ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Dunga convoca seleção para Copa América.

Oscar foi a ausência na lista de Dunga e Casemiro foi a surpresa.

Por Paulo Edson Delazari
Robinho volta a seleção de Dunga. (Foto: Gazeta Press)

Robinho volta a seleção de Dunga. (Foto: Gazeta Press)

Foi definida está manhã a seleção brasileira que disputará a Copa América deste ano no Chile. E ao menos com uma grande surpresa: com uma lesão, Oscar está fora competição. Por outro lado, Robinho convenceu na chance que teve, também na disputa do Paulistão pelo Santos e se garantiu na lista, junto com Casemiro que se destacou na Champions League jogando pelo Porto.

“O Oscar teve uma lesão no último treinamento do Chelsea, conversamos com o Mourinho e com o médico do Chelsea e a recuperação dele vai ser prolongada, por isso ele não estará nas melhores condições durante a Copa América. Contamos com ele pra depois, porque vão começar as eliminatórias, então achamos melhor ele estar preparado para elas”, explicou Dunga, em entrevista coletiva nesta terça-feira, na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

Destaque no Santos aos 31 anos, o atacante Robinho voltará a disputar a Copa América depois de ter tido um papel fundamental na conquista do torneio de 2007 na Venezuela, quando tinha 23 anos, também sob o comando de Dunga.

“O Robinho hoje é um jogador bem mais experiente (em relação à Copa América de 2007) e tem um papel importante na seleção. Vive um grande momento no Santos, assim como em outras épocas. Naquela época, ele era referência, chamou a responsabilidade e foi um dos artilheiros da Copa América, teve uma passagem brilhante. Agora, ele vem num papel um pouco diferente: vem pela capacidade técnica, mas com uma responsabilidade ainda maior de passar experiência aos mais jovens”, completou o treinador.

A expectativa é de que os jogadores sejam liberados para se apresentarem já no dia 29 de maio. Mas quem estiver na final da Uefa Champions League, disputada apenas no dia 6 de junho, só se juntará ao restante da delegação já às vésperas da Copa América. No caso, Marcelo (Real Madrid) e Neymar (Barcelona) podem ser as baixas.

Para os clubes brasileiros, a convocação significa desfalques por pelo menos sete rodadas do Brasileirão – serão oito se a CBF não liberar os jogadores para a jornada dos dias 30 a 31 de maio – se a seleção chegar pelo menos até a semifinal da Copa América. Botafogo (Jefferson), Grêmio (Marcelo Grohe), Corinthians (Elias) e Santos (Robinho) serão os prejudicados.

convocação