ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Clássico paulista entre São Paulo e Corinthians termina empatado.

Sem Pato e Jadson no clássico o destaque foi Ganso que se apresentou para o jogo.

Por Paulo Edson Delazari
Ganso domina bola em meio a marcação de Fagner e Kleber. (Foto: Rubens Chiri)

Ganso domina bola em meio a marcação de Fagner e Kleber. (Foto: Rubens Chiri)

Em rodada de clássicos pelo país o único que ficou no empate foi São Paulo e Corinthians. De um lado o tricolor com melhor ataque, do outro o timão com a melhor defesa, contudo um não marcou muitos gols e outro acabou sofrendo, final 1 a 1, com gols de Fagner para o Corinthians e Luis Fabiano para o São Paulo após lindo passe de Ganso.

Com a ausência de Pato para o São Paulo e Jadson para o Corinthians o que apareceu foi o talento de Ganso, o meia esquerda chamou o jogo para si na segunda etapa e destrancou o cadeado corinthiano armado pelo técnico Mano Meneses. Outro ponto positivo do clássico foi o baixo número de faltas, no primeiro tempo apenas 11 , sendo seis do Corinthians e cinco do São Paulo e a arbitragem intocável de Rafael Kraus que dominou o aspecto técnico, quanto o disciplinar e deu uma aula de arbitragem, fazendo com que o jogo corresse.

Com o resultado o São Paulo chegou a seis pontos e caiu para o 9º lugar no brasileiro e voltará a jogar no domingo no Maracanã contra o Flamengo. O lateral Álvaro Pereira tomou o terceiro amarelo e não enfrenta o time carioca. Por outro lado o Corinthians chegou a oito pontos e a 3º posição do campeonato. O alvinegro volta a jogar no mesmo dia e horário contra o Figueirense, jogando pela primeira vez no seu estádio, a Arena São Paulo.

O jogo

Rogério Ceni fez defesa fenomenal em Chute de Guerreiro. (Foto: Mauro Horita/AGIF )

Rogério Ceni fez defesa fenomenal em Chute de Guerreiro. (Foto: Mauro Horita/AGIF )

Muito se falou sobre o tempo que o Corinthians não sofria gol, se o Muricy cumprimentaria Mano Menezes por conta das polêmicas que eliminaram o Corinthians do Paulistão ou sobre quem sofreria mais com as trocas entre Jadson e Pato, já que não podiam jogar por motivos contratuais e pouco se falou sobra a apresentação de um bom futebol, logo que o nível técnico deste brasileiro tem sido muito baixo, resultado disto: pouco futebol e muita marcação, assim o primeiro chute só surgiu aos 37 minutos da primeira etapa, sem muito perigo quando Danilo arriscou de longe para Rogério Ceni encaixar sem preocupação.

A resposta por parte do tricolor ocorreu dois minutos depois, Ganso recebeu de Maicon e da meia-direita arriscou de longe com muito efeito, Cássio atento espalmou no canto esquerdo do gol, colocando para escanteio.

Os lances parecem ter acordado as equipes, que pararam de brigar e jogaram bola. Ralf fez boa tabela com Guerreiro e o peruano chutou de primeira quase dentro da pequena área, o goleiro Rogério Ceni demonstrando reflexo de um menino defendeu espetacularmente o tiro a queima roupa e Antônio Carlos tratou de afastar.

Era toma lá dá cá, desta vez Osvaldo recebeu pela direita e arrancou pra cima de Kleber chegou dentro da grande área, foi tocado pelo zagueiro, mas seguiu sem cair, pior pra ele que trocou um pênalti por um chute horrível para fora, desperdiçando grande chance no fim do primeiro tempo.

Segunda etapa

Fagner fez seu primeiro gol com a camisa do Corinthians. (Foto: Moises Nascimento/AGIF)

Fagner fez seu primeiro gol com a camisa do Corinthians. (Foto: Moises Nascimento/AGIF)

O segundo tempo começou com tudo em contrataque o Corinthians escapou pela esquerda triangulou bem a bola, trocaram passes até o cruzamento e o corta luz de Guerreiro para o chute cruzado de Fagner. Corinthians 1 a 0.

Com o gol o time do Corinthians recuou e o São Paulo avançou, dois minutos depois Ganso deu belo passe para Luis Fabiano que bateu forte de perna esquerda, por pouco não veio o empate.

Um time acuado e outro na busca pelo gol, um gênio e um artilheiros juntos, resultado: não tem melhor defesa que resista mesmo depois de 721 minutos sem tomar gol. Ganso em meio a pelo menos cinco marcadores, deu linda enfiada para Luis Fabiano o artilheiro se jogou e chutou firme. São Paulo 1 a 1 Corinthians.

Luis Fabiano comemora com Ganso o gol de empate. (Foto: Rubens Chiri)

Luis Fabiano comemora com Ganso o gol de empate. (Foto: Rubens Chiri)

Aos 41 minutos quase o São Paulo vira o jogo, Pábon cruzou, Antônio Carlos escorou para dentro da pequena área e por pouco Luis Fabiano não chegou. Após a oportunidade nada de mais aconteceu e empate no clássico paulista no Brasileirão 2014.

Ficha técnica

São Paulo 1 x 1 Corinthians

Estádio: Arena Barueri – 16h

Árbitro: Rafael Kraus

Cartão amarelo: Álvaro Pereira, Luis Ricardo e Maicon (SPO) / Petrus e Luciano (COR)

Cartão vermelho: –

Gol: Luis Fabiano (34`SPO) e Fagner (4` COR)

Público: 14.000 pagantes

São Paulo: Rogério Ceni, Luis Ricardo, Rodrigo Caio, Antônio Carlos, Álvaro Pereira, Maicon, Souza, Ganso, Osvaldo, Ademilson e Luis Fabiano. Tec. Muricy Ramalho

Corinthians: Cássio, Fagner, Kleber, Gil, Fábio Santos, Petrus, Ralf, Danilo, Guilherme, Romarinho, Guerreiro. Téc.  Mano Menezes.