ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Com desfalques e contra o juiz, São Paulo busca empate no Sul.

Sem Ganso, Pato e Álvaro Pereira e com péssima arbitragem de Ilton Pereira Sampaio Tricolor só empata na Orlando Scarpelli.

Por Paulo Edson Delazari
Marquinhos fez grande atuação pelo Figueirense. (Rubens Chiri SPFC)

Marquinhos fez grande atuação pelo Figueirense. (Rubens Chiri SPFC)

Com desfalques importantes a equipe do São Paulo foi a Florianópolis e empatou em 1 a 1 com a equipe do Figueirense no Orlando Scarpelli. A nota negativa da partida foi a horrível arbitragem de Ilton Pereira Sampaio. O arbitro que já havia apitado muito mal no jogo Santos x Grêmio no episódio de racismo na Arena Grêmio, desta fez deixou de dar pênalti, marcar faltas e ainda expulsou um jogador do São Paulo.

Com relação a partida a equipe do Morumbi jogou um primeiro tempo muito bom e parou na boa atuação do excelente goleiro Thiago Volpi, pretendido pelo próprio Tricolor. No ínicio do segundo tempo o Figueira abriu o placar, após bobeira de Paulo Miranda que quis enfeitar o lance e armou o contrataque para o time catarinense. Depois disto o time do São Paulo buscou o empate e conseguiu através de pênalti batido por Rogério.

Possivelemente vão dizer: Mas o arbitro deu pênalti, como prejudicou o São Paulo? O que acontece é que não tinha como marcar, foi muito pênalti, o atacante Osvaldo foi atropelado pelo zagueiro Marquinho, após boa jogada de Souza pelo lado direito de ataque.

Com o empate o São Paulo chegou aos 33 pontos e ficou em terceiro na competição, mantendo uma invencibilidade de cinco partidas.O próximo compromisso do São Paulo será contra o Sport no Morumbi, no domingo (7) às 16h.  Já o Figueirense chegou a sua sexta partida sem perder e encara o Internacional no Beira Rio às 18h30m do mesmo dia para fechar o primeiro turno.

O Jogo

Kaká fez boa atuação e ajudou o São Paulo no Sul do País. (Foto: Rubens Chiri SPFC)

Kaká fez boa atuação e ajudou o São Paulo no Sul do País. (Foto: Rubens Chiri SPFC)

A pressão seguia e aos 14 minutos Kaká com precisão tocou para Alan Kardec, o atacante de frente com o goleiro tentou o desvio e o guarda metas tirou com pé esquerdo.

Dois minutos depois Marquinhos agarrou Alan Kardec dentro da área e o fraco juiz Ilton Pereira Sampaio  deixou de marcar pênalti para o tricolor.

E o goleiro Thiago Volp do Figueirense não queria deixar a bola entrar, aos 28 Kaká tabelou com Osvaldo, o meia recebeu na frente do goleiro, escolheu o canto e bateu, mas o goleiro defendeu para escanteio.

O Figueirense só chegou aos 31 em uma bobeira de Paulo Miranda, o zagueiro perdeu a bola na intermediária, Cleiton tomou invadiu e quando ia bater o zagueiro se recuperou e deu leve toque para trás, na sequencia Rogério rachou com o atacante afastando da área.

O São Paulo continuava insistindo e aos 35 Michel Bastos ergueu na área o goleiro socou a bola na entrada da área e Toloi matou no peito e bateu, a bola passou raspando a trave esquerda do goleiro do Figueira.

Segunda etapa

Jogadores do São Paulo comemoram gol de empate. (Foto: Rubens Chiri SPFC).

Jogadores do São Paulo comemoram gol de empate. (Foto: Rubens Chiri SPFC).

O São Paulo foi melhor o primeiro tempo inteiro, mas aos dois minutos Paulo Miranda quis fazer gracinha e deu passe errado, a zaga afastou e armou contrataque, a bola sobrou para Giovanni o meia bateu, Rogério Ceni defendeu e na sobra o próprio Giovanni marcou. Figueirense 1 x 0 São Paulo.

Com os nercos no lugar o São Paulo procurou empatar o jogo, mas Thiago Volp não permitia, em escanteio aos 11 minutos, Kardec desviou na primeira trave e Souza testou para o gol, mas o goleiro atento fez uma defesa espetacular.

A pressão seguia e aos 29 Souza disputou a bola com dois adversário e deu belo toque para Osvaldo, o atacante  recebeu o tranco e sofreu pênalti, na batida Rogério Ceni finalizou e guardou. São Paulo 1 x 1 Figueirense.

O gol até animou o time são-paulino, que buscou a vitória até último minuto, mas o bom posicionamento defensivo do rival impediu que os comandados de Muricy acumulassem mais um triunfo no Campeonato Brasileiro. A arbitragem expulsou Michel Bastos nos instantes finais e, assim, fez com que o São Paulo administrasse o ponto importante fora de casa.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 1 X 1 SÃO PAULO

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: 31 de agosto de 2014 (domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho (Fifa-GO) e Bruno Boschilia (Fifa-PR)
Cartões amarelos: Paulo Roberto (Figueirense); Ademilson e Kaká (São Paulo)
Cartão vermelho: Michel Bastos (São Paulo)
Gols: FIGUEIRENSE: Giovanni Augusto, aos dois minutos do segundo tempo
SÃO PAULO: Rogério Ceni (pênalti), aos 30 minutos do segundo tempo

FIGUEIRENSE: Tiago Volpi, Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno (Nirley) e Cereceda; Dener, Paulo Roberto, Marco Antônio e Giovanni Augusto; Clayton (Pablo) e Marcão (Everaldo)
Técnico: Argel Fucks

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Michel Bastos; Souza, Denilson e Kaká (Boschilia); Ademilson (Reinaldo), Osvaldo e Alan Kardec
Técnico: Muricy Ramalho