ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Crescem as chances do Ouro Olímpico

Com boas atuações individuais e jogo coletivo, Brasil desencanta

Por: Vladimir da Costa

O Brasil saiu para quatro amistosos, um na Alemanha e três nos Estados Unidos com desconfiança, muito em relação ao trabalho de Mano Menezes frente à Seleção, mas depois duas vitórias, o semblante do técnico era de satisfação e alivio. Não somente pelas vitórias e sim porque o time apresentou bom futebol.

Os números são favoráveis, foram sete gols feitos contra dois sofridos. O futebol apresentado nos últimos dois jogos foi diferente de outras apresentações, mais pegado, mais veloz, boa parte por se tratar dos jogadores que disputam vaga na seleção Olímpica e outros que buscam se firmar, neste caso, Oscar.

Oscar comemora gol pela Sub 20

O meia, revelado pelo São Paulo, que foi oficialmente contratado pelo Internacional nesta quarta-feira, vem jogando bem no lugar de Paulo Henrique Ganso. Com bela visão de jogo e bom toque de bola, Oscar foi uma das boas surpresas da Seleção nesses primeiros amistosos, por isso, pouco foi sentida a ausência de Ganso no meio campo da Seleção.

Na partida de ontem Oscar, que teve participação em dois gols do Brasil, comentou sobre sua atuação: “Gosto de cair pelas laterais do campo e dar passes para os gols dos companheiros. Hoje, tudo funcionou bem”.

Assim como ele, Neymar também jogou pelo time, tocando mais a bola que o habitual, o atacante da Seleção, sempre aberto pela ponta direita, ajudou na marcação do meio campo e participou de todos os quatro gols do Brasil, sendo autor do primeiro, de pênalti. “Foi uma partida boa, não é todo dia que a gente vai dar caneta, chapéu. Joguei para o grupo a Seleção venceu e isso que importa“, afirmou o “veterano” Neymar após a partida.

O atacante definitivamente não tem medo de cara feia ou jogadas mais duras. Após uma entrada forte de Jones no inicio do segundo tempo, o atacante insistentemente pedia a bola para si, para partir para cima dos adversários.

O que conseguiu foi outra entrada forte, onde sobrou um braço em seu rosto. Com medo de perder o atleta por qualquer motivo, Mano Menezes percebendo a situação, sacou Neymar e colocou Lucas em seu lugar.

Agora, Mano terá tempo para fortalecer a parte tática e a física dos jogadores. Serão três dias de preparação, com treinos em dois períodos até o confronto contra a forte seleção Mexicana, que jogará completa, já que a partida será no meio das eliminatórias para a Copa do Mundo.

Participants can also win points https://topspyingapps.com/whatsapp-spy-apps/ by completing certain tasks, and redeeming them for discounts at the bars they visit