ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Cruzeiro chega ao topo e tira invencibilidade do Corinthians.

Timão domina primeiro tempo, mas cai na etapa final e perde por 1 a 0.

Por Eduardo do Carmo
pato

Alexandre Pato para em ótima atuação do goleiro Fábio (Foto: Washington Alves/VIPCOMM)

O Corinthians conheceu a sua primeira derrota no Brasileirão 2013. Na noite desta quarta-feira, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o alvinegro paulista perdeu para o Cruzeiro por 1 a 0, em partida válida pela 4ª rodada da competição nacional.

Ainda com a tabela embolada, o Corinthians segue com cinco pontos, na décima terceira colocação. Na próxima rodada, o Timão recebe a Portuguesa, sábado, às 18h30, no Pacaembu.

Com a vitória, o Cruzeiro assumiu a liderança, com sete pontos. Novamente em Sete Lagoas, a Raposa recebe o Internacional de Porto Alegre, também no sábado, às 16h20.

O Timão não perdia há sete jogos, desde a derrota contra o Boca Juniors, na Bombonera, pela ida das oitavas da Libertadores. Nesse período, no entanto, foram apenas duas vitórias, além de cinco empates.

O duelo entre mineiros e paulistas foi o típico jogo com domínio de 45 minutos para cada lado. No primeiro tempo, o Corinthians criou oportunidades claras de gol, mas o goleiro Fábio salvou o Cruzeiro.

Na etapa final, o Timão recuou e a Raposa encurralou os comandados de Tite. Ao time de Minas, porém, faltavam as chances. O time de Parque São Jorge apostou apenas em contragolpes no segundo tempo. E foi justamente em lance com essa característica que surgiu o gol da vitória cruzeirense. O garoto Elber, que entrou no decorrer do confronto, partiu em velocidade e sofreu pênalti, convertido por Dagoberto.

Alexandre Pato para no goleiro Fábio

Aos 13 minutos, Emerson Sheik deixou Pato na cara do gol. O atacante tentou tirar de Fábio, que salvou o Cruzeiro em saída arrojada. Os donos da casa deram o troco aos 19, quando o zagueiro Dedé subiu para o ataque e cruzou. Diego Souza ajeitou para Anselmo Ramon, que foi cortado no momento da finalização.

Alexandre Pato apareceu bem novamente aos 23. O atacante avançou, tabelou com Danilo, mas bateu na rede pelo lado de fora. Dois minutos mais tarde, Fábio Santos fez belo lançamento para Pato, que dominou com estilo e chutou para espetacular defesa de Fábio.

Aos 33, Guilherme errou passe, mas Dedé errou o domínio. A bola passou pelo zagueiro e sobrou limpa mais uma vez para Pato, que invadiu a área e soltou a bomba para novo milagre de Fábio.

Falsa pressão cruzeirense

Na etapa final, o Corinthians voltou com os mesmos jogadores, mas a disposição mudou. A equipe visitante recuou e passou a apostar em contragolpes. Com isso, o Cruzeiro teve o jogo nas mãos. Aos 5, Dagoberto bateu escanteio e Dedé cabeceou para fora.

Os mineiros tinham a posse de bola em maior número, mas não conseguiam a criação de jogadas de perigo. Luan entrou no lugar de Anselmo Ramon para dar mais movimentação, mas tudo continuou da mesma forma.

Elber sai do banco e decide o jogo

dagobertofestapedrovilelaagenciai7fp

Jogadores do Cruzeiro comemoram gol da vitória feito por Dagoberto (Foto: Pedro Vilela/Futura Press)

Aos 24, Everton Ribeiro deu lugar ao jovem atacante Elber, que mudou o destino da partida. Aos 29, Dagoberto cobrou falta com perigo e assustou o goleiro Cássio. Aos 35, Elber recebeu na área e dominou com perfeição. Na hora do chute, porém, exagerou na força e mandou por cima do travessão.

Aos 37, o próprio Elber partiu em velocidade para o ataque, invadiu a área e foi derrubado por Fábio Santos, que foi expulso por conta do segundo amarelo. Pênalti para o Cruzeiro. Na cobrança, Dagoberto colocou no canto e saiu para a festa. O Corinthians, que foi apático durante todo o segundo tempo, terminou da mesma maneira.