ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Com velho 1 a 0 Corinthians volta a vencer.

Pato volta da seleção e salva timão, afastando time da zona da degola.

Por Paulo Edson Delazari
Pato marcou após cinco rodadas sem balançar a rede. (Foto: Gazeta Press)

Pato marcou após cinco rodadas sem balançar a rede. (Foto: Gazeta Press)

Jogando em Itu o Corinthians criou, chutou e perdeu inúmeras chances de marcar, o gol só veio no segundo tempo aos 15 minutos, algo raro e valioso o gol que garantiu a vitória por 1 a 0 sobre o Criciúma, amenizou a pressão sobre o técnico Tite. A quatro jogos sem marcar, com o gol de Pato, o time se afastou do G4, Com o velho 1 a 0 O time marcou pela 23° em 30 rodadas do Campeonato Brasileiro e segue com o segundo pior ataque da competição.

Foi a segunda vitória alvinegra nas últimas 13 partidas do Brasileirão, sequência que por pouco não demitiu Tite durante a semana. O resultado afasta a equipe, 11ª colocada, da zona de rebaixamento. Agora são 40 pontos, oito a mais que o Criciúma e que o Vasco, primeiras equipes entre as quatro que caem para a Série B.

Com a vitória o Corithians chegou aos 40 pontos e ocupa a 11ª posição com 40 pontos e agora só volta a campo pelo Brasileirão no clássico contra o Santos, no domingo, dia 27 de outubro, em Araraquara. Antes, decide vaga nas semifinais da Copa do Brasil contra o Grêmio, quarta-feira, em Porto Alegre. Cássio deixou o duelo deste sábado com lesão muscular na coxa direita e será desfalque no Rio Grande do Sul.

O Criciúma terá uma missão complicada na 31ª rodada do Nacional, sábado que vem, contra o líder Cruzeiro, fora de casa.

O jogo

Alexandre Pato acabou com jejum de quatro jogos sem gols do Corinthians  (Foto: Marcos Ribolli)

Alexandre Pato acabou com jejum de quatro jogos sem gols do Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)

O Corinthians criou quatro boas chances de gol, todas pela direita. Douglas exigiu boa defesa de Galatto, Guilherme e Pato não conseguiram finalizar em confusão dentro da área rival, e Guilherme e Ralf também fizeram o goleiro adversário trabalhar em chutes rasteiros, tudo isso em 10 minutos de partida.

Passado o sufoco o Criciúma passou a sair para o jogo. Lins chegou a marcar o primeiro gol da partida, mas o lance foi anulado por impedimento.

Aos 20, Cássio foi substituído com lesão muscular na coxa direita e deu lugar ao estreante Walter, contratado no início do ano da União Barbarense. Cássio, que se machucou sozinho ao repor bola, teve que sair de campo carregado.

O Corinthians voltou a aparecer aos 31, quando Douglas perdeu chance incrível. Guilherme encontrou o meia livre, dentro da área, e Douglas chutou torto, por cima do travessão.

Os donos da casa voltaram do intervalo sob cobranças da torcida organizada Gaviões da Fiel e com uma mudança: fora de ação há dois meses e 17 jogos depois de realizar artroscopia no joelho direito, Renato Augusto substituiu Alessandro. O Corinthians continuava criando oportunidades e desperdiçando. Com Paulo André, com Edenilson.

Aos 15, Alexandre Pato, que até então vinha cobrando as faltas e os escanteios do time, foi para a área e cabeceou para a rede bola alçada em escanteio por Douglas: 1 a 0.

O Corinthians passou o restante da etapa final administrando o resultado e por pouco não viu Lins empatar finalizando duas vezes, sozinho, dentro da área.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 1 X 0 CRICIÚMA

Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data: 19 de outubro de 2013, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Paulo César Silva Faria (MT)
Cartões amarelos: Romarinho (Corinthians); Fábio Ferreira, João Vitor e Henik (Criciúma)
Gol: Alexandre Pato, aos 14 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio (Walter); Alessandro (Renato Augusto), Paulo André, Gil e Fábio Santos (Igor); Ralf e Guilherme; Edenílson, Douglas e Romarinho; Alexandre Pato
Técnico: Tite

CRICIÚMA: Galatto; Sueliton, Matheus Ferraz, Fábio Ferreira e Marlon; Henik, Ricardinho (Elton), João Vitor e Ivo (André Gava); Lins e Marcel (Douglas)
Técnico: Argel Fucks