ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Corinthians vence o Dérbi de virada com reservas.

Romarinho brilha, marca dois gols e da vitória ao timão.

Por Anderson Marinho

Corinthians x Palmeiras jogaram no estádio do Pacaembu pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro 2012. Com as equipes envolvidas nas decisões da Taça Libertadores da América e da Copa do Brasil, respectivamente, os treinadores adotaram estratégias diferentes e mais uma vez comandante corintiano levou a melhor.

No timão, o técnico Tite escalou o time reserva como já havia anunciado durante a semana, sem nenhuma surpresa, poupando os principais jogadores para o duelo contra o Boca Juniors na próxima quarta-feira, em Buenos Aires, válido pela primeira partida da final do torneio continental.

Do lado alviverde, Luiz Felipe Scolari fez muito mistério durante a semana, dando a entender que mandaria à campo um time misto, porém o treinador escalou o Palmeiras com força máxima, exceto pelas ausências de Marcos Assunção, Thiago Heleno e Luan contundidos, contando com o que tinha de melhor a sua disposição.

O clássico começou equilibrado, com as duas equipes tentando tomar conta do jogo, era promessa de muita disputa, entre o conjunto alvinegro e um motivado Palmeiras, ambos em busca da primeira vitória no campeonato.

Mazinho comemora o gol do Palmeiras. Foto: Roberto Vazquez / Futura Press

E o Palmeiras começou melhor, aos 3 minutos, Cicinho foi à linha de fundo e cruzou para trás, a bola passou por Barcos e João Vitor chegou batendo sem direção, ela sobrou para Mazinho, que livre de marcação abriu o placar do Dérbi, o segundo gol dele no Brasileirão e o quinto com a camisa do verdão. Corinthians 0 x 1 Palmeiras.

Após o gol palmeirense o Corinthians confirmou a boa fase, mesmo atuando com os reservas, o time voltou a mostrar o padrão de jogo apresentado nos duelos contra o Santos pela Libertadores, marcando o Palmeiras sob pressão, sem dar espaços para o alviverde sair jogando e tomou conta das ações.

Aos 15 minutos, após uma bola espirrada dentro da grande área, Liedson emendou uma linda bicicleta, a bola bateu na trave esquerda e correu por cima da linha do gol adversário, quase o gol de empate do timão.

A jogada animou ainda mais a equipe alvinegra que seguiu pressionando, aos 22 minutos Welder avançou pela direita com espaço e bateu forte no canto direito do goleiro Bruno, que espalmou para escanteio.

Romarinho brilha, maraca dois e da vitória ao Corinthians. Foto: Léo Pinheiro / Terra

O Palmeiras voltava a equilibrar a partida, mas encontrava dificuldades para sair jogando, e aos 33 minutos, após boa troca de passes do ataque corintiano, Liedson bateu cruzado da esquerda, Romarinho antecipou a marcação e tocou de letra para o fundo da rede, um golaço, empatando o jogo para o timão.  Corinthians 1 x 1 Palmeiras.

O Corinthians seguiu melhor depois do empate, confirmado a boa atuação no primeiro tempo. O verdão foi para o vestiário insatisfeito, depois de ter sido surpreendido pela postura do adversário.

Etapa Complementar

Na volta do intervalo Felipão ousou, o treinador tirou Daniel Carvalho, que não foi bem, e Leandro Amaro para as entradas de Valdivia e Maikon Leite, mandando o verdão pra cima com três atacantes.

Entretanto, nos dez minutos iniciais foi o Corinthians que chegou com perigo, aos cinco, Willian cruzou da direita e Douglas cabeceou firme, na marca do pênalti, para boa defesa de Bruno.

Aos dez, Romarinho recebeu passe da linha de fundo, dominou, fintou Cicinho e chutou forte de direita no ângulo de Bruno, sem chances para o goleiro alviverde, mais uma pintura do atacante corintiano. Corinthians 2 x 1 Palmeiras.

