ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Corinthians mostra sua força e atropela o Danubio

Alvinegro mantém ótimo aproveitamento em casa e goleira fraca equipe uruguaia.

Por Vladimir da Costa

Jogando diante de sua torcida e com folga no grupo, o alvinegro não tomou conhecimento da parte mais fraca do grupo e goleou. Diante do time uruguaio o Corinthians fez sua parte, praticamente assegurou a liderança do grupo, com duas rodadas de antecedência e já esta garantido na próxima fase da libertadores.

Sem dificuldades o Corinthians passou por cima do Danubio e praticamente garantiu a primeira posição do grupo.

Guerrero comemora com seus companheiros de banco um de seus gols feitos na partida. (Foto: Marcos Riboli)

Guerrero comemora com seus companheiros de banco um de seus gols feitos na partida. (Foto: Marcos Riboli)

Com a vitória, o Corinthians chegou aos 12 pontos, disparando na liderança do Grupo 2, já São Paulo e San Lorenzo, possuem apenas seis. Agora, um empate basta para a equipe de Tite garantir matematicamente sua vaga nas oitavas de final. Já o Danubio, parte mais fraca do grupo da morte, não esta eliminado, mas precisa vencer todos seus jogos e ainda torcer por uma combinação dificílima para seguir na Libertadores.

O jogo

O Corinthians dominou completamente o primeiro tempo. Porém, as boas defesas do goleiro Torgnascioli impediram um massacre maior. O arqueiro fez ótimas defesas em finalizações de Guerrero e Emerson, mas não conseguiu segurar uma cobrança de falta executada com perfeição por Jadson e uma jogada bem trabalhada que acabou na cabeça do atacante peruano.

A equipe comandada por Tite não quis saber da vantagem conquistada no primeiro tempo e já começou a etapa final com uma pressão para cima do sistema defensivo do Danubio. Com apenas 20 segundos, Emerson recebeu de Renato Augusto pela esquerda e cruzou na medida para Guerrero. Desta vez, o camisa 9 acertou um belo voleio, sem chance para o goleiro rival.

Jadson que mais uma vez executava bem a função dada por Tite e que estava de bem com a vida com a fiel, teve uma grande atuação em Itaquera, cobrou outra falta e encontrou Guerrero na pequena área, que dividiu com o zagueiro para marcar seu terceiro gol e dar número finais ao marcador.

A essa hora, os gritos de “olé” tomavam conta do estádio os jogadores do Danubio começaram a perder a paciência e abusar de lances violentos sobre os atletas do Corinthians. Após uma sequência de faltas fortes, e muita reclamação de Tite, De Los Santos chegou mais forte em Emerson Sheik e foi expulso após levar o segundo amarelo, amenizando um pouco os ânimos dos visitantes.