ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Corinthians empata no Serra Dourada com o Goiás

Alvinegro perde chance de entrar no G4, mas não perde os líderes de vista.

Por Vladimir da Costa

Jogando contra uma das equipes que está na parte de baixo da tabela, mesmo fora de casa, o Corinthians teve um discurso otimista antes da partida, que não foi colocado em prática no Serra Dourada. A equipe comandada por Tite tinha a chance de entrar no G-4 neste domingo, contra o Goiás, no entanto, paulistas e goianos empataram por 0 a 0 no confronto válido pela 11ª rodada do brasileiro.

A igualdade levou o Corinthians à quinta colocação do Campeonato Brasileiro, com 20 pontos, deixando para trás o Atlético-PR . Já o Goiás saiu da zona de rebaixamento, com dez pontos. A equipe goiana tem a mesma pontuação do 17º Santos, mas leva vantagem nos critérios de desempate e é o primeiro fora da degola.

Vagner Love disputa a bola com o goleiro Renan no Serra Dourada. (Foto: Celio Messias / Gazeta Press)

Vagner Love disputa a bola com o goleiro Renan no Serra Dourada. (Foto: Celio Messias / Gazeta Press)

Na próxima rodada, o Corinthians recebe na quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), o Atlético-PR na Arena. Já o Goiás terá um confronto direto com o Santos na quarta-feira, às 19h30, no Serra Dourada.

A partida

Contra o modesto Goiás, o Corinthians demorou muito tempo para impor seu jogo e dominar por completo a partida. Contra um adversário inofensivo, a equipe treinada por Tite controlou bem o confronto a partir das trocas de passe, chegando com perigo ao gol de Renan.

O Timão abriu mão da marcação avançada em função do tamanho do gramado, ficasse com a bola, forçando a marcação apenas quando o adversário passava do meio campo.

Apesar de ficar com a bola, os desfalques dos atacantes Erik e Bruno Henrique, não permitiram melhor sorte para os donos da casa. Wesley, o mais avançado, ficou preso na marcação de Gil e Felipe, sem nenhuma chance para marcar.

Aos poucos, o Corinthians despertou. O Timão melhorou e passou a dominar o jogo quando os jogadores do meio de campo subiram de produção na construção das jogadas. As oportunidades surgiram, principalmente com Fagner, pela direita. Malcom chutou mais grama do que bola e desperdiçou a primeira. Elias e Renato Augusto pararam em boas defesas do goleiro Renan, o melhor em campo.

O ritmo que já não era lá essas coisas, caiu ainda mais no segundo tempo. O Corinthians continuou com a maior parte da posse de bola, mas com pouca objetividade na frente. As triangulações que Tite não aconteceram e Love e Malcom ficaram isolados na frente. Renato Augusto, teve a chance numa cabeçada, mas Renan fez a defesa.

Um empate que tirou o Goiás da zona de rebaixamento e o Corinthians de entrar  no G4, pelo menos até a próxima rodada.