ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Corinthians faz aniversário e Flamengo paga o "Pato".

Timão não tomou conhecimento do Flamengo e ex-técnico e goleou cariocas por 4 a 0.

Por Paulo Edson Delazari
Pato comemora gol com Ralf e Cia na goleada deste domingo diante do Flamengo. (Foto: Gazeta Press).

Pato comemora gol com Ralf e Cia na goleada deste domingo diante do Flamengo. (Foto: Gazeta Press).

O Corinthians foi ao Pacaembu enfrentar o Flamengo pela 17ª rodada do Brasileiro e completava 103 anos de idade, pior para o Flamengo. A equipe alvinegra fez o seu papel, pôs o Flamengo na roda e trocou passes com imensa facilidade para construir a vitória de 4 a 0. Brilhou mais uma vez a estrela do atacante Alexandre Pato, que já havia ido bem na quarta-feira, na classificação na Copa do Brasil diante do Luverdense, e marcou duas vezes para dar a vitória contra os cariocas. Romarinho e Guerrero completaram.

Os comandados de Tite não faziam mais de dois gols numa partida desde os 4 a 0 sobre a Ponte Preta, em 28 de abril, nas quartas de final do Paulistão.

No reencontro com o técnico Mano Menezes e a sua legião de ex-corintianos, o único a ser hostilizado foi o goleiro Felipe, que reagiu indiferente aos insultos vindos da arquibancada. Chicão e Elias foram os nomes mais celebrados pelos torcedores.

Ainda como parte da comemoração pelo aniversário, uma das organizadas do clube estendeu 103 bandeiras no estádio em alusão à data. A equipe bateu ainda o seu recorde de público no Pacaembu, com mais de 39 mil ingressos vendidos nos dias que precederam o jogo, superando a marca de 33.336 no clássico com o São Paulo.

Com o resultado, o Corinthians se aproximou do G4, chegou a 29 pontos, um atrás apenas do Botafogo, quarto colocado. O Flamengo, que vem de uma derrota para o Grêmio e um empate com o São Paulo dentro de casa, amarga mais um resultado negativo e fica na 15ª posição, perigosamente três pontos à frente da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, os rubro-negros voltam ao Maracanã no Brasileiro e recebem o Vitória na quarta-feira. No mesmo dia, o Corinthians viaja até Novo Hamburgo, interior gaúcho, para encarar o Inter.

O jogo – No meio da semana, o técnico Tite reclamou da falta de opções e prometeu priorizar uma competição entre a Copa do Brasil e o Brasileiro no segundo semestre. A declaração pode ter sido dada no calor do jogo, mas não talvez não reflita a verdadeira situação corintiana.

Mesmo com os desfalques de Paulo André e Danilo, suspensos, e Renato Augusto e Guilherme, lesionados, o Corinthians mostrou ter alternativas de sobra contra o Flamengo, fez uma bela partida neste domingo e poderia ter vencido até por mais. Os principais nomes do clube foram Alexandre Pato e Douglas.

Com a sequência entre os titulares que perseguia nos últimos meses, o meio-campista voltou a mostrar bom futebol, distribuindo bolas precisas e deixando os companheiros em condição de marcar. O maior premiado nesta tarde foi Pato.

Aos 24 minutos, Romarinho fez bela tabela com Douglas, que devolveu de calcanhar e entregou para o atacante cruzar para o meio da área. No segundo poste, Pato teve apenas o trabalho de empurrar para o fundo das redes e abrir o placar.

O Flamengo quase respondeu em seguida, mas, Elias adiantou demais e teve o chute abafado por Cássio.

O Corinthians ampliou dez minutos depois em vacilo de André Santos. O lateral perdeu briga no meio-campo e deixou Douglas livre para sair no contra-ataque. O armador dominou e nem precisou correr com a bola. Parou, mirou e enfiou para Pato. O artilheiro driblou Felipe em velocidade e praticamente sem ângulo meteu no gol.

Na volta do vestiário, o time alvinegro ameaçou com Guerrero e Ralf de fora da área, mas foi de Chicão cobrando falta a chance mais perigosa da etapa complementar. O zagueiro bateu colocado e tirou tinta da trave de Cássio.

Aos 29, Edenilson surgiu pela direita, cruzou na área e a defesa rubro-negra cortou. Na sobra, Pato pegou de bate-pronta e quase marcou um golaço. Romarinho ficou com o rebote e, com Felipe no chão, somente completou para fazer 3 a 0.

O peruano Guerrero ainda anotou de pênalti para transformar a festa no Pacaembu em goleada nos minutos finais.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 4 X 0 FLAMENGO

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 1º de setembro de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Altemir Hausmann e José Antônio Chaves Franco Filho (ambos do RS)
Público: 36.543 pagantes (total de 39.361)
Renda: R$ 1.398.234,50
Cartões amarelos: Ralf, Felipe e Romarinho (Corinthians); Rafinha e João Paulo (Flamengo)
Gols: CORINTHIANS: Alexandre Pato, aos 25 e aos 34 minutos do primeiro tempo; Romarinho, aos 29, e Guerrero, aos 39 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Edenílson, Gil, Felipe e Fábio Santos (Alessandro); Ralf, Ibson, Romarinho, Douglas (Maldonado) e Alexandre Pato (Emerson); Guerrero
Técnico:Tite

FLAMENGO: Felipe; Paulinho, Chicão, Wallace e João Paulo; Luiz Antônio, Elias (Diego Silva), Rafinha (Nixon), Carlos Eduardo (Gabriel) e André Santos; Marcelo Moreno
Técnico: Mano Menezes