Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 517

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: Access denied for user 'root'@'localhost' (using password: NO) in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557

Warning: mysql_real_escape_string() [function.mysql-real-escape-string]: A link to the server could not be established in /home/q/quatromaiores/www/wp-content/plugins/session-manager/includes/sm_functions.include.php on line 557
Em partida dura, São Paulo é eliminado nos pênaltis | QUATRO MAIORES


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Em partida dura, São Paulo é eliminado nos pênaltis

Tricolor faz bom segundo tempo, mass perde gols, Kardec e Toloi perdem pênalti ee time dá adeus a Sulamericana.

Por Vladimir da Costa

Na partida que poderia dar um título no ano para o tricolor, ficou no quase, ou melhor, na trave e nos pênaltis. O São Paulo pressionou, chutou, mas não conseguiu fazer os gols e acabou sendo eliminado nos pênaltis para o Atlético Nacional da Colômbia que terá de derrotar um argentino para ser campeão.

Jogadores do Nacional comemoram classificação nos pênaltis diante do São Paulo

Jogadores do Nacional comemoram classificação nos pênaltis diante do São Paulo. (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)

O São Paulo começou o primeiro tempo sabendo que precisava atacar para tentar reverter o placar, mas não sabia que também seria necessário defender. O Atlético Nacional deu trabalho, tanto na defesa quanto no ataque. Soube neutralizar os jogadores de frente do tricolor, marcou a saída de bola e não deixou o São Paulo fazer pressão em nenhum momento. Quando foi ao ataque, criou a melhor chance de gol, desperdiçada por Cardona que Rogério defendeu.

O segundo tempo foi diferente. O São Paulo voltou com os mesmo 11, mas com outra postura em campo. O time atacou, pressionou e com um gol de Paulo Henrique Ganso, o tricolor precisava demais um para levar para avançar. E a equipe tentou. Michel Bastos teve ao menos duas chances, Kaká e Luis Fabiano acertaram a trave, mas nada da bola entrar.

E a partida acabou indo para os pênaltis.

O Nacional começou as cobranças, Bocanegra foi para a bola e fez. Kardec começou para o São Paulo escorregou e isolou. Valencia fez a segunda cobrança e marcou. Rogério Ceni foi para a bola e fez o seu. Cardona também fez. Toloi bateu o terceiro e perdeu. Armani pegou. Ruiz foi para a bola marcou o gol da classificação.

Agora, o tricolor tem mais duas partidas na temporada, no brasileiro, no próximo domingo encara o Figueirense, no mesmo Morumbi, talvez, a última partida do tricolor no estádio que o consagrou e na última rodada pega o Sport, em Pernambuco.

A partida

Jogando em casa querendo uma vaga na final da Sulamericana, o São Paulo começou a partida tentando abrir espaço na boa defesa colombiana. Com apenas Luis Fabiano na frente e com três homens vindo de trás – Kaká, Ganso e Michel Bastos – o tricolor procurava atacar pelas laterais para surpreender o adversário.

Michel Bastos e Alvaro Pereira tentavam criar pela esquerda, mas o forte sistema defensivo armado pelo Atlético Nacional dificultava a equipe do Morumbi que tocava bola na intermediária.

Michel Bastos lamenta uma chance desperdiçada. Ocamisa 7 teveaomenos 3 chances de gol. (Foto: Miguel Schincariol / AP)

Michel Bastos lamenta uma chance desperdiçada. Ocamisa 7 teveaomenos 3 chances de gol. (Foto: Miguel Schincariol / AP)

A primeira chegada do São Paulo foi aos 14 minutos. Troca de passes entre Luis Fabiano, Kaká e Michel Bastos, que recebeu do meia e chutou para fora. A melhor opção era o camisa 9 livre no meio da área.Na outra jogada ele tocou e achou Luis Fabiano livre. O atacante entrou na área e bateu, mas sem força para defesa do goleiro Armani.

Aos 31 minutos, em nova jogada de ataque, agora pela direita, Bastos recebeu cruzamento na área, dominou e na hora do arremate Berrio apareceu para afastar o perigo.

O São Paulo tinha dificuldades em criar, mesmo com a formação com três jogadores habilidosos. O goleiro do Nacional pouco apareceu na primeira etapa. Diferentemente de Rogério. O goleiro tricolor pouco apareceu, é bem verdade, mas foi crucial no lance mais importante do primeiro tempo. Em rápido contra-ataque Ruiz achou Cardona livre na entrada da área. O atacante entrou na área. O meia colombiano bateu rasteiro e Rogério fez ótima defesa, salvando o time de levar o primeiro.

O segundo tempo começou com o Nacional finalizando a gol com menos de um minuto. O São Paulo respondeu novamente com Michel Bastos, mas dessa vez o jogador preferiu cruzar ao invés de chutar e a zaga cortou. Três minutos depois o camisa 7 recebeu na direita, cortou no meio e bateu firme, para fora.

Ganso comemora o único gol marcado no tempo normal. (Foto: Andre Penner / AP)

Ganso comemora o único gol marcado no tempo normal. (Foto: Andre Penner / AP)

O São Paulo seguia em cima e só dava Michel Bastos. Em nova jogada de ataque, Ganso deixou o meia/atacante na cara do gol, mas o camisa 7 perdeu chance incrível. O tricolor não desistiu e foi brindado com o gol. Em falta marcada na direita. Ganso cobrou na pequena área, ninguém tocou na bola e ela foi morrer no fundo da rede para delírio do torcedores presentes no Morumbi.

O gol abalou o Nacional que não era tão seguro na defesa como na primeira etapa. O São Paulo percebeu o momento favorável e seguia em cima do adversário em busca do segundo.

Na Trave!

O São Paulo seguia em cima do adversário. Em jogada rápida, Michel Bastos passou pelo goleiro ficou sem ângulo e rolou para trás, a bola chegou em Kaká que chutou e viu a bola explodir na trave. Minutos depois foi a vez de Luis Fabiano soltar o pé e ver acertar a trave. A bola ainda voltou, mas Michel Bastos, em impedimento, finalizou para fora. O camisa 9 estava inteiro para fazer o segundo.

O jogo perdeu o ímpeto inicial, apesar do São Paulo seguir melhor, mas pensando em fazer o segundo, Muricy sacou Kaká e colocou Alan Kardec. Depois, sacou Alvaro Pereira para colocar Osvaldo. Michel Bastos que atuava como um meio atacante foi para a lateral.

Luis Fabiano lamenta chute na trave dado no segundo tempo. (Foto: Miguel Schincariol / AP)

Luis Fabiano lamenta chute na trave dado no segundo tempo. (Foto: Miguel Schincariol / AP)

Os últimos minutos, as equipes passaram a se preocupar mais em defender e a partida ficou tensa. O São Paulo tentava em arrancadas com Osvaldo, mas os cruzamentos saiam errados e o jogo acabou indo para os pênaltis.

xhamster