ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Contusões prejudicam, Palmeiras perde para o Ituano e é eliminado

Alan Kardec e Fernando Prass deixam o gramado lesionados, Valdivia entra no sacrifício, mas não evita a eliminação

Por Anderson Marinho
Jogadores do Ituano comemoram a classificação. Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

Jogadores do Ituano comemoram a classificação. Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

O Palmeiras recebeu o Ituano, neste domingo no estádio do Pacaembu, em partida válida pela semifinal do Campeonato Paulista 2014, e foi surpreendido pelo visitante, pendendo por 1 a 0 com gol anotado por Marcelinho, em duelo marcado por desfalques e  lesões de importantes atletas do alviverde.

Com o resultado o Ituano garantiu a classificação para a decisão do estadual contra o Santos, que eliminou o Penapolense com um triunfo por 3 a 2 na Vila Belmiro.

Já o Palmeiras perdeu uma invencibilidade de quase um ano jogando no Pacaembu, onde havia sido derrotado pela última vez no dia 15/05/2013 contra o Tijuana do México pela Libertadores, e agora se concentrará na sequência da Copa do Brasil.

O jogo

Alan Kardec sente contusão após entrada dura de Alemão. Foto: Marcos Ribolli

Alan Kardec sente contusão após entrada dura de Alemão. Foto: Marcos Ribolli

Sem poder contar com Wendel, contundido, e com Valdivia apenas no banco de reservas, por conta de um inchaço no tornozelo, o técnico Gilson Kleina mandou o verdão à campo com Thiago Alves improvisado na lateral direita e o paraguaio Mendieta na vaga do Mago.

O jogo começou equilibrado, com a equipe de Itu marcando forte, sem dar espaços para o verdão, e levando perigo nos contra-ataques.

Sentindo a ausência do seu principal articulador de jogadas o verdão criou poucas oportunidades na etapa inicial. Na melhor delas, Mendieta deu bela assistência para Wesley na ponta esquerda, o meia invadiu a área e chutou firme para grande defesa de Vágner .

Minutos depois o paraguaio colocou Leandro cara a cara com o arqueiro adversário, mas o atacante não conseguiu o domínio e desperdiçou uma chance clara de gol.

Aos 32 minutos Alan Kardec recebeu falta dura do zagueiro Alemão, por trás, e caiu com fortes dores. O centroavante tentou permanecer na partida, mas não resistiu e precisou ser substituído cinco minutos depois, em seu lugar entrou Vinicius.

Etapa complementar

A bruxa realmente estava solta, sem seu camisa 10 e seu artilheiro, o Palmeiras ainda perdeu o goleiro e capitão Fernando Prass na volta do intervalo, que sentiu uma contusão no tornozelo e foi substituído por Bruno.

O alviverde partiu para cima do adversário em busca do resultado e quase abriu o placar aos quatro minutos, após cobrança de escanteio de Bruno Cesar, Marcelo Oliveira cabeceou firme para grande defesa do goleiro Vágner.

Valdivia criou boas chances,  mas não evitou a derrota. Foto: Wagner Carmo / Inovafoto / Gazeta Press

Valdivia criou boas chances, mas não evitou a derrota. Foto: Wagner Carmo / Inovafoto / Gazeta Press

A postura ofensiva do verdão deixava espaços para os contra-ataques do Ituano, que quase abriu o placar em chute cruzado de Rafael Silva que obrigou Bruno a fazer uma grande defesa. Minutos depois o meia Cristian, ex-palestra, viu o arqueiro palmeirense adiantado e arriscou por cobertura, mas errou o alvo.

Com dificuldades na partida o técnico Gilson Kleina foi para o tudo ou nada e promoveu a entrada de Valdivia, mesmo sem estar 100% em condições de jogo, aos 27 minutos no lugar de Mendieta.

O chileno deu mais criatividade ao setor de meio de campo e lançou Vinícius, com liberdade, na área do Ituano, mas o atacante errou a finalização. Aos 32 minutos El Mago acionou Wesley na entrada da área, que dominou e chutou forte, no canto direito de Vágner, para mais uma grande defesa do goleiro rival.

Alemão e Anderson Sales comemoram classificação. Foto: Léo Pinheiro / Futura Press

Alemão e Anderson Sales comemoram classificação. Foto: Léo Pinheiro / Futura Press

Com um buraco no setor de marcação do meio de campo o verdão continuou dando muitos espaços para os visitantes e aos 38 minutos, após um rápido contra-ataque, Marcelinho aproveitou um rebote e chutou firme, rasteiro, no canto esquerdo de Bruno, sem chances para o goleiro palmeirense.

O alviverde ainda tentou pressionar na base do abafa, mas as bolas alçadas na área não foram suficientes.

O Ituano aguarda agora a definição do local e horário das duas partidas das finais do Campeonato Paulista, onde tentará o seu segundo titulo da competição contra o Santos.

Já o Palmeiras volta à campo agora na próxima quarta-feira, dia 02/04/2014, às 22h00 contra o Vilhena no estádio do Pacaembu, pelo jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 0 X 1 ITUANO

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 30/3/2014 (domingo)
Horário:18h30
Árbitro:  Antonio Rogério do Prado
Assistentes:  Fausto Augusto Moretti e Luis Alexandre Nilsen
Cartões amarelos: Dener, Rafael Silva (ITU); Mendieta, Vinicius, Valdivia, Tiago Alves e Wellington (PAL)
Gols: Marcelinho, aos 38 minutos do 2º T

PALMEIRAS
Fernando Prass (Bruno); Tiago Alves, Lúcio, Wellington e Juninho; Marcelo Oliveira, Wesley, Mendieta (Valdivia) e Bruno César; Leandro e Alan Kardec (Vinícius)
Técnico: Gilson Kleina

ITUANO
Vagner; Dick, Alemão, Anderson Salles e Dener; Josa, Jackson, Cristian (Claudinho), Rafael Silva (Gercimar); Jean Carlos (Marcelinho) e Esquerdinha
Técnico: Doriva