ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Desfalcado Palmeiras vence e retoma a ponta da tabela.

Sem sua maior estrela Valdivia, verdão se supera e garante vitória sobre Atlético-GO.

Por Paulo Edson Delazari
Alan Kardec comemora gol ao ladode Vinícius. (Foto: Carlos Costa/Futura Press)

Alan Kardec comemora gol ao ladode Vinícius. (Foto: Carlos Costa/Futura Press)

Neste sábado, em duelo válido pela 20ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, a equipe paulista bateu o Atlético-GO por 3 a 1, fora de casa, em Itumbiara. Repleto de desfalques, Palmeiras voltou a sentir o gosto da vitória após quatro jogos sem vitória.

Alan Kardec foi o grande nome da noite alviverde. O atacante balançou a rede aos 11 minutos do primeiro tempo, de cabeça, e depois aos 15, em cobrança de pênalti. Aos 33 da etapa final, Leandro marcou uma pintura ao dar um chapéu no zagueiro e chutar para o fundo da rede, ampliando o placar. Aos 38 do segundo tempo, Ricardo Jesus fez o gol de honra do Atlético-GO.

O time alviverde, que jogou com dez desfalques ao todo, recupera a liderança da Série B um dia depois de tê-la perdido. O Palmeiras vai aos 45 pontos, dois à frente da Chapecoense, segunda colocada da competição.

O Atlético-GO segue na zona de rebaixamento, em 17º lugar, com 20 pontos.

O jogo

Incomodados com a sequência de quatro jogos sem vitória (três pela Série B e um pela Copa do Brasil), os palmeirenses entraram no gramado do JK em ritmo acelerado. Sem dar espaço para os donos da casa, o time paulista rondava constantemente a área do goleiro Roberto, até que aos 11 minutos o placar foi inaugurado.

Wesley cobrou escanteio pela direita e mandou na entrada da pequena área. Enquanto Vilson, que retornava após negociação frustrada com o Stuttgart, segurava dois atleticanos, Alan Kardec, sem nenhuma marcaçã, acertou uma cabeçada fortíssima longe do alcance de Roberto para fazer a festa da maioria do estádio em Itumbiara.

Para acabar com as dúvidas sobre a reação na temporada, o Palmeiras chegou na área goiana novamente aos 15 minutos em chute forte do lateral direito Luis Felipe. Roberto espalmou para o meio da área e Alan Kardec ficou com a sobra. No momento em que chutaria para o gol vazio, o centroavante recebeu carrinho e sofreu pênalti. O próprio camisa 14 foi para a cobrança e, com categoria, anotou o oitavo gol na Série B.

Com a larga vantagem no placar, o Palmeiras abdicou de atacar e viu o Atlético-GO, aos poucos, tomar o controle da partida. Apesar da posse de bola maior, os mandantes tinham dificuldades para finalizar contra a meta de Fernando Prass e só chegaram com perigo em cabeçada do zagueiro Ednei aos 29 minutos.

A segunda etapa começou com mais espaços nas defesas, e o Atlético-GO foi o primeiro a chegar com perigo, parando em dois milagres de Fernando Prass. O atacante Adriano Michael Jackson, ex-Palmeiras, completou cruzamento de Jorginho e viu o goleiro defender com o pé esquerdo no puro reflexo. O atacante pegou o rebote, bateu com força e Prass novamente mostrou agilidade para salvar os visitantes aos três minutos.

Leandro deixou o seu também contra o Atlético-GO. (Foto: Futura Press)

Leandro deixou o seu também contra o Atlético-GO. (Foto: Futura Press)

A resposta do Palmeiras saiu no minuto seguinte, quando Felioe Menezes cobrou falta na grande área, Vilson subiu com liberdade, mas cabeceou por cima da meta de Roberto. Dos sete aos dez minutos, a partida ficou paralisada pelo apagão em uma das torres de iluminação, mas o árbitro Jean Pierre Goncalves Lima conversou com Prass e reiniciou o duelo.

Quando os refletores já começavam a acender, o goleiro alviverde teve de trabalhar mais uma vez. O volante Dodó soltou bomba de fora da área e o camisa 25 quase se complicou para fazer a defesa com os pés. Os rubro-negros só incomodaram novamente aos 30 minutos, em chance incrível desperdiçada por Thiago Rômulo.

Três minutos depois, porém, foi o Palestra que balançou as redes no JK. Alan Kardec saiu da área para buscar o jogo e acertou belo passe para Charles. O volante, que entrou na vaga de Felipe Menezes, apenas ajeitou para o meio da área e viu Leandro fazer uma pintura. O atacante dominou na coxa, aplicou chapéu no marcador e bateu de canhota para fazer o terceiro.

Quando o placar parecia definido em Itumbiara, um vacilo da defesa palmeirense deu ânimo para os atleticanos em campo. Jorginho chegou em velocidade pela esquerda, Luis Felipe não evitou o cruzamento e Tiago Alves foi antecipado por Ricardo Jesus. O centroavante mostrou faro de gol e balançou a rede. A reação, no entanto, parou por aí, e o Palmeiras reassumiu a liderança da Série B.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-GO 1 X 3 PALMEIRAS

Local: estádio Juscelino Kubitschek, em Itumbiara (GO)
Data: 7 de setembro de 2013, sábado
Horário: 18h15 (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e Rener Santos de Carvalho (AC)
Cartões amarelos: Artur (Atlético-GO); Tiago Alves (Palmeiras)
Gols:
ATLÉTICO-GO: Ricardo Jesus, aos 38 minutos do segundo tempo
PALMEIRAS: Alan Kardec, aos 11 e aos 15 minutos do primeiro tempo; Leandro, aos 33 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-GO: Roberto; Rafael Cruz, Artur, Ednei e Ernandes; Dodó, Marino (Jorginho), Régis (John Lennon) e Bida (Thiago Rômulo); Adriano Michael Jackson e Ricardo Jesus
Técnico: PC Gusmão

PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe, Vilson, Tiago Alves e Wendel (Léo Gago); Márcio Araújo, Wesley e Felipe Menezes (Charles); Leandro, Vinicius (Serginho) e Alan Kardec
Técnico: Gilson Kleina