecear forte para o fundo das redes.. Não deu nem tempo de comemorar. Quatro minutos depois, o Santos chegou ao empate. Cícero, artilheiro do time na competição, subiu mais que a zaga em cruzamento de Cicinho e empatou a partida.

A etapa complementar começou com um Santos diferente, agredindo mais o adversário, procurando tocar a bola em velocidade para confundir os marcadores, mas não conseguiu manter o ritmo. Apesar de maior posse de bola, o Atlético quase chegou ao segundo. Em rápido contra-ataque, o artilheiro Éderson fez boa jogada e rolou para Everton, que exagerou na força e desperdiçou grande oportunidade. Aos poucos o domínio da partida foi mudando de lado. A partir da metade da etapa complementar, o Atlético-PR assumiu as rédeas da partida novamente. Contudo, esbarrou na marcação santista e na falta de criatividade de seu setor de meio de campo.

E quando parecia que o Furação ia ficar carimbar sua vaga para a libertadores, o Santos chegou ao segundo gol. Durval, que não deve permanecer na equipe em 2014, fez ótimo lançamento para Cícero que saiu na cara do gol e, de cavadinha, virou a partida para o alvinegro. Sem forças para reagir, o time de Curitiba apenas aguardou o final da partida.

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo. O Furacão encara o Vasco na Arena Joinville, enquanto o Peixe pega o Goiás no Serra Dourada. Na última rodada, todas as partidas serão realizadas às 17h.

FICHA TÉCNICA


SANTOS 2 X 1 ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto (SP)

Data: 1º de dezembro de 2013, domingo

Horário: 19h30 (de Brasília)

Arbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)
Cartões amarelos: Edu Dracena e Alan Santos (Santos); Marcelo e Bruno Silva (Atlético-PR)
Gols:SANTOS: Cícero, aos 33 minutos do primeiro tempo e aos 31 minutos do segundo tempo. ATLÉTICO-PR: Marcelo, aos 27 minutos do primeiro tempo

SANTOS: Aranha, Cicinho (Bruno Peres), Edu Dracena (Durval), Gustavo Henrique e Mena; Alan Santos, Marcos Assunção (Renato Abreu), Cícero e Montillo; Thiago Ribeiro e Geuvânio. Técnico: Claudinei Oliveira

ATLÉTICO-PR: Weverton, Léo, Manoel, Luiz Alberto e Juninho; Deivid, Bruno Silva (Roger), João Paulo (Zezinho) e Everton; Marcelo e Ederson (Dellatorre). Técnico: Vagner Mancini