ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Corinthians empata mais uma e vê Z4 se aproximando

Mais um empate amargo do Timão que começa a incomodar torcedores e jogadores

Por Vladimir da Costa

O Corinthians entrou em campo novamente em Mogi Mirim, e de novo, pela 12° vez, o timão empatou mais uma partida na competição. Depois de ganhar tudo que podia, o alvinegro parece ter entrado numa zona de conforto e espera apenas pelo final do ano para tirar as merecidas férias e voltar com gás para o próximo ano. Na partida contra o Atlético-PR, mais um 0 a 0, o sétimo no Brasileiro.

O Jogo

Quem foi ao estádio no interior Paulista deve ter pensado no final do primeiro tempo a pedir o dinheiro de volta. O primeiro tempo em Mogi Mirim praticamente não teve chances reais de gol. A fiel estava lá e até tentava empurrar o time, mas não tinha jeito. Jogadores que jogam junto a pelo menos duas temporadas errando passe de dois metros não é algo comum de se ver numa equipe. Mas era isso que acontecia.

Emerson disputa bola com a defesa do Atlético-PR  Mauro Horita AGIF

Emerson disputa bola com a defensor do Atlético-PR no empate sem gols em Mogi. (Foto: Mauro Horita / AGIF)

Do outro lado, o Atlético-PR que poderia encostar no Grêmio se vencesse parecia sem reação e que o empate era um bom resultado. O alvinegro tinha maior posse de bola, mas se mostrava sem criatividade.

Assim como o furação que avançava, mas faltava qualidade no último passe para gol. A melhor chance dos paranaenses veio pelo alto, em cabeçada de Manoel, que parou no travessão de Cássio. Artilheiro do Campeonato Brasileiro com 15 gols, Éderson foi neutralizado pela dupla de defesa do Corinthians, composta por Cléber e Gil, que mostraram que podem jogar juntos sem problemas algum.

Foi um primeiro tempo muito corrido, de pouca movimentação do meio campo, o que favorecia a defesa adversária. o timão forçava pelo meio, mas ali estava congestionado, então a solução era pelas pontas, o que não aconteceu, muito devido as muitas faltas e a qualidade do gramado, que era muito ruim.

No intervalo, Tite tirou Douglas e lançou o recém-contratado Rodriguinho no meio-campo. Com isso, o time passou a incomodar mais o Atlético-PR, que dava espaço para Romarinho se movimentar no lado esquerdo do ataque alvinegro. Em uma oportunidade, o atacante ficou frente a frente com Wéverton, que salvou a equipe visitante.

Everton e Marcelo eram os mais perigosos no ataque dos paranaenses. O treinador do furacão então, resolveu ir pra cima. Vagner Mancini sacou Zezinho para a entrada de Mérida no meio-campo. Do outro lado, para reforçar o ataque, Tite trocou Romarinho por Paulo Victor. Mudaram as peças; o jogo, não. Mesmo um pouco mais movimentada, a partida continuava sonolenta.

Com o passar do tempo, as equipes passaram e se cuidar no setor ofensivo e jogavam por uma bola, que não aconteceu. E assim a partida se seguiu, cautelosos, Corinthians e Atlético-PR fizeram uma partida morna que acabou empatada, o que não desagradou nenhum dos dois.

Corinthians e Atlético voltam a campo no próximo domingo. O Timão fará o clássico contra o São Paulo, no Morumbi, às 16h. Já o Furacão recebe a Portuguesa no Durival de Britto, às 18h30m.