ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Costa Rica apronta nova zebra! Sobrou para Itália.

A zebra pintou novamente e a Costa Rica se classifica para as oitavas de final da Copa 2014.

Por Paulo Edson Delazari
Costarriquenhos vão à loucura: time bateu a Itália e está nas oitavas de final da Copa do Mundo. (Foto: Reuters)

Costarriquenhos vão à loucura: time bateu a Itália e está nas oitavas de final da Copa do Mundo. (Foto: Reuters)

A Costa Rica aprontou mais uma das suas na Copa do Mundo 2014. Jogando na Arena Pernambuco o time costariquenho surpreendeu a Itália e venceu por 1 a 0 com gol de Bryan Ruiz. De quebra levaram para casa a vaga as oitavas de final da competição, despacharam a Inglaterra para casa e mais um campeão mundial ficará de fora que poderá ser a própria Itália ou Uruguai.

Agora a Costa Rica enfrenta a eliminada Inglaterra e com um empate garante a primeira posição do Grupo D. Já Itália e Uruguai se matam pela última vaga. A seleção italiana jogará pelo empate já que tem melhor saldo em relação aos uruguaios.

O Jogo

A Itália começou de forma mais compacta e abdicando da posse de bola que teve, por exemplo, na partida contra a Inglaterra. Apostando em uma marcação firme, no entanto, a equipe cometia muitos erros e não conseguia criar chances perigosas.

Já a Costa Rica – que também marcava intensamente – se aproveitava da atuação fraca do adversário, tinha maior posse e via na bola parada sua principal alternativa. Aos sete minutos, Borges aproveitou cobrança de escanteio na área e saída ruim de Buffon e cabeceou sobre o alvo.

Buffon inconformado com o resultado final da partida. (Foto: Getty)

Buffon inconformado com o resultado final da partida. (Foto: Getty)

A primeira oportunidade da Azzurra viria apenas aos 26 minutos. Balotelli foi lançado como pivô na entrada da área, o marcador tirou parcialmente e Thiago Motta concluiu à direita da meta. Criada a primeira chance, a equipe treinada por Cesare Prandelli passou a encontrar mais espaço e ficar mais tempo no campo de ataque.

Aos 31, Balotelli foi lançado por Pirlo em velocidade, tocou por cobertura na saída do goleiro Navas e mandou para fora. Na sequência, o atacante voltaria a incomodar os costarriquenhos. Acionado em posição duvidosa na entrada da área, ele chutou forte e exigiu defesa em dois tempos do arqueiro. Aos 36, Bolaños respondeu com uma finalização forte de fora da área, que Buffon espalmou.

O duelo, então, mudou completamente e ficou bem aberto. Aos 42 minutos, um lance polêmico marcaria a partida. Em contragolpe veloz, Campbell fintou o marcador, invadiu a área, foi empurrado por Chiellini e caiu. O árbitro não marcou o pênalti para a ira dos costarriquenhos.

Porém, a irritação viraria alegria em dois minutos. Isso porque em nova descida dos ‘Ticos’, Júnior Díaz cruzou na medida, Buffon hesitou na hora de deixar o gol e Bryan Ruiz cabeceou. A bola bateu no travessão, pingou dentro da meta e saiu. O recurso eletrônico apenas confirmou o que, na verdade, não gerou dúvida.

Na volta do intervalo, Prandelli, como não poderia deixar de ser, mandou o time ao ataque colocando Cassano na vaga de Thiago Motta. Ofensiva, a Itália se postou toda à frente do meio de campo e buscava pressionar. Já os costarriquenhos se fecharam e esperavam a chance de um contragolpe com seu veloz trio de ataque formado por Bolaños, Campbell e Ruiz.

Porém, apesar da mentalidade ofensiva, a Itália não conseguia controlar o adversário e não tinha o domínio da partida. Tensa em campo e sem recursos a não ser o lançamento longo, o time tetracampeão mundial não era capaz de mudar o panorama da partida, mesmo com as entradas de Cerci e Insigne nas vagas de Candreva e Marchisio.

Assim, a Costa Rica conseguiu administrar o placar e assegurar mais uma vitória diante de um favorito. No grupo das campeões, a intrusa se portou como tal e vai às oitavas, protagonizando uma das maiores zebras da história dos Mundiais.

FICHA TÉCNICA
ITÁLIA 0 x 1 COSTA RICA
Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata-PE
Data: 20 de junho de 2014, sexta-feira
Horário: 13 horas (de Brasília)
Árbitro: Enrique Osses-CHI
Assistentes: Carlos Astroza-CHI e Sergio Roman-CHI
Cartões amarelos: Balotelli (Itália); Cubero (Costa Rica)
Gol: COSTA RICA: Bryan Ruiz aos 44 minutos do primeiro tempo
ITÁLIA: Buffon; Abate, Chiellini, Barzagli e Darmian; De Rossi, Thiago Motta (Cassano), Pirlo, Marchisio (Cerci) e Candreva (Insigne); Balotelli
Técnico: Cesare Prandelli
COSTA RICA: Navas; Umaña, Duarte e Giancarlo González; Gamboa, Borges, Tejeda (Cubero), Crístian Bolaños, Junior Díaz e Bryan Ruiz (Brenes); Joel Campbell (Ureña)
Técnico: Jorge Luís Pinto