ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Em dia de Ganso, Tricolor vence a Raposa

Osvaldo marca e São Paulo volta a encostar-se ao G-4

Por Eduardo do Carmo

Ganso é apresentado à torcida tricolor antes da partida (Foto: Gaspar Nóbrega/Vipcomm)

No dia da apresentação oficial do meio-campista Paulo Henrique Ganso, o São Paulo recebeu o Cruzeiro, no Morumbi, pela 26ª rodada do Brasileirão. O Tricolor, com gol de Osvaldo, venceu o duelo por 1 a 0, chegou à 13ª vitória na competição e encostou novamente na zona de classificação para a Libertadores.

Com a vitória, o São Paulo (5º) chegou aos 42 pontos, dois a menos que o Vasco (4º). O time de Ney Franco poderá voltar ao G-4 na próxima rodada, quando enfrenta o Coritiba, no domingo, às 16h, no Couto Pereira. Para isso, além de um novo triunfo, torcerá por uma derrota do time da cruz de Malta.

Osvaldo disputa posse de bola em meio a forte marcação cruzeirense (Foto: Gaspar Nóbrega/Vipcomm)

O Cruzeiro, por sua vez, vê a chance de classificação à Libertadores cada vez mais rara. O time mineiro estacionou nos 35 pontos e caiu para a nona colocação. Na próxima rodada, a Raposa recebe o Internacional, no sábado, às 18h30.

A torcida do São Paulo teve motivos de comemoração ainda antes de a bola rolar. Pouco depois de chegar ao Morumbi, o novo reforço tricolor concedeu a sua primeira entrevista coletiva pelo clube. Paulo Henrique Ganso conversou com os jornalistas por cerca de 30 minutos e mostrou muita felicidade em sua chegada.

– Minha vontade foi determinante, porque o São Paulo é um clube de alto nível no futebol mundial e sempre demonstrou muita vontade em contar com o meu futebol. Na primeira conversa que tivemos, já fiquei com muita vontade de atuar com essa camisa – disse o novo dona da camisa 8.

Após a coletiva, Ganso subiu ao gramado do Morumbi e foi apresentado à torcida. O atleta teve a companhia do mascote do clube e teve recepção calorosa. Das arquibancadas, gritos de: ‘’Ganso é tricolor’’ eram ouvidos. PH Ganso ainda deu volta olímpica na carona de um carrinho e saudou a torcida até chegar ao símbolo na lateral do campo.

Muita marcação e empate sem gols na etapa inicial

As duas equipes entraram em campo com a marcação muito bem encaixada. Os momentos de ataque para ambos os lados foram raros. O primeiro deles, aos 5 minutos, foi dos donos da casa. Em cobrança de falta, Jadson mandou para a área, mas o goleiro Fábio subiu bem e cortou o lance. Um minuto mais tarde, o Cruzeiro chegou com Montillo, que chutou longe do gol de Rogério Ceni.

Aos 14 minutos, Montillo é lançado, mas adiantou muito a bola e Ceni interceptou a ofensiva mineira. Já aos 22, Diego Renan fez boa jogada, passou por dois zagueiros, mas finalizou à direita do goleiro tricolor.

O São Paulo voltou ao campo ofensivo aos 38 minutos. Jadson cobrou falta e Willian José cabeceou na trave. No rebote, a bola sobrou para Rhodolfo, que estava impedido.

Osvaldo marca e dá vitória ao time do Morumbi

O atacante do São Paulo mostrou que estava disposto a decidir desde o primeiro ataque do segundo tempo. Aos 4 minutos, Osvaldo fez bela jogada pela direita, driblou a zaga cruzeirense, mas parou na marcação de Thiago Carvalho. Aos 14, Ademilson entrou no lugar de Willian José e mostrou trabalho três minutos depois. O atacante recebeu lançamento de Lucas, dominou no peito e finalizou para defesa de Fábio.

Comemoração do gol de Osvaldo, que reascende a esperança do G-4 (Foto: Gaspar Nóbrega/Vipcomm)

Aos 22, Ademilson apareceu mais uma vez e tabelou com Douglas, que cruzou para a área. O goleiro Fábio espalmou e, no rebote, Osvaldo mandou de cabeça para o fundo das redes.

Mesmo com o gol, o Tricolor continuou em cima do Cruzeiro. Aos 35, Jadson invadiu a área e chutou, porém dessa vez Fábio defendeu. Aos 43, Lucas Silva fez falta em Casemiro, foi expulso e deixou o Cruzeiro com um a menos em campo. Com a vantagem numérica e no marcador, o São Paulo apenas aguardou o apito final e fechou o domingo com alegria total.