ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Colombia vence a segunda e encaminha a classificação

Um segundo tempo emocionante, a Colômbia soube aproveitar as chances que teve e derrotou a Costa do Marfim em Brasília.

Por Vladimir da Costa

Em partida movimentada na arena Mané Garrincha, a Colômbia venceu a Costa do Marfim por 2 a 1 e praticamente se assegurou na próxima fase. Com todos os gols saindo no segundo tempo, a equipe colombiana, empurrada pela maioria presente no estádio, abriu dois de vantagem, viu a equipe africana se encher de bons jogadores na frente, fazerem uma enorme pressão em busca do resultado, que chegou a sonhar com o empate depois que o camisa 10 fez um lindo gol, mas parou por ai.

Um primeiro tempo de poucas emoções, onde a disposição tática foi muito valorizada fazendo com que o segundo tempo, a vontade, a correria e as chances de gols aparecessem, para os dois lados.

jogadores colombianos dançam depois de abrirem o placar contra a Costa do Marfim. (Foto:EFE/EPA/ROBERT GHEMENT)

jogadores colombianos dançam depois de abrirem o placar contra a Costa do Marfim. (Foto: EFE/EPA/ROBERT GHEMENT)

A Colômbia, com James Rodrigues de cabeça, e depois de uma saída toda errada da Costa do Marfim, Aguilar ampliou e deixou a vitória muito perto. Gervinho numa bela jogada individual, dentro da área ainda diminuiu, mas muito pouco pra uma seleção que tem nomes como Drogba, Yaya Touré e Kalou.

Agora, s colombianos tentarão sacramentar a classificação na próxima terça-feira, às 17h (de Brasília), na Arena Pantanal (MT), em confronto contra o Japão. Já os marfinenses terão que buscar a vaga em duelo contra a Grécia no mesmo dia e horário, no Castelão (CE).

A partida

Com belos meio campo, as equipes valorizavam a bola e pouco arriscavam jogadas individuais. Gervinho jogava isolado pela esquerda e tinha q voltar para recuperar a bola, do outro, um time mais compacto, mas que atuava basicamente pela direita. Com Cuadrado sendo o jogador mais acionado pelo lado colombiano durante toda a primeira etapa.

O segundo tempo foi um espetáculo. Muito mais veloz, a partida ficou aberta, com a Colômbia imprimindo muito mais velocidade ao jogo. Aos 14minutos, Cuadrado fez grande jogada, mas parou na trave após a bola resvalar no goleiro africano. A pressão deu resultado aos 19 minutos. Após cobrança de escanteio, James Rodríguez cabeceou firme, sem chances para o goleiro adversário.

Apoio massiço dos torcedores colombianos que fazem sua seleção sentir que estão em casa. (Foto: REUTERS/Eddie Keogh)

Apoio massiço dos torcedores colombianos que fazem sua seleção sentir que estão em casa. (Foto: REUTERS/Eddie Keogh)

A vantagem deu segurança aos colombianos, que ainda fizeram o segundo depois de uma saída errada de Serey Die que bobeou e perdeu dividida para Teó, James Rodríguez pegou a sobra e passou para Quintero que tocou com categoria na saída do goleiro. A Costa do Marfim, já com Drogba que entrou no segundo tempo diminuiu pouco depois, em golaço de Gervinho aos 28 minutos. O marfinense driblou três adversários e chutou forte para minimizar o prejuízo.

Os colombianos poderiam ter matado o entusiasmo marfinenses aos 43 minutos, quando Quintero viu Barry adiantado e mandou de muito longe, mas o goleiro se recuperou e evitou o que seria um golaço. Daí para a frente, foi pressão total dos marfinenses, com direito a Ospina saindo do gol para salvar aos pés de Drogba já nos acréscimos, mas não tinha jeito, vitória colombiana para alegria da “febre amarela” presente no estádio..

 COLÔMBIA 2 X 1 COSTA DO MARFIM

Colômbia: Ospina; Zuniga, Yepes, Zapata e Armero (Santiago Arias); Sánchez, Aguilar (Mejía), Cuadrado e James Rodriguez; Ibarbo (Quintero) e Gutierrez. Técnico: José Pekerman

Costa do Marfim: Barry; Aurier, Bamba, Zokora e Boka; Serey Die (Bolly), Tioté e Yaya Touré; Gervinho, Bony (Drogba) e Gradel (Kalou). Técnico: Sabri Lamouchi,

Data: 19/06/2014 – 13h

Local: Mané Garrincha (Brasília)

Árbitro: Howard Webb (ING)

Auxiliares: Michael Mullarkey e Darren Cann (ING)

Cartões amarelos:Zokora (Costa do Marfim)

Gols: James Rodríguez, aos 18 min, Quintero, aos 24 min, e Gervinho aos 27 min do 2º tempo