ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Cicero marca no fim e garante vitória Santista

Volante marca belo gol de falta nos acréscimos e garante os 3 pontos para o Santos.

Por Vladimir da Costa

Ainda sem poder contar com Leandro Damião, Lucas Lima e Rildo, reforços contratados para 2014, o Santos e a torcida confirmaram que o volante, alvo de discussão no inicio da temporada, vale o valor que ele pediu para permanecer no clube. Depois de uma partida onde Aranha foi o grande destaque, ao salvar a equipe, coube a Cicero, aos 45 minutos do segundo tempo, cobrar uma falta ao estilo Ronaldinho, por baixo da barreira e dar a vitória ao Santos por 1 a 0 sobre o Ituano, neste domingo, no Novelli Júnior.

A partida

Sem Leandro Damião e Lucas Lima o Santos, o técnico Oswaldo de Oliveira reforçou a defesa contra o Ituano. O meio-campo contou com Alan Santos, além de Arouca e Cícero, que voltam ao time. Com uma formação mais defensiva, o Santos parecia resguardado atrás, mas faltava criatividade na frente.

O lateral Cicinho, tenta se livrar de marcador do Ituano em partida que o Santos venceu.  (Foto: Miguel Schincariol/Ituano FC)

O lateral Cicinho, tenta se livrar de marcador do Ituano em partida que o Santos venceu. (Foto: Miguel Schincariol/Ituano FC)

As equipes fizeram um primeiro tempo fraco tecnicamente. Apesar disso, o Ituano foi ligeiramente melhor, principalmente nas bolas aéreas. Os donos da casa finalizavam mais do que o rival eram mais incisivos quando iam à frente.

O Santos tinha muita dificuldade de sair jogando e os atacantes ficaram isolados, sem receber a bola. A melhor chance aconteceu aos 36 minutos, quando Thiago Ribeiro avançou pela ponta, cruzou rasteiro e por muito pouco Cícero não completou para o gol.

Na volta do intervalo, o panorama era o mesmo. O Ituano buscava mais o gol e teve a equipe do interior no comando das ações durante todo o segundo tempo. Com maior tempo para se preparar, o Ituano passou a trocar passes, abrir espaços e colocar o Santos para correr. Aranha continuou sendo o nome da partida.

Aos 24 minutos, quase abriu o placar em um forte chute de Paulinho. A trave, no entanto, salvou o time alvinegro de sair atrás no placar. A equipe da casa teve ao menos mais duas ótimas chances, mas Aranha seguia salvando a equipe.

O Ituano seguia melhor e quase marcou, mas Jubal se jogou na frente da bola para salvar o Santos novamente. Oswaldo de Oliveira demorou muito para mexer, colocou Leandrinho nos minutos finais, mas não conseguiu fazer o Peixe jogar.

O castigo para a equipe que atacou e criou mais boa parte da partida veio no final da partida. Em falta que parecia despretensiosa, Cicero bateu com categoria, e deu a segunda vitória para o peixe na competição.

Na próxima rodada, o Ituano vai até Jundiaí enfrentar o Paulista, quarta-feira, às 17h (horário de Brasília), no Jayme Cintra. No mesmo dia, mas às 22h, o Santos faz seu primeiro clássico na temporada, contra o Corinthians, na Vila Belmiro.