ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Em noite de Henrique, Verdão vence a Chapecoense e deixa o Z4

Atacante perde gol incrível, mas se recupera, marca três vezes e comanda triunfo do verdão

Por Anderson Marinho
Triunfo garante o verdão fora da zona de rebaixamento. Foto: Reginaldo Alves de Castro / Gazeta Press

Triunfo garante o verdão fora da zona de rebaixamento. Foto: Reginaldo Alves de Castro / Gazeta Press

O Palmeiras recebeu a Chapecoense nesta quinta-feira, no estádio do Pacaembu, em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014 e superou um adversário direto na luta contra o rebaixamento, vencendo por 4 a 2 de virada, com direito a um gol de Wesley, que retornou a equipe após se recuperar de contusão, e três tentos do atacante Henrique que assumiu a artilharia da competição com 12 gols ao lado de Marcelo Moreno do Cruzeiro.  Leandro marcou os dois gols do time catarinense.

Com o resultado o Palmeiras chegou aos 28 pontos, assumiu a 15ª colocação e não corre o risco de retornar ao Z4 até o término desta rodada. Já a Chapecoense tem a mesma pontuação, porém com uma vitória a menos que o verdão, e ocupa 0 16° lugar, mas em caso de vitória do Botafogo pode terminar a rodada na zona da degola.

O jogo

Jogando diante de sua torcida o Palmeiras tomou a iniciativa em busca da vitória, pressionando o adversário, e com boa movimentação no meio de campo criou mais oportunidades que nas últimas rodadas.

Atacante Leandro marcou os dois gols da Chapecoense. Foto: Friedemann Vogel / Getty Images

Atacante Leandro marcou os dois gols da Chapecoense. Foto: Friedemann Vogel / Getty Images

Aos 13 minutos, Valdivia fez boa jogada, se livrou da marcação, e serviu Diogo, o atacante rolou para Henrique, sem goleiro, mas o artilheiro alviverde chutou fraco no meio do gol e Rodrigo Biro salvou a Chape.

O Palmeiras seguiu com um volume de jogo superior, mas encontrava dificuldades para furar o bloqueio do rival, que entrou em campo bem compactado e apostando nos contra-ataques para surpreender o verdão.

A estratégia dos catarinenses surtiu efeito, aos 40 minutos, Ricardo Conceição lançou Leandro em velocidade, nas costas da zaga, o atacante aproveitou a chance e chutou na saída de Deola para abrir o placar.

O verdão quase chegou ao empate dois minutos depois, após bela enfiada de bola de Valdivia, Victor Luís chutou com estilo, no ângulo direito, mas o goleiro Danilo, em uma linda ponte, fez uma grande defesa.

Etapa complementar

Wesley comemora o gol de empate do verdão. Foto:  Marcos Bezerra / Futura Press

Wesley comemora o gol de empate do verdão. Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

O segundo tempo trouxe fortes emoções e alívio para o torcedor palmeirense que compareceu ao estádio Paulo Machado de Carvalho e viu uma virada histórica do verdão.

A Chapecoense teve oportunidade para matar o jogo logo no primeiro minuto, após boa jogada individual, Leandro cruzou para Fabinho, livre de marcação e sem goleiro, mas o atacante se enrolou na hora da finalização e chutou para fora.

Passado o susto dos primeiros minutos o Palmeiras chegou ao empate em seu primeiro lance de ataque, aos cinco minutos, com Wesley em chute de pé esquerdo, da entrada da área, sem chances para Danilo.

O gol contagiou o verdão que passou a tomar conta das ações e soube aproveitar o momento para construir o resultado. Aos oito minutos, Henrique aproveitou levantamento na área e cabeceou com perigo, mas Danilo fez grande defesa.

Artilheiro do Brasileirão, Henrique foi o destaque do jogo. Foto:  Marcos Ribolli

Artilheiro do Brasileirão, Henrique foi o destaque do jogo. Foto: Marcos Ribolli

Entretanto, quatro minutos depois, o artilheiro alviverde aproveitou uma bola escorada por Valdivia no primeiro pau, após cobrança de escanteio, e desviou de cabeça para decretar a virada.

O Palmeiras seguiu melhor em campo e aos 19 minutos Cristaldo fez boa jogada individual e Rodrigo Biro cortou a bola com a mão. Na cobrança do pênalti, Henrique bateu com categoria para deslocar Danilo e ampliar a vantagem.

Seis minutos depois Henrique foi derrubado dentro da área, nova penalidade para o verdão. O camisa 19 bateu mais uma vez com precisão para fazer o quarto gol palmeirense, o seu 12° no campeonato, chagando a artilharia da competição.

Com grande vantagem no placar o Palmeiras diminuiu o ritmo, administrando o resultado, e o jogo ficou morno sem grandes emoções.

A Chapecoense ainda diminuiu, aos 47 minutos, mais uma vez com o atacante Leandro, mas já era tarde para tentar uma reação.

O Palmeiras volta à campo agora na próxima quarta-feira, 08/10/2014, às 19h30 contra o Botafogo no estádio do Maracanã em mais um confronto direto na disputa pela permanência na elite do futebol brasileiro.

Já a Chapecoense recebe o Internacional na quinta-feira, dia 09/10/2014, na Arena Condá em Chapecó – SC.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 4 X 2 CHAPECOENSE

Data: 02 de outubro de 2014, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Local: Estádio do Pacaembu
Público pagante: 14.299 (15.447 total)
Renda: R$ 304.500,00
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden – RS (FIFA)
Assistentes: Jose Antônio Chaves Franco Filho – RS (CBF-1) e Jose Javel Silveira – RS (CBF-1)
Cartões amarelos: Rafael Lima, Zezinho, Fabinho Alves e Rodrigo Biro (CHA)
Gols: Leandro, aos 40 min do 1º T e aos 47 min do 2º T; Wesley, aos 7 min do 2º T e Henrique aos 12 min, 20 min e 24 min do 2º T

PALMEIRAS: Deola; João Pedro, Lúcio, Gabriel Dias e Juninho; Marcelo Oliveira, Victor Luis, Wesley (Bruno César) e Valdivia (Bruninho); Diogo (Cristaldo) e Henrique.
Técnico: Dorival Júnior

CHAPECOENSE: Danilo, Fabiano (Ednei), Rafael Lima, Douglas Grolli e Rodrigo Biro; Abuda, Ricardo Conceição (Wanderson), Zezinho (Neném) e Camilo; Fabinho Alves e Leandro
Técnico: Jorginho