ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Clássico termina empatado e técnicos presam respeito.

Apesar da diferença do momento dos times, Corinthians e São Paulo estão em situação parecida na tabela. Técnicos evitam falar do assunto.

Por Luiz Soares
Tite durante clássico deste fim de semana. (Foto: Marcos Ribolli)

Tite durante clássico deste fim de semana. (Foto: Marcos Ribolli)

O clássico de ontem (28/07), valendo pela 9ª rodada do Brasileirão, foi um jogo diferente dos últimos confrontos entre Corinthians e São Paulo (veja mais sobre o jogo Clássico com empate. Ruim para Timão e Tricolor), uma vez que Corinthians e São Paulo passam por momentos diferentes nos últimos anos. Por outro lado, o jogo teve indícios do velho majestoso: times com proposta de jogo definida, e apesar do empate em zero a zero, com momentos truncados para ambas as equipes.

O grande destaque das coletivas pós-jogo, foi exatamente a proposta de jogo do São Paulo, que preferiu jogar para não perder – o que fez muito bom, e mesmo jogando para ganhar, o Corinthians não conseguiu finalizar bem e passar da marcação tricolor. Vários jogadores do timão saíram de campo, reclamando desta postura tricolor, como o atacante Emerson. “É difícil jogar com um time que entra no jogo para não perder”, afirmou o jogador.

Em sua coletiva, o técnico Paulo Autuori comentou o assunto. “O Emerson é um cara inteligente e gosta de trabalhar a questão psicológica nos jogos, em competições isso é importante. Mas, nas competições também é importante você saber fazer o prioritário e necessário e ter humildade para isso. Não é vergonha jogar como fizemos, mas sim o necessário. Depois que fizermos o necessário e prioritário, podemos pensar em outras coisas”, afirmou o comandante tricolor inteligentemente e sereno como desde sua chegada ao time do Morumbi.

Em sua coletiva, o técnico Tite, concordou com Autuori. “Antes de criticar, temos que pensar no que está havendo do outro lado. Em alguns momentos é necessário fazer isso mesmo”, comentou Tite. Ao ser questionado, desta vez, sobre a situação do Timão, que aparece próximo à zona de rebaixamento, com 11 pontos, o técnico desconversou e preferiu comentar onde quer chegar. “Precisamos dar um passo de cada vez. Primeiro queremos chegar entre os oito para depois pensar em título”.

Mesmo com esse argumento do técnico Tite, o que tem chamado à atenção nos últimos jogos do alvinegro é a falta de gols dos atacantes, bem como a série de jogos sem vitórias, o que ocasionou na queda na tabela. Tite também vem sendo questionado se a conquista de títulos nos últimos anos está fazendo os jogadores relaxarem ou quem sabe uma certa soberba, principalmente neste jogo de domingo contra o rival. Tive fez questão de, em suas respostas, lembrar-se daquele Corinthians de 2012. “Uma competição se confunde com a outra, isso é natural”, afirmou o técnico.

Rogério dá entrevista antes do embarque para a Europa. (Foto: Rubens Chiri)

Rogério dá entrevista antes do embarque para a Europa. (Foto: Rubens Chiri)

Paulo Autuori, por sua vez, também evitou falar sobre rebaixamento, mas também sobre título. “Precisamos fazer o necessário. Agora vamos viajar e na volta veremos qual será a nossa situação. Quando voltarmos, será a mesma coisa, precisamos fazer o que é necessário e prioritário. Hoje, é sair dessa situação”, comentou.

Uma questão é fato, mesmo em momentos diferentes, os rivais correm perigo e, mesmo sem os técnicos falarem disso, é pelo algo que deve estar em mente. Agora, o tricolor embarca para sua viagem internacional e o Corinthians enfrenta o Grêmio na quarta-feira.

Nos dias 31 de julho e 1º de agosto, os comandados do técnico Paulo Autuori disputarão  a terceira edição da Audi Cup. O torneio, considerado um dos principais eventos da pré-temporada europeia, será disputado na Allianz Arena, em Munique, e contará com a presença do Bayern de Munique-ALE, Manchester City-ING e Milan-ITA.

Na sequência, no dia 3 de agosto, o Tricolor enfrentará o Benfica-POR, no Estádio da Luz, em Lisboa. Tradicional competição na Europa, o torneio promovido pelo clube português já foi disputado por grandes clubes, como Real Madrid-ESP, Milan-ITA, Inter de Milão-ITA e Arsenal-ING.