ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Cristiano Ronaldo questiona pressão em entrevista

Astro do Real Madrid deu entrevista para a Fifa e não fugiu de assuntos polêmicos

Por Vladimir da Costa

Cristiano Ronaldo, segundo melhor jogador do mundo pela terceira vez deu uma entrevista para o site da Fifa e tratou de vários temas, dentre eles, seu atual momento no Real Madrid e Mourinho. O atacante português desde que surgiu para o futebol, sempre esteve no topo. Só não teve melhor sorte por estar jogando na mesma época que outro gênio, com um time bem mais competitivo, Messi do Barcelona.

Há anos no topo futebol mundial, Cristiano Ronaldo descreveu sobre seus anos no futebol:

– Muito bem. Ser indicado é uma grande honra e me deixa muito contente. Demonstra que mantenho um nível muito bom na minha carreira, e só posso me sentir muito feliz por isso. O que mudou desde então? Sou quase o mesmo. Tenho um pouco mais de experiência do que tinha há uns anos e continuo tendo a mesma ambição. Em geral, sou a mesma pessoa e o mesmo jogador. Disse ronaldo

Cristiano Ronaldo, 4 vezes indicado a melhor jogador do mundo (Foto: AFP)

Ronaldo ainda destacou a pressão exagerada que todos sofrem no Real Madrid, bem maior dos tempos de Manchester, ex-clube do jogador que agora vive pressão de conquistar pela 10° vez a liga dos campeões pela equipe merengue, que coincidentemente, irá enfrentar o United pelas oitavas de final.

– É pressão demais, e algumas vezes afeta. Mas temos de tentar superar, não podemos nos afetar com o que dizem de nós, principalmente na imprensa, que fala todos os dias do Real Madrid. Afinal de contas, é uma decisão individual: quem quer, lê; quem não quer, não lê. Não importa muito o que dizem os jornais, e por isso não é preciso fazer um drama do assunto. O décimo título é tudo o que os torcedores querem. Sabemos bem disso, completou.

Quando questionado sobre as opiniões divergentes sobre sua personalidade e estilo de vida, Ronaldo respondeu à altura.

Não sei, não posso dar essa resposta com 100% de certeza, também tenho me perguntado. Quem me conhece, quem jogou comigo, sabe o tipo de pessoa que sou. Quem não me conhece pode dizer o que quiser e pensar o que quiser. Acho que tive talento e que trabalhei muito para alcançar os meus objetivos. É preciso ter a humildade de entender o que nos falta e seguir adiante. Sou muito ambicioso, quero sempre ganhar, e até eu me aposentar continuarei sendo assim. Respeito quem me critica, porque sei que essas opiniões sobre mim não estão corretas. É preciso saber viver com isso porque faz parte da vida de todos os jogadores. De todas as pessoas, na verdade, completou Ronaldo

O camisa 7 do Real finalizou a entrevista dizendo se considerar um privilegiado e realizado, claro, por fazer o que gosta e ter recebido somente coisas boas que o esporte lhe proporcionou ao longo de sua gloriosa e vencedora carreira.

Fonte: FIFA