ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Com gol no fim, São Paulo vence sai da zona de rebaixamento

Com dois gols do zagueiro Antônio Carlos, São Paulo volta a vencer e escapa momentaneamente do Z4

Por Vladimir da Costa

Num horário que não agrada nem jogadores e muito menos torcedores o São Paulo fez uma partida para testar os nervos de quem estava no estádio. Contra a boa equipe do Vitória o tricolor repetiu os mesmos erros. Muitos passes errados, nervosismo, mas com mais disposição.

Essa vontade fez a diferença na partida. Por duas vezes o tricolor ficou na frente, mas levou o empate por duas vezes. E quando tudo levava a partida mais um empate, Ganso cobrou escanteio e Antônio Carlos marcou seu segundo gol da partida. O gol da vitória.

Maicon ganhou a vaga no lugar do criticado Jadson Reinaldo CanatoUOL

Maicon ganhou a vaga no lugar do criticado Jadson (Foto: Reinaldo Canato/UOL)

O Jogo

Precisando da vitória o São Paulo começou o jogo em cima. Logo aos quatro minutos, depois de escanteio cobrado por Ganso, ninguém tirou no meio da área e o zagueiro Antônio Carlos cabeceou para o fundo das redes.

O gol do tricolor não mudou o panorama da partida que seguia igual. O time baiano chegava bem principalmente com Renato Cajá e era perigoso quando partia para o ataque. O São Paulo não conseguia sair. Aos 17 minutos, Marquinhos fez jogada individual, mas acabou chutando em cima de Antônio Carlos. A bola seguiu viva e os dois se embolam na jogada. Os jogadores do time visitante pediram pênalti, não dado pelo árbitro.

Renato Cajá fez bom lançamento, o zagueiro Antônio Carlos se atrapalhou e a bola sobrou com Dinei, Rogério Ceni tentou fazer o corte e acabou comentando pênalti no atacante do Vitória.

Gol Irregular?

Na batida, Juan correu para a cobrança, escorregou mas mesmo assim desloca Rogério Ceni e empata. No escorregão, a bola acabou batendo nas duas pernas do jogador, o que caracteriza dois toques. Os jogadores do São Paulo reclamaram bastante, mas o árbitro Anderson Daronco considerou o gol legal.

Com a partida empatada, o São Paulo não mudou sua postura em campo e seguia com dificuldades para criar jogadas de ataque. Sem qualidade no meio campo, a partida era travada, com muitas faltas e alguns cartões.

Juan com a bola apos marcar o gol de empate contra seu ex-clube. (Foto: Reinaldo Canato/UOL)

Juan com a bola apos marcar o gol de empate contra seu ex-clube. (Foto: Reinaldo Canato/UOL)

O segundo tempo começou com o São Paulo pressionando, mas os muitos passes errados e o nervosismo impediam que o tricolor chegasse com mais perigo. O vitória marcava forte, na bola e a cada caída no gramado, os jogadores são-paulinos pressionavam o árbitro em busca de um cartão.

Aos nove minutos quase o gol. Ademilson chegou na linha de fundo e tocou para trás.  Maicon tentou o arremate, a bola explodiu na defesa. Na sequência, Luis Fabiano tentou cabecear e acabou se chocando com a cabeça de Luiz Gustavo. O que redeu um pequeno corte na cabeça do atacante.

Aos 16 minutos foi a vez de Rodrigo Caio assustar. O volante cabeceou e a bola passou rente ao gol de Wilson.

O São Paulo seguia em cima. Diferente do que aconteceu na primeira etapa, o vitória não conseguia sair no contra-ataque, seguia apenas no campo de defesa.

Aos 20 minutos, Ademilson fez a vez de Ganso e deu um lindo toque para o camisa 9 que ficou na cara do gol. Com tranquilidade, Luis Fabiano entrou na área e bateu na saída de Wilson para desempatar a partida novamente.

Luis Fabiano marca e São Paulo vence o Vitória em partida emocionante no Morumbi  Reinaldo CanatoUOL

Luis Fabiano marca e São Paulo vence o Vitória em partida emocionante no Morumbi . (Foto: Reinaldo Canato/UOL)

A felicidade da torcida durou três minutos. Na primeira jogada de ataque do Vitória no segundo tempo, em jogada rápida, a bola caiu nos pés de Vander. O atacante tentou o arremate, mas chutou mal, a bola foi para o meio da área e Dinei aproveitou para deixar tudo igual de novo. Aos 26 minutos, o tricolor saiu jogando errado e Marquinhos deixou Vander na cara do gol. O atacante bateu cruzado e por pouco o Vitória não virou o jogo.

O São Paulo respondeu novamente com Rodrigo Caio aos 27 minutos. Rodrigo Caio recebeu livre e bateu pro gol, mas a bola ficou no meio do caminho.

Euforia dos jogadores depois do gol da vitória marcado por Antônio Carlos Foto Ricardo Matsukawa  Terra

Euforia dos jogadores depois do gol da vitória marcado por Antônio Carlos. (Foto: Ricardo Matsukawa / Terra)

O jogo era corrido. Mas diferente do começo da partida. O São Paulo pressionava, mas o condicionamento físico não ajudava e o Vitória chegava com frequência ao ataque.

Precisando muito da vitória o São Paulo pressionava aos trancos e barrancos e na base da vontade seguia em busca do terceiro gol. Que veio.

Aos 42 minutos, Ganso colocou a bola no meio da área, Wilson se chocou com Paulo Miranda, e a bola chegou em Antônio Carlos que empurrou para dentro. Terceiro gol do São Paulo.

Agora, a equipe do Morumbi chegou aos 30 pontos e caso o Vasco vença amanhã, o tricolor volta para a zona de rebaixamento. O Vitória segue em sexto, com 37 pontos. Na próxima rodada o tricolor terá uma missão muito mais complicada. Pegará o líder do campeonato, na quarta-feira, no Mineirão, às 21h50min. No mesmo dia e horário o Vitória terá o clássico contra o Bahia.