ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Corinthians vence fora e se isola na liderança do grupo da morte.

Com um gol do “artilheiro” Elias, alvinegro vence San Lourenço e segue firme na Libertadores.

Por Vladimir da Costa

Dizem que na vida é preciso ter sorte e o Corinthians teve, aliado a competência de um esquema tático eficiente e uma defesa sólida, o alvinegro conseguiu uma importante vitória, fora de casa, no grupo da morte e agora encaminha a classificação tranquila.

Elias é abraçado por seus companheiros apos marcar o gol da vitória corinthiana. (Foto: Natascha / AP)

Elias é abraçado por seus companheiros apos marcar o gol da vitória corinthiana. (Foto: Natascha / AP)

Com a vitória por 1 a 0 sobre o San Lorenzo, nesta quarta-feira, em Buenos Aires. o timão chegou a seis pontos e se isolou na frente no Grupo 2 da Taça Libertadores graças a uma arrancada de Elias. Artilheiro do Timão na temporada, ao lado de Guerrero, com quatro gols (todos na libertadores), o volante assegurou o triunfo.  O “time do Papa”, entretanto, criou muito, mas teve graves erros de finalização e foi parado por Cássio, que praticou milagre em chute de Cauteruccio perto do apito final.

O Danubio, que ainda não pontuou, será o adversário corintiano nas duas próximas rodadas – no dia 17, no Uruguai, e no dia 1º de abril, em São Paulo.

A partida

A fama da torcida argentina de pressionar o time adversário e fazer muita festa nas partidas da libertadores, deu lugar a um estádio completamente vazio, os gritos de apoio foram trocados por um eco. O silêncio, muito diferente do que ambos os times estão acostumados por suas torcidas fanáticas parece ter atingido os jogadores, principalmente do Corinthians, que não conseguia impor seu ritmo. Cheio de passes errados, e uma certa desatenção ditaram boa parte da partida.

Ralf corria atrás de Romagnoli sem conseguir alcançá-lo, Uendel dava espaço na esquerda da defesa, Dracena, pela primeira vez como titular na libertadores,  errou por duas vezes no jogo aéreo no meio da área. O time argentino só não conseguiu abrir o placar porque não conseguiu acertar o alvo – Blanco desperdiçou ótima oportunidade: recebeu cruzamento na medida, mas errou o cabeceio.

Atrás da linha da bola, o Corinthians aguardava algum erro do San Lorenzo, para atacar. Conseguiu ameaçar duas vezes, com Elias, de cabeça, e Renato, num chute de fora da área. À medida que os visitantes melhoravam, os argentinos passaram produzir jogadas mais ríspidas. O fim do primeiro tempo foi providencial para que os ânimos fossem acalmados. No intervalo, Renato Augusto deixou o jogo e foi substituído por Cristian, um jogador mais defensivo.

O San lourenço abusou da sorte, perdeu gols e a partida. (Foto: Juan Mabromata / AFP)

O San lourenço abusou da sorte, perdeu gols e a partida. (Foto: Juan Mabromata / AFP)

Em um segundo tempo mais parado, o San Lorenzo por pouco não abriu o placar em finalização de Matos na trave após linda jogada dos argentinos.

O confronto era difícil para os corintianos e a partida já tinha cara de empate, o gol saiu. Com Elias fazendo jogada individual, aos 20 minutos saiu o único gol do jogo, com um misto de habilidade e sorte.

O tempo passava e o San Lorenzo já havia perdido duas chances incríveis, ambas com Matos, e era castigado por isso. Depois do apito final, o volante Petros deu um bico para cima para festejar a vitória, e o confronto terminou com pequena confusão entre atletas dos dois times na saída, típico de libertadores.