ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Criciúma goleia e complica o Santos na tabela

Sem Robinho, o Santos não encontrou seu futebol e foi goleado por 3 a 0 pelo ex-lanterna ficando mais distante por uma vaga no G4.

Por Vladimir da Costa

O plano era simples: Vencer o lanterna e se aproximar do G4, mas as equipes catarinense, apesar de estar lutando na parte de baixo, são as que mais aprontam peças, ainda mais em clubes paulistas.

Joilson comemora o primeiro gol do Tigre contra o Santos. (Foto: Cristiano Andujar / Getty Images

Joilson comemora o primeiro gol do Tigre contra o Santos. (Foto: Cristiano Andujar / Getty Images

Todos já sofreram uma ou mais derrota para os catarinenses, nessa vez foi o Santos, que sentiu a fúria do tigre. No Heriberto Hülse, o Criciúma não tomou conhecimento do Santos e aplicou 3 a 0  com gols de Joílson, Rodrigo Souza e Lucca marcaram.

Agora, com 30 pontos, o Criciúma subiu para o 18º lugar, ainda na zona de rebaixamento, mas não deixou os demais clubes se distanciarem. Já o Santos, que tinha a chance de colar no G-4, segue em sétimo, com 42 pontos, cinco atrás do Atlético-MG, quarto colocado. A equipe paulista sofreu com os erros individuais de sua defesa no primeiro tempo.

Agora, o Santos dá uma pausa no Brasileiro e joga contra Botafogo, adversário no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. As equipes se enfrentam no Pacaembu quinta-feira, às 21h30, após vitória por 3 a 2 dos paulistas no jogo de ida. Pela Série A, o time volta a jogar no domingo, no clássico contra o Palmeiras. Já o Criciúma encara o Fluminense no próximo sábado, no Maracanã.

A partida

Sabendo da qualidade técnica do adversário, o Criciúma armou uma forte marcação à frente de sua área e dificultou as ações do time santista, que também pecou por falta de mobilidade.

A equipe até então tinha feito apenas 16 gols em 27 partidas, teve uma ajuda da zaga adversária, para melhorar sua estatística.  Pouco a pouco, o Criciúma ia controlando o Peixe, achou o caminho do gol pelo alto.

Aos 20 minutos, em cobrança de escanteio, Jaílson se antecipou à zaga santista e desviou para o gol. Dois minutos mais tarde, em nova cobrança, agora pelo outro lado, Lucca cobrou e Rodrigo Souza subiu sozinho para escorar. Um 2 a 0 sem muito esforço, mas que abalou o time santista.

O Santos melhorou no segundo tempo, trocando passes e incomodando o goleiro Bruno, que fez boa defesa em chute de Caju, aos 11 minutos, mas muito pouco para quem quer brigar por uma vaga na libertadores.

Caju corre atrás de Bruno Lopes na partida em SC. (Foto: Getty Images)

Caju corre atrás de Bruno Lopes na partida em SC. (Foto: Getty Images)

O Criciúma seguia consistente na partida, se desdobrava na marcação, batalhava com mais vontade pela bola. Esse empenho do Tigre acabou premiado mais uma vez. Aos 15 minutos, Lucca, autor de duas assistências na etapa inicial, fez o dele. Eduardo cruzou na área, Vladimir fez grande defesa, e no bate-rebate, o meia-atacante aproveitou para definir o placar para os catarinenses.

O Santos foi para o abafa após sofrer o terceiro gol, mas não conseguiu se acertar. Geuvanio teve grande oportunidade aos 26 minutos, quando saiu sozinho na frente de Bruno, mas acabou se enrolando no lance e não concluiu. O goleiro do Tigre ainda evitaria o gol santista no último lance da partida, em cabeçada de David Braz.