ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Com reservas Corinthians perde para o Figueirense

No primeiro jogo com o rodízio de Tite, Timão é derrotado pelo Figueira

Por Eduardo do Carmo

Martínez, destaque do Mistão corinthiano, tenta levar o time ao ataque (Foto: Rubens Flores / Agência Estado)

Já classificado para a Libertadores do ano que vem e com o sonho do título distante, o Corinthians passa a utilizar o Campeonato Brasileiro como treino para o Mundial de Clubes. Nesta quarta-feira, na primeira partida com o rodízio do técnico Tite, o alvinegro paulista visitou o Figueirense, pela 22ª rodada, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, e sofreu derrota por 1 a 0.

O Timão foi a campo com algumas alterações para este duelo. Cássio e Paulinho, na seleção, deram lugar a Danilo Fernandes e Guilherme, respectivamente. Alessandro (poupado) foi substituído por Guilherme Andrade. Assim como Danilo, que deu lugar ao volante Edenílson. Emerson Sheik, expulso no último jogo, teve Martínez como seu sucessor no ataque. O zagueiro Wallace entrou na zaga, ao lado de Chicão, no lugar de Paulo André (suspenso).

Mesmo com as mudanças, o Corinthians se postou bem, mas o Figueirense contou com grandes defesas do goleiro Wilson, que garantiu o triunfo dos catarinenses. O destaque dos últimos jogos do Figueira, Aloísio, foi bem na etapa inicial, mas caiu de produção no final. O gol da vitória foi marcado por Caio, no início da segunda etapa.

Com o resultado, o Corinthians caiu para a 12ª colocação (28 pontos). Na próxima rodada, o Pacaembu será o palco para o confronto diante do Grêmio, sábado, às 21h. Para esta partida, um desfalque é certo: Chicão recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora deste compromisso.

Já o Figueirense, chegou aos 18 pontos e deixou a lanterna para o Atlético-GO. Contra a Ponte Preta, no sábado, às 18h30, o time de Florianópolis buscará mais um resultado positivo na luta contra o rebaixamento.

Aloísio x Corinthians

O artilheiro do Figueirense, Aloísio, teve a primeira oportunidade na partida. Aos 2 minutos, o atacante soltou uma bomba, que saiu por cima do travessão. Já aos 4 minutos, um lance curioso ainda no ataque do Figueira. O lateral esquerdo do Corinthians, Fábio Santos, recuou com perigo para Danilo Fernandes. O goleiro teve dificuldade para dominar a bola e tirou pela linha lateral.

Aos 8 minutos, foi a vez do Corinthians assustar o adversário. Martínez fez grande jogada pela esquerda e chutou colocado. O goleiro Wilson executou grande defesa e salvou o time catarinense. Um minuto depois, Romarinho recebeu passe na área e tentou colocar por cima de Wilson, que interceptou o chute.

O time da casa voltou ao ataque, aos 24, novamente com Aloísio. O camisa 9 invadiu a área e finalizou bem. Fábio Santos, porém, salvou em cima da linha. Após bate e rebate, Claudinei aproveitou a sobra, mas a finalização parou na zaga. Aos 34, Aloísio recebeu lançamento de Ronny e chutou, já na área, para defesa de Danilo Fernandes.

Gol do Figueirense e pressão corinthiana

O segundo tempo começou em ritmo acelerado e o Figueirense inaugurou o placar ainda no primeiro minuto. Túlio abriu para Helder pela esquerda. O lateral esquerdo cruzou rasteiro, a bola correu por toda a extensão da área e Caio empurrou para a rede.

Caio, à esquerda, comemora o gol do Figueirense ao lado de Aloísio (Foto: Cristiano Andujar/Agência Lance)

Nos dois lances seguintes, quase o Timão chegou ao empate. Aos 2 minutos, Douglas dominou, avançou pelo centro, invadiu a área e chutou rasteiro para defesa segura de Wilson. Já aos 8 minutos, Guilherme Andrade passou por três defensores e chutou de longe. O goleiro Wilson se esticou e desviou a bola, que posteriormente tocou o pé da trave esquerda. Na volta, o goleiro afastou o perigo de vez.

O Timão permaneceu no campo ofensivo e criou outra chance aos 13 minutos. O volante Guilherme finalizou da intermediária e Wilson espalmou para escanteio. Na cobrança, Douglas mandou direto e quase anotou gol olímpico.

Aos 34, Guilherme levantou na área, Douglas cabeceou à esquerda e desperdiçou oportunidade clara de empate. A última chance de igualdade aconteceu aos 46 minutos. Douglas alçou a bola na área, Romarinho aproveitou sobra e soltou um torpedo. No entanto, Wilson fez defesa sensacional e garantiu a vitória dos mandantes.