Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557
Corinthians empata com o Santos e garante liderança geral | QUATRO MAIORES


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Corinthians empata com o Santos e garante liderança geral

Em tarde inspirada, goleiro Vladimir pega muito e peixe empata último clássico.

Por Vladimir da Costa

No último clássico desta primeira fase, entre as duas melhores campanhas, o resultado não poderia ter sido mais justo. Um gol para cada lado, um de zagueiro, outro de atacante que manteve as posições inalteradas e a primeira posição na classificação geral para o Timão garantida. Na primeira etapa, Felipe abriu o placar para os donos da casa, que levaram o empate no segundo tempo, gol marcado por Ricardo Oliveira.

Vladimir foi o nome da partida com belas defesas diante do Corinthians.  (Foto: Ricardo Nogueira/Folhapress)

Vladimir foi o nome da partida com belas defesas diante do Corinthians. (Foto: Ricardo Nogueira/Folhapress)

É bem verdade que o destaque foi Vladimir, com belas defesas, o goleiro santista evitou gols claros da equipe corintiana. O peixe foi seguro, paciente e numa bela trama pela esquerda, chegou ao gol de empate com o jogador que vem fazendo a diferença, apesar de não saber se irá permanecer na equipe.

Com o empate o Corinthians chegou aos 36 pontos e não pode ser mais alcançado por ninguém, o que dá ao clube o direito de disputar sempre o segundo jogo em casa. Em segundo esta o Santos, com 31 pontos. Um a mais que o Palmeiras e dois a mais que o São Paulo.

Na próxima rodada o Corinthians vai até Piracicaba, encarar o XV. O Santos recebe o Rio Claro. Todas as partidas da última rodada da primeira fase acontecerão na quarta-feira, às 22h.

O jogo

Com ambições parecidas, Corinthians e Santos entraram em campo com o que de melhor. O alvinegro paulista querendo manter a invencibilidade do ano e o praiano, querendo tirar os 28 jogos invictos do rival na arena. E o resultado apareceu dentro de campo. Os donos da casa mandaram no primeiro tempo. A equipe de Itaquera dominou o jogo e viu Cássio tocar na bola duas vezes e sem precisar fazer muito esforço. Enquanto do outro lado, o goleiro do peixe teve de trabalhar muito.

Felipe é abraçado por seus companheiros apos abrir o placar diante do Santos. (Foto: Ricardo Nogueira/Folhapress)

Felipe é abraçado por seus companheiros apos abrir o placar diante do Santos. (Foto: Ricardo Nogueira/Folhapress)

Vladimir parou Guerrero em uma sequência digna de camisa 1. Com duas espalmadas à queima roupa sensacionais, uma delas de cabeça e a outra com chute dentro da pequena área. Depois, o peruano ainda tentou mais duas vezes pela esquerda e também parou no goleiro. O Santos tinha dificuldades de chegar a frente e sofria com o estilo de jogo corintiano. De tanto pressionar, o gol saiu.

Aos 41 minutos, Jadson cruzou em cobrança de escanteio e Felipe cabeceou no canto direito para abrir o placar.

No segundo tempo, contudo, o Corinthians colocou o pé no freio e diminuiu o ritmo. Percebendo a queda do desempenho rival, o Santos passou a atacar com mais jogadores e foi recompensado. Aos 11 minutos, Robinho viu a passagem de Chiquinho pelo lado esquerdo da área e rolou a bola, o lateral cruzou na medida, e Ricardo Oliveira completou de cabeça.

Jogadores do Santos comemoram o gol marcado por Ricardo Oliveira. (Foto: Ernesto Rodrigues/Folhapress)

Jogadores do Santos comemoram o gol marcado por Ricardo Oliveira. (Foto: Ernesto Rodrigues/Folhapress)

O gol motivou o Santos que passou a ficar mais com a bola e com um ataque mais rápido, deu canseira no Corinthians, que parecia não conseguir mais atacar. A única chance da segunda etapa foi de bola parada. Jadson cobrou bem a falta e viu Vladimir novamente fazer bela defesa. O Santos por sua  vez tinha a bola, mas não conseguia transformar em chances claras de  gol.

Vendo o time cair de rendimento, Tite mexeu na equipe. Sacou Guerrero e colocou Wagner Love em seu lugar. Pouco mudou. Os donos da casa se fecharam nos minutos finais para garantir o empate.

xhamster