ÚLTIMAS NOTÍCIAS
D'Ale! Mais uma derrota tricolor

São Paulo perde a segunda, novamente com gol argentino

Por Anderson Marinho

O São Paulo foi ao estádio Beira Rio, em Porto Alegre, enfrentar o Internacional, em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2012. Com muitos jogadores de ambas as equipes servindo a Seleção Brasileira,  ficou impossibilitado o encontro do meia Oscar com o tricolor, após o imbróglio jurídico envolvendo o jogador e os dois clubes. O personagem do jogo foi o “hermano” D’Alessandro, o principal responsável pela vitória do colorado por 1 x 0.

A partida começou com os dois times se estudando muito, sem grandes jogadas e uma forte marcação dos sistemas defensivos.

O São Paulo teve a primeira oportunidade com Cícero, aos nove minutos, em cobrança de falta da intermediária. O meia bateu forte, mas sem direção, à direita do gol de Muriel.

Durante os primeiros quinze minutos o Inter obteve um volume maior de posse de bola, mas não conseguiu criar jogadas de ataque. Apostando na forte marcação no meio de campo, o São Paulo conseguia levar mais perigo com suas jogadas de contra-ataque, principalmente com Fernandinho na ponta esquerda. Em uma delas, ele chegou a invadir a área e chutar na saída de Muriel que fez boa defesa.

Em cobrança de falta perfeita, D'Alessandro garante o triunfo para o Inter. Foto: Wesley Santos / Gazeta Press

Aos vinte minutos, em uma jogada confusa, Cortez derrubou Nei no bico esquerdo da grande área tricolor, falta para o colorado. Na cobrança, a primeira finalização do Inter no jogo, D’Alessandro bateu de pé esquerdo, no ângulo do goleiro Denis, sem chances para o são-paulino, um golaço! Internacional 1 x 0 São Paulo.

A pós o gol os donos da casa conseguiram equilibrar o jogo, mantendo a posse de bola e buscando espaços na defesa do São Paulo. Enquanto isso a equipe do técnico Emerson Leão apostava nas jogadas pelas laterais, com Douglas e Osvaldo pela direita e Cortez e Fernandinho pela esquerda.

A melhor chance do tricolor foi aos 27 minutos, em cobrança de escanteio, quando Muriel saiu mal do gol após o cruzamento e Cícero cabeceou por cima do travessão. A sexta finalização do time do Morumbi, contra apenas uma do adversário. O Internacional só voltou a levar perigo aos 31 minutos, quando Elton viu Denis adiantado e arriscou de fora da área para boa defesa do arqueiro.

Voltando após 25 dias parado, devido à uma lesão na coxa esquerda, D’Alessandro fez toda a diferença pelo lado colorado, o argentino comandou o meio de campo e ainda marcou o gol que deu a vitória provisória a sua equipe na primeira etapa.

O São Paulo começou melhor, porém, após o gol do Inter, encontrou dificuldades para buscar o empate.  O jogo do tricolor se tornou previsível, facilitando a marcação do adversário.  O time sentiu a falta de Lucas, um dos que poderiam desequilibrar, e Jadson não conseguiu repetir a boa atuação dos últimos jogos.

Leão tenta mudar, mas sofre com a falta de opções.

Na segunda etapa o tricolor voltou com Maicon no lugar de Fernandinho, em uma tentativa de recuperar o espaço no meio de campo.  Entretanto, o Inter seguiu cadenciando o jogo, sem dar muito espaço.

Aos nove minutos, Gilberto recebeu cruzamento da direta, no segundo pau, e cabeceou pra fora, sem perigo para o gol de Denis.

Luis Fabiano tomou o terceiro cartão amarelo no Beira Rio e não pega o Santos domingo. Foto: Ricardo Rímoli / Lancepress

O São Paulo só chegou ao ataque aos 13 minutos, quando Denilson lançou Luis Fabiano, o centroavante invadiu a área em velocidade e trombou com o goleiro Muriel, em lance involuntário, os dois ficaram caídos.

Aos 16 minutos, em uma boa triangulação do ataque colorado, Dátolo colocou D’Alessandro em boas condições para ampliar o marcador, porém a bola correu muito e ele chutou sem equilíbrio, pra fora.

A substituição do técnico Emerson Leão não trouxe o resultado esperado, o São Paulo até equilibrou a posse de bola, mas não conseguiu ameaçar a meta de Muriel.

No Inter, Dorival Junior promoveu a entrada do atacante Jajá na vaga do meia argentino Dátolo, que saiu contundido aos 26 minutos do segundo tempo.

O treinador tricolor respondeu logo em seguida, com as entradas de Willian José e Piris, nos lugares de Jadson e Douglas respectivamente. A dupla teve a primeira oportunidade aos 29 minutos, em um cruzamento do lateral paraguaio que Willian José cabeceou pra fora, sem direção. Paulo Miranda foi melhor, aos 33 minutos, na jogada mais perigosa do time, o zagueiro recebeu cruzamento de Maicon pelo lado esquerdo e cabeceou forte, por cima do gol.

O Internacional passou a administrar o resultado, sem se arriscar, o time manteve o foco na marcação forte, adiantando a linha de meio de campo para dificultar a saída de bola do tricolor. Dorival sacou Dagoberto para a entrada de Marcos Aurélio.

Aos 39 minutos, D’Alessandro deu uma bela assistência para Jajá, o atacante chutou forte, para boa defesa de Denis.

Aos 42, em contra-ataque bem trabalhado, Marcos Aurélio recebeu passe de Gilberto e chutou com perigo da entrada da área, a melhor jogada do colorado na etapa complementar, quase o segundo gol.

Nos minutos finais o tricolor paulista tentou pressionar, Piris e Maicon arriscaram arremates de fora da área, sem sucesso.

O colorado conseguiu manter a posse de bola no campo de ataque e garantiu mais três pontos na tabela de classificação.

Com o resultado, o São Paulo chegou a sua segunda derrota em três jogos, mais uma vez com um argentino, nesse caso D’Alessandro, desequilibrando o jogo à favor do adversário.

Os desfalques, principalmente o meia-atacante Lucas, fizeram muita falta, em um jogo que o time não teve criatividade para armar jogadas de ataque e se desvencilhar da marcação do adversário.

O São Paulo volta à campo no próximo domingo, para enfrentar o Santos, no clássico San-São, às 18h30 no estádio do Morumbi, pela quarta rodada do Brasileirão 2012. Emerson Leão terá muito trabalho até lá.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL X SÃO PAULO

LOCAL: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data/Hora: 6/6/2012 – 21h50
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Fabrício Silva (GO) e Christian Sorence (GO)

Público/Renda: Não disponíveis
Cartões Amarelos: Douglas, Denilson, Paulo Miranda e Luis Fabiano (SAO) D’Alessandro (INT)
Cartões Vermelhos:
GOL: D’Alessandro, 20’/1ºT (1-0)

INTERNACIONAL: Muriel, Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Fabrício; Sandro Silva, Elton, Dátolo (Jajá; 2ºT/27′) e D’Alessandro; Dagoberto (Marcos Aurélio; 2ºT/39) e Gilberto. Técnico: Dorival Júnior.

SÃO PAULO: Denis, Douglas (Piris; 2ºT/28′), Paulo Miranda, João Filipe e Cortez; Denilson, Cícero e Jadson (Willian José; 2ºT/28′); Osvaldo, Fernandinho (Maicon; intervalo) e Luis Fabiano. Técnico: Emerson Leão.

Below I list the most popular shares that contained you could try this the word education , and shares with the word technology , as examples