ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Coritiba surpreende Santos e volta a vencer.
Em 11 rodadas, o Coritiba deixou a briga por uma vaga na Libertadores pelo desespero do rebaixamento.

Por Paulo Edson Delazari

Alex fez a diferença em seu retorno de contusão. (Foto: Gazeta Press)

Alex fez a diferença em seu retorno de contusão. (Foto: Gazeta Press)

No retorno do meio-campista, recuperado de uma luxação no pé direito, o time recebeu o Santos nesta quarta-feira no Couto Pereira, dominou o jogo e ganhou por 1 a 0. O gol foi marcado pelo atacante Julio César no segundo tempo, aproveitando contra-ataque puxado por Robinho para bater de primeira e assegurar a vitória. Alex ainda teve umgol anulado no início do segundo tempo.

Foi o primeiro resultado positivo do clube desde a saída do técnico Marquinhos Santos, demitido no fim do último mês, após derrota para o Itagüí-COL pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

O seu sucessor, Péricles Chamusca, ainda não havia vencido e corria o risco de se tornar o primeiro treinador a não conquistar nenhuma vitória nos três primeiros compromissos desde os anos 2000. Ele interrompeu, assim, o jejum de sete partidas do Coxa sem um triunfo, agravado pela fase ruim que atravessava em casa, com vaias dos torcedores e até discussão com atletas.

No período, a equipe de pior desempenho no returno registrou ainda uma queda na média de público de 15.519 pessoas para 10.654.

Homenageado nesta terça-feira com o título de Cidadão Benemérito do Paraná, Alex foi substituído na metade do segundo tempo. Antes de deixar o gramado, o veterano teve boa atuação na construção da vitória magra dos paranaenses.

Julio Cesar foi o autor do gol da vitória. (Foto: globo.com)

Alex divido com defensor santista (Foto: globo.com)

Logo aos quatro minutos do primeiro tempo, Victor Ferraz desceu pela direita e enfiou por cima para o meia-campista forçar boa defesa de Aranha em cabeceio. O zagueiro Gustavo Henrique balançou a trave para o Santos na sequência. Aos 35, em roubada de bola e boa combinação na entrada da área, Julio César ficou sozinho e devolveu no travessão.

Na volta do vestiário, Victor Ferraz mais uma vez encontrou Alex, o armador marcou, porém, a arbitragem flagrou impedimento. Só dava Coritiba e o time inaugurou o placar com 17 minutos, em finalização firme de Julio César.

Com o resultado, a equipe comandada por Péricles Chamusca respira um pouco mais no Brasileiro, faz 34 pontos e chega à 14ª posição na tabela. O Santos segue no oitavo lugar, com 36, e fica a cada rodada mais distante do sonho da Libertadores.

Na próxima rodada, o Coritiba viaja até Salvador para enfrentar o Vitória no sábado. O Santos recebe a Ponte Preta no mesmo dia, no Pacaembu as 19h30m.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1 X 0 SANTOS

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 09 de outubro de 2013, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Junior (MG)
Assistentes: Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO) e Marrubson Melo Freitas (DF)
Cartões amarelos: Diogo e Uelliton (Coritiba); Arouca, Everton Costa e Neílton (Santos)
Gol: CORITIBA: Júlio César, aos 17 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Vanderlei; Victor Ferraz, Luccas Claro, Leandro Almeida e Diogo; Gil, Uelliton, Robinho (Júnior Urso) e Alex (Lincoln); Júlio César e Geraldo (Carlinhos)
Técnico: Péricles Chamusca

SANTOS: Aranha; Bruno Peres, Edu Dracena, Gustavo Henrique e Emerson Palmieri; Alison, Arouca (Pedro Castro) e Cícero; Everton Costa (Neílton), Thiago Ribeiro e Willian José (Giva)
Técnico: Claudinei Oliveira