ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Corinthians vence fora e garante vaga para a próxima fase

Com gol de Danilo, timão bate Millonarios e decide em casa liderança do grupo

Por Vladimir da Costa

Querendo antecipar sua classificação para a próxima fase, o Corinthians foi até a Colômbia, com dupla motivação. A primeira foi a convocação de três jogadores do atual elenco para a seleção Brasileira: Ralf, Paulinho e Pato. A segunda foi o empate entre Tijuana e San Jose que garantiria a classificação da equipe do Pacaembu, já na partida de hoje à próxima fase da Libertadores em caso de vitória, e ela veio.

E apesar de não fazer uma ótima partida, o Corinthians mostrou que tem força na defesa e equilíbrio entre os setores, suportou a pressão do adversário, conseguiu impor seu melhor futebol na etapa final e com a calma de sempre chegou ao seu gol, com  o polivalente Danilo. Venceu por 1 a 0 e ao lado do Atlético-MG, se garantiu nas oitavas de final.

A partida

Jogando em casa e empurrado por sua apaixonada torcida, o Millonarios pressionou o Corinthians desde o inicio do jogo em busca do gol. Apertado em seu campo, o timão não conseguia impor seu estilo de jogo a por muitas vezes optava por passes longos, o que facilitava a vida da defesa colombiana. Quase sempre pela direita, com Ochoa, a equipe mandante buscava as jogadas de linhas de fundo em velocidade.

Pato não conseguiu mostrar seu melhor futebol (Foto: Mauricio Castaeda/EFE)

Apesar da pressão, Cássio aparecia na partida, mas não era muito exigido. Do outro lado, Zapata seguia assistindo o jogo. Apenas aos 22 minutos, o Corinthians chegou a frente. Depois de falta cobrada da intermediária por Romarinho, a bola chegou em Paulinho que cabeceou pra fora.

A partida seguia com amplo domínio do Millonarios, melhor postado no meio campo, o Corinthians não conseguia trocar passes. Pato e Emerson estavam isolados na frente e tinham q voltar muito para buscar o jogo, o que favorecia o adversário.

Aos poucos o jogo foi perdendo em velocidade, e mesmo com o Millonarios melhor em campo, por duas vezes a equipe  chegou à meta de Zapata, ambas pelo lado esquerdo do campo, uma com Emerson e outra com Alexandre Pato, o goleiro bem colocado fez duas boas defesas.

Assim como no primeiro tempo, a etapa final foi de sufoco. Com domínio dentro da partida, os donos da casa passaram a arriscar mais à gol. Aos quatro minutos, Montero bateu firme de fora da área, a bola passou entre os braços de Cássio, que foi mal no lance, e explodiu no travessão. Quase o primeiro gol do time colombiano.

Pensando em dar velocidade no ataque com força no meio campo, Tite sacou Pato e colocou Jorge Henrique em seu lugar e no primeiro lance do atacante no jogo, o Corinthians chegou no seu gol. Alessandro tabelou com o camisa 23 que fez ótimo passe para Danilo, de fora da área o meia ajeitou e de perna esquerda mandou um chute colocado, no canto, sem chances para Zapata.

Em desvantagem no placar o Millonarios foi para o ataque, mas assim como no primeiro tempo, a equipe não conseguia criar boas chances de gol e com isso a torcida ia perdendo a paciência. O Corinthians seguia consistente em todos os setores e não sofria muito risco.

Com o passar do tempo, o Corinthians controlou as ações no meio campo e o com isso o Millonarios não conseguia chegar próximo do gol de Cássio, que estava bem protegido com Paulo André e Gil. Quando chegava, a bola vinha de cruzamentos de longa distância, ou de chutes de fora da área. Em um deles, Rentería bateu, a bola desviou na zaga e quase pegou Cássio no contrapé.

Danilo comemora seu gol contra o Millonarios junto com seus companheiros (Foto: Guillermo Legaria/AFP)

Os donos da casa seguiam na pressão, mas faltava calma para empurrar a bola para dentro do gol. Aos 38 minutos, após  cobrança do escanteio, Perlaza ficou com a bola, mas chutou sobre o gol. Na sequência, Montero bateu firme de fora da área, Cássio não segurou  e a bola ficou viva na área, Rentería pegou a sobra, com o goleiro ainda no chão, mas mandou pela linha de fundo desperdiçando a melhor chance para empatar a partida.

E ficou nisso, o Corinthians ao melhor estilo “Corinthians”, suportou bem a pressão do adversário, foi eficiente no ataque e venceu mais uma partida na Libertadores 2013 e agora define a liderança do grupo no próximo dia 10.

Na próxima semana, quarta-feira, o timão faz sua última partida na primeira fase, contra o San Jose, no Pacaembu, às 22h, já classificado.