ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Corinthians vence Vitória e volta ao G-4.

Com futebol burocrático, timão cumpre punição e supera desfalques.

Por Paulo Edson Delazari.
Fábio Santos comemora o gol que deu a vitória ao Corinthians em Cuiabá. (Foto: Reprodução).

Fábio Santos comemora o gol que deu a vitória ao Corinthians em Cuiabá. (Foto: Reprodução).

Cumprindo a pena determinada pelo STJD de jogar longe de seus domínios uma partida devido à briga no clássico diante do São Paulo, o Corinthians foi à Cuiabá, na Arena Pantanal e venceu o Vitória por 2 a 1 com gols de Fábio Santos e Luciano, voltando ao G4.

Com vários desfalques, Cássio, Guerrero e Fagner Mano Menezes improvisou Romero no ataque e contou com a boa aparição de Fábio Santos pelo lado esquerdo para chegar ao gol aos 20 minutos do primeiro tempo.

Com a vantagem no placar e sentindo os desfalques a equipe alvinegra contou com o fraco desempenho do time baiano e cadenciou a partida com uma transição lenta e muito toque de bola. A boa postura defensiva eliminou qualquer chance do time comandado por Ney Franco.

Aos 20 minutos Anderson Martins deu uma bela cabeçada no travessão. Aos 35 não teve jeito, após boa troca de passes entre Malcon e Fabio Santos, o lateral tocou para Renato Augusto na área, este ajeitou para Luciano, ele fintou o zagueiro e bateu cruzado, fazendo 2 a 0.

O segundo gol acordou o Vitória e aos 38 Edno cobrou falta com perfeição no canto esquerdo de Walter que não pôde fazer nada. Corinthians 2 a 1.

Com a vitória o Corinthians chegou aos 52 pontos e se igualou ao São Paulo com o mesmo número de pontos, mas perdendo no critério de desempate, o tricolor paulista tem vitórias a mais e ainda jogará no fim da noite contra a Chapecoense. Já o vitória se manteve em 17º lugar com 31 pontos podendo ser ultrapassado por Botafogo, Curitiba ou Criciúma até o fim da rodada.

O Corinthians volta a jogar no próximo sábado às 16h20m no Pacaembu diante do Palmeiras em jogo válido pela 31ª rodada do Brasileirão. Já o Vitória recebe o Criciúma no Barradão no mesmo dia, só que às 18h30m.