Jogadores do Corinthians comemoram gol no Dérbi. Foto: Miguel Schincariol

Após sofrer a virada, Scolari sacou Juninho e colocou o também lateral esquerdo Fernandinho em seu lugar. A primeira finalização do Palmeiras só veio aos 17 minutos, em um chute de Mário Araújo por cima do gol, sem perigo para Júlio César.

O Palmeiras passou a dominar a posse de bola, mas não conseguia transformar o volume de jogo em chances claras de gol, parando na forte marcação do adversário. As subidas de Fernandinho pela esquerda passaram a ser a principal arma do time.

Aos 21 minutos, o Tite promoveu a entrada de Gilsinho na vaga de Willian, apostando na velocidade do atacante para inibir as jogadas de ataque do lado direito da defesa do timão.

A melhor chance palmeirense veio aos 25 minutos, Maikon Leite recebeu passe da linha de fundo e chutou de pé esquerdo buscado o canto de Júlio César, o arqueiro corintiano afastou para escanteio.

Aos 33 minutos, em contra-ataque, Liedson recebeu passe atrás da linha de meio de campo e arrancou em velocidade, livre de marcação, o camisa 9 bateu forte da entrada da área, mas o chute foi em cima de Bruno que fez boa defesa, evitando o terceiro gol do alvinegro.

Com o meio de campo congestionado e a defesa corintiana bem postada, os talentos individuais não conseguiram ajudar o Palmeiras. O meia Valdivia não repetiu a boa atuação do jogo contra o Grêmio e Maikon Leite até tentou, em novo chute de fora da área aos 44 minutos, mas parou em Júlio César.

O verdão segue sem vencer no Campeonato Brasileiro, foram seis jogos até aqui, com dois empates e quatro derrotas, o time ocupa a lanterna da competição, com apenas dois pontos ganhos.  O Palmeiras terá uma semana de folga, para se preparar para os próximos compromissos, o time volta à campo no próximo domingo às 18h30 contra o Figueirense, na Arena Barueri, pela 7ª rodada do nacional.

Jogando melhor, com um padrão de jogo definido, o Corinthians mostrou a força do seu elenco e conquistou a primeira vitória no Brasileirão, que leva o time aos 4 pontos na tabela de classificação, ainda na zona de rebaixamento, e alimenta as expectativas positivas do torcedor corintiano para os próximos desafios, principalmente após as belas exibições de Romarinho, o melhor jogador em campo, e de Liedson que fez o seu melhor jogo pelo time em 2012.

O timão agora volta todas as suas atenções para a disputa das finais da Taça Libertadores da América contra o Boca Juniors, o primeiro jogo está marcado para quarta-feira às 21h50, no Estádio La Bombonera, em Buenos Aires. A equipe só volta a jogar pelo brasileiro no dia 14/07/2012 contra o Náutico no estádio do Pacaembu.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2 X 1 PALMEIRAS

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 24/06/2012 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Rogério P. Zanardo (SP)

Renda/Público: R$ 434.436,50 / 17.519 pagantes
Cartões Amarelos: Douglas e Liedson (COR); João Vitor, Cicinho, Valdivia e Márcio Araújo (PAL)
Cartões Vermelhos:
GOLS: Mazinho, aos 3’/1ºT; Romarinho, aos 33’/1ºT e Romarinho, aos 10’/2ºT

CORINTHIANS: Julio César; Welder, Wallace, Paulo André e Ramón (Felipe, 43’/2ºT); Marquinhos, Willian Arão e Douglas; Willian (Gilsinho, 21’/2ºT), Romarinho (Adilson, 31’/2ºT) e Liedson. Técnico: Tite.

PALMEIRAS: Bruno; Cicinho, Leandro Amaro (Maikon Leite, Intervalo), Maurício Ramos e Juninho (Fernandinho, 13’/2ºT); Henrique, Márcio Araújo, João Vitor e Daniel Carvalho (Valdivia, Intervalo); Mazinho e Barcos. Técnico: Luiz Felipe Scolari